PESQUISE NO SITE
Fale Conosco

No Dia Nacional do Livro, um destaque ao audiolivro e à evolução tecnológica no consumo de conteúdos

Data de publicação: 28/10/2020



Cada livro é um mundo de descobertas, conhecimento e histórias. Um primeiro sinal de sua origem remete-se a cerca de 3200 a.C quando registros religiosos e administrativos eram feitos em pedras de argila na antiga Mesopotâmia.

Tempos depois, os escritos eram realizados em papiros e pergaminhos, até a invenção que revolucionou a era moderna, no século XV: a prensa do alemão Gutemberg, sendo a Bíblia o seu primeiro livro impresso. Evoluções históricas e tecnológicas recordadas neste 29 de outubro, Dia Nacional do Livro.

Na atualidade, verifica-se uma ampla produção de livros não apenas no formato impresso, em papel, mas também os audiolivros e os eBooks.

Em especial, o audiolivro ou audiobook não é tão recente, porém vem ganhando mais espaço pelo desenvolvimento das plataformas digitais e sua facilidade em diversas situações. A Paulinas Editora e Paulinas-COMEP, por exemplo, têm ampliado o seu catálogo de audiolivros, como meio de levar conteúdos de espiritualidade, cultura e formação para cada vez mais perto do dia a dia das pessoas.

Confira algumas das oportunidades para se ouvir um audiolivro e sugestões do acervo Paulinas:

  • Quem não considera prático obter conhecimento ou informações enquanto se faz outras atividades? O audiolivro é uma ótima opção para otimizar o tempo quando se está no trânsito, transporte público, em tarefas domésticas, momentos de estudo, atividades esportivas, como numa corrida, caminhada ou ao pedalar, e para começar bem o dia - Dica: “Uma mensagem por dia, o ano todo”;
  • Em momentos de estudo, há quem goste de ler e ouvir para melhor compreender e fixar o conteúdo. Esta dica vale para vestibulandos, concurseiros, estudantes de todas as áreas ou para quem deseja se aprofundar na doutrina da Igreja - Dicas: Exortação Apostólica Evangelii Gaudium e Encíclica Laudato si';
  • Na contação de histórias, fábulas e contos para as crianças, o audiolivro é um ótimo aliado na hora de viajar, do lazer, de colocar os pequenos para dormir ou no processo de educação e transmissão de valores - Dicas: “Palavras mágicas e boas maneiras" da Bellinha a, Ovelhinha, “O Gatinho FOFOqueiro” e “Pretinha de Neve e os Sete Gigantes”;
  • Na vida de oração, ouvir um audiolivro pode abrir caminhos para a inspiração e motivação. A interpretação e entonação de voz do autor ou intérprete podem trazer ânimo, consolo e serenidade. Além disso, é uma forma de trazer a espiritualidade para o ritmo da vida. Ou seja, não é preciso de parar as suas atividades, mas pode-se aproveitar um audiobook religioso em todas as realidades cotidianas - Dicas: “Cristo minha vida” e “A chave para a felicidade”;
  • Ouvir clássicos da literatura mundial torna-se uma experiência agradável pela maior facilidade de retenção do conteúdo através da audição. Um audiolivro abre a imaginação, criatividade e te “coloca na cena” da narrativa - Dica: “O Pequeno Príncipe”.
Os audiolivros da Paulinas estão disponíveis na plataforma "Tocalivros". Grandes sucessos das livrarias estão agora mais perto do público: acesse aqui. Os ouvintes podem adquirir um único audiolivro ou fazer uma assinatura mensal para ter acesso a todo o catálogo.

Por Gracielle Reis

Fonte: Paulinas-COMEP
Postado por: Comep



Compartilhe este conteúdo:

Comentários

Veja Também

Por que perdoar? Além de um gesto de amor, é inteligente e saudável

Saiba o que estudos falam sobre os benefícios para a saúde e, sobretudo, o sentido maior do perdão. Um ato de vontade que pode ser exercitada com o auxílio da playlist “Perdoar 70X7”.

Quaresma 2022: inicia-se o tempo forte na Igreja de oração, jejum e penitência

Em especial, para a celebração de 2022, o Papa Francisco convidou crentes e não-crentes a uma jornada de jejum pela paz entre Rússia e Ucrânia.

Por que existe a devoção a Nossa Senhora aos sábados?

Saiba de onde vem esse costume, que está relacionado ao Tríduo Pascal. Maria teria sido a única pessoa que permaneceu firme, esperando a ressurreição de Jesus.

O que é o Tempo Comum no calendário litúrgico?

Subdividido em duas partes, um “tempo ordinário”, mas não menos importante e que pode ser vivido com a música para os momentos de oração e escolha dos cantos para as Missas.

Início Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 Próximo Final

Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados