PESQUISE NO SITE
Fale Conosco

Sentir o Chamado: novo álbum das Irmãs Pequenas Missionárias de Maria Imaculada

Data de publicação: 24/08/2020

Pequenas Missionárias de Maria Imaculada
Pequenas Missionárias de Maria Imaculada nos Estúdios da Paulinas-COMEP

Sentir o chamado” é um convite para percebermos as maravilhas de Deus realizadas em nossas vidas, sobretudo na vida de mulheres consagradas ao seu serviço. É um convite àquelas pessoas, principalmente jovens que sentem em seu coração o chamado, mas, muitas vezes, são tomados pelo medo ou pela vergonha de dizer “sim” a Deus e de se colocarem no seguimento de Jesus.

Neste mês vocacional, as Irmãs Pequenas Missionárias de Maria Imaculada (PMMI), Pe. Zezinho, scj, produtor artístico e musical, e a Paulinas-COMEP nos presenteiam com o precioso álbum “Sentir o Chamado”.

São 14 canções das Irmãs PMMI em parceria com outros compositores, sendo 13 inéditas. Cantos que falam de temas marcantes ao coração dos vocacionados:

- Vocação, chamado, consagração, amor de Deus e o louvor a Ele, como nas canções “Senti o chamado”; “Uma história a cumprir”; “Eis-me aqui”; “A Ti, ó meu Senhor e Deus; “Uma história a cumprir” e “Castelo interior”;
- O “sim” de Maria que é exemplo para todos os consagrados, principalmente para as religiosas PMMI que trazem, no nome da congregação, “Maria Imaculada”. O exemplo da Virgem Maria é recordado nos cantos “As novas Bodas de Caná”; “Flores a minha Mãe”; “Ar e Terra”; “O meu espírito exulta (Magnificat)”;
- Canções ainda de louvor e sobre a Eucaristia (“Vinde haurir da Eucaristia”);
- E ainda uma versão do Salmo 44 (“À vossa direita”) e também uma homenagem a São José (“Deus transformou” e “Trabalhando em silêncio”).

Compõem o grupo as Irmãs Claudinéa Custódio, Edilaine Barbosa, Edy Faria, Fabiana Cândido, Lidiane Eufrásio, Neusa Palhão, Sebastiana de Andrade, que alternam entre solos, duetos e coro. São “vozes serenas e suaves”, como assim definiu Pe. Zezinho, scj, o idealizador e produtor musical e artístico do projeto.

Os arranjos instrumentais ficaram a cargo do Maestro Luiz A. Karam e teve a participação de Maercio Lopes nas guitarras e violões e, nos vocais, Ana Clara, Beto, Betinho e Tiago Amaral (Ir ao Povo), Andréia Zanardi e Karla Fioravante (Cantores de Deus) e Ir. Ana Paula Ramalho, fsp (Grupo Chamas). As gravações foram realizadas nos Estúdios Paulinas-COMEP por Alexandre Soares.

O álbum “Sentir o chamado” está disponível nas plataformas digitais. Ouça aqui.




As Pequenas Missionárias de Maria Imaculada e uma grande missão

Uma missão que se dedica à pessoa humana em suas diversas situações e fases, seja no Brasil ou em países como Portugal, Itália e Moçambique.

Fundada, em São José dos Campos, por Madre Maria Teresa de Jesus Eucarístico, a congregação foi aprovada pelo Vaticano há 83 anos e é responsável hoje pela administração de cinco hospitais em cidades brasileiras que realizam cerca de 70 mil atendimentos por mês (São José dos Campos, Caraguatatuba, Belo Horizonte e Itajaí).

A congregação conta ainda com residenciais para aproximadamente 200 idosos, centros de formação humana e religiosa, uma casa de acolhida para pacientes com câncer e um pensionato para moças. As religiosas atuam também na assistência a sacerdotes, em pastorais da saúde e em missões humanitárias na África e na Amazônia


A caminho da beatificação

A venerável Madre Maria Teresa de Jesus Eucarístico encontra-se em processo de beatificação. Em abril de 2014, a fundadora das PMMI teve suas virtudes heróicas reconhecidas pelo Papa Francisco. Atualmente, um milagre atribuído à intercessão da fundadora está em análise no Vaticano. O próximo passo é a beatificação.

Madre Maria Teresa de Jesus Eucarístico faleceu em 8 de janeiro de 1972, mas continua viva no coração das Irmãs Pequenas Missionárias. É a grande inspiração e força que as move.

Sua presença pode ser percebida em cada gesto, atendimento, sorriso, palavras de conforto manifestados por meio das religiosas, colaboradores e médicos membros das obras sociais do instituto. Os restos mortais de Madre Maria Teresa estão depositados em uma urna na Capela da Imaculada, na sede do Instituto das Pequenas Missionárias, em São José dos Campos.

Por Verônica Firmino, fsp


Contato para imprensa
Luciana Sales
divulgacao@paulinas.com.br

Fonte: Paulinas-COMEP
Postado por: Comep



Compartilhe este conteúdo:

Comentários

Veja Também

Bellinha, a Ovelhinha tem um importante recado com novo single: “Lave as mãos”!

Com uma melodia bem agradável e letra fácil de decorar, a música traz o tema para alertar crianças e adultos sobre esse fundamental gesto à saúde de todos.

Círio de Nazaré e Nossa Senhora Aparecida: as duas maiores festas marianas do Brasil sofrerão adaptações nos festejos de 2020

O contexto da pandemia forçou a adaptação de diversas atividades e eventos. Contudo os fiéis poderão vivenciar tais festas em família, na segurança e intimidade de seus lares.

Live especial com Ministério Adoração e Vida para coroar Nossa Senhora Aparecida

No dia da Padroeira do Brasil, 12/10, às 20h, uma transmissão com canções marianas de Walmir Alencar no canal do YouTube e Facebook do Adoração e Vida.

Eis-me aqui: a resposta que o Senhor aguarda de cada um no Mês Missionário

O mês de outubro, tradicionalmente, é dedicado às missões. Para 2020, as Pontifícias Obras Missionárias escolheram o tema “A vida é missão” a fim de animar a ação missionária na Igreja.

Artistas da Paulinas-COMEP são premiados no Troféu Louvemos

Uma noite especial a fim de promover a música católica no Brasil e de comemoração para a gravadora: foram premiados o álbum “Eis-me aqui, Senhor” e a música “Deus Menino, dom divino”.

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo Final

Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados