Conheça o lindo trabalho realizado nas escolas públicas com a revista Super+

Data de publicação: 26/08/2019

A professora Aurivonete Freire, que leciona na E. E. Rossine de Camargo, falou um pouco sobre os ganhos pedagógicos proporcionados pela revista Super+:


Meu nome é Aurivonete Freire e dou aula na escola Rossine de Camargo desde o ano passado. A chegada dessa revistinha na nossa escola foi muito gratificante, porque os alunos adoram saber que é o momento de leitura da revista. Assim que a doação chega à escola, a coordenadora distribui para todas as salas. Na minha sala, as crianças têm o hábito de pegar a revistinha para ler, depois são convidadas a ir até a frente da sala para ler a matéria de que mais gostaram da revista ou falar sobre o assunto que mais lhes chamou atenção. Engraçado que, no início, elas sempre falavam que gostavam mais da cruzadinha, dos desenhos, do caça-palavras; com o passar do tempo, começaram a despertar o interesse pela leitura e passaram a gostar de outras seções da revista. Até me pedem para participar da carta do leitor, com o envio de cartas. A revista também despertou nos alunos uma curiosidade muito boa sobre a Região Norte do País e ajudou a trabalhar a timidez do aluno. Os alunos que tinham dificuldade até em sair do seu lugar agora ficam ansiosos pela chegada da revista, para poderem ler sua matéria preferida na frente de todos. Eles perguntam: “Professora, quando vai chegar revista nova?”. Todo mês eles esperam ansiosamente a chegada da revista.
 
A revista Super+ é uma iniciativa social das Irmãs Paulinas que tem como objetivo incentivar a leitura, contribuindo para a formação ética do ser humano. Os exemplares são distribuídos gratuitamente a 36 escolas públicas da região sul da cidade de São Paulo. A revista infantojuvenil aborda temas como política, cidadania, ecologia, cultura brasileira, sustentabilidade, biologia e reciclagem, entre outros, que visam proporcionar uma educação mais ética e humana aos seus leitores. A revista conta com a participação dos próprios leitores, fomentando significativamente o protagonismo infantojuvenil.

É por depoimentos como esse que Paulinas quer continuar realizando sua missão de contribuir para a formação de seres humanos protagonistas da própria história. 

Fonte: Ação Social
Postado por: Acao Social



Compartilhe este conteúdo:




Veja Também

Informática na vida dos adolescentes
Como a inclusão digital pode colaborar para o desenvolvimento dos adolescentes que vivem na era digital.
Ballet para crianças de 3 e 4 anos
Ballet no Centro de Promoção Humana Irmã Tecla Merlo.
O esporte na Infância e Adolescência
Benefícios da prática esportiva na vida de todos, desde a infância até a melhor idade!



Início Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados