PESQUISE NO SITE
Fale Conosco

Canções para o Tempo do Natal em novo projeto da Paulinas-COMEP

Data de publicação: 14/12/2020


“Uma luz brilhou sobre os que viviam nas trevas” (Is 9,1). Este é o grande anúncio que proclamamos no Natal. Esta luz é Jesus, o Emanuel, o Deus conosco que se fez “criança” no seio de Maria. Ele veio habitar entre nós trazendo vida nova e esperança para todo o povo.

Na certeza de que a luz maior brilha em nosso coração, famílias e igrejas, a Paulinas-COMEP apresenta um projeto musical com cinco EPs para nos ajudar a celebrar este tempo tão importante para os cristãos: o Ciclo do Natal.

Os álbuns trazem músicas para as celebrações litúrgicas e para os diversos momentos de preparação ao Natal do Senhor. A seguir, confira quais os cinco EPs, as faixas e dicas bem práticas sobre os momentos em que podem ser executadas:

1) Eis que é Natal (celebração do Natal do Senhor), com as canções Esperando o nosso zelo (canto de entrada); Há de brotar (canto de oferendas); Manjedoura traz surpresa (comunhão); O futuro nos vem (final).
Uma seleção de músicas para a noite de Natal, Missa do dia de Natal e durante o período natalino, alternando com canções já conhecidas da comunidade. As letras, inspiradas nos textos bíblicos desse período, são apresentadas de forma poética e atualizadas à nossa realidade. Transportam-nos para aquela noite gloriosa e recordam o nascimento de Jesus ontem e no hoje de nossa história.

2) Sagrada Família de Belém - um álbum propício para o domingo da Festa da Sagrada Família. Este EP apresenta as canções Filhos do Amor (canto de entrada); Compreendam (apresentação das ofertas); Dilemas (canto de comunhão); e De Maria e José (canto final).
Canções pensadas para a celebração da Sagrada Família, celebrada no primeiro domingo após o Natal. As letras são inspiradas nos textos sobre as experiências de Maria e José, desde a anunciação até formarem a “Sagrada Família” e suas vivências: os desafios, lutas, fugas, alegrias, sofrimentos, esperanças, amor, diálogo, confiança em Deus e união. Ou seja, tudo o que envolveu e fez parte do crescimento humano e espiritual da família que inspira todas as famílias cristãs. Composições que refletem também os desafios das famílias de hoje. Podem ainda ser cantadas na celebração do Dia da Família, no mês de agosto, ou em datas especiais como cerimônias de Matrimônio, em que há a Santa Missa, ou em celebrações de Bodas de Casamento.

3) Ó Maria, Mãe de Deus e nossa mãe (Dia de Santa Maria Mãe de Deus) - com o mesmo esquema dos anteriores e com as canções: Até Deus é um irmão (canto de entrada); A semente não pergunta (apresentação das ofertas); Ó Maria (canto de comunhão) e Silêncio fecundante (canto final).
Ainda no clima natalino, as canções falam da paz que Jesus veio trazer e que este sonho é real, mas precisa de ser cultivado e buscado por nós para que, de fato, paz se concretize. Precisamos ainda de romper com a injustiça, vingança e rancor, e de abraçar o perdão e o diálogo, lançando as sementes da justiça, bondade e do bem maior, isto é, a presença de Jesus em nosso meio. Maria, Mãe de Deus e nossa, ensina-nos como melhor viver e praticar a Palavra de Deus e seguir seu Filho Jesus. Sim, é possível plantar, cultivar e partilhar a paz de Jesus para que o Novo Reino aconteça. A canção de apresentação das ofertas e o canto final podem ser cantados em outras celebrações marianas.

4) Venham adorar o Senhor (próprio para a Epifania do Senhor) traz como canto de entrada Quem se desinstala, que narra a experiência dos reis magos na busca do menino Jesus. Acompanham-nos os sinais, a estrela, os presentes, as ameaças e o encontro surpreendente com o Menino Rei e seus humildes pais num endereço incomum.
O canto das oferendas, Se a semente, narra o caminho da semente que se doa até se fazer pão e vinho para ser um dom especial a todos que se abrem a Jesus. Nasceu solidário é o canto de comunhão que mostra como Jesus se apresenta para nós numa pobre manjedoura, conhece os sofrimentos do povo e, por isso, vem trazer o perdão, luz, paz, esperança e liberdade e nos ensina a partilhar e a buscar a justiça. Ele mesmo se faz pão para nos alimentar. Ele é a “luz mais clara” que Veio para todos, como canto final.

5) O último EP é Batismo do Senhor, que traz o mesmo nome da celebração. É preciso cuidar “do tal pavio que ainda fumega” e refazer as esperanças: é o que narra o canto de entrada Pavio que ainda fumega (Cf. Is 42,3). Em Eis o dom, canto das oferendas, refletimos sobre Jesus como o Caminho e nós peregrinos neste mundo, chamados a viver a partilha como o Mestre Jesus.
O canto de comunhão, Chegou o novo dia, narra a experiência e o testemunho de João Batista no Batismo de Jesus (Mt 3,13-17; Jo 1,29-34). O canto final, Deixemos a mesmice, nos sugere uma mudança de mentalidade na busca de seguir as pegadas do Mestre. Ele, mesmo sendo Rei, dobra os joelhos a fim de ser batizado por João e se coloca a serviço de todos.


Como ouvir e tocar!

Os EPs do Ciclo do Natal estarão disponíveis nas plataformas digitais.
  • Eis que é Natal
  • Sagrada Família de Belém
  • Ó Maria, Mãe de Deus e nossa mãe
  • Venham adorar o Senhor
  • Batismo do Senhor
Para ajudar os grupos de canto pastoral e ministérios de música, as partituras de todos os cantos ficarão disponibilizadas. Para ouvir cada EP e baixar as partituras, acesse aqui.

E outras novidades:

Num canal no Telegram, o músico católico vai poder conferir muitas dicas de liturgia, formações, orientações para as celebrações etc.

Todas as canções litúrgicas do acervo Paulinas-COMEP ficarão num canal exclusivo do Youtube. Uma ótima forma de facilitar o acesso aos conteúdos litúrgicos e pastorais da gravadora. Inscreva-se no canal e ative o “sininho” para receber sempre as novidades.
 

A marca de Thomaz Filho neste novo projeto

Todas as composições, letras e músicas são de J. Thomaz Filho, que já nos presenteou com inúmeras, profundas e envolventes canções litúrgicas. As letras destas novas canções seguem o estilo do compositor: de quem lê e medita a Palavra e deixa-se questionar e envolver-se pelos apelos que Ela lhe faz. Este repertório é apresentado de forma poética e busca aprofundar os textos bíblicos da liturgia de cada celebração. As melodias são simples e envolventes, de fácil aprendizagem e execução.

A proposta foi a de trazer arranjos simples e delicados com o intuito de destacar, sobretudo, o conteúdo de cada canção e sua melodia para melhor compreensão, aprendizado e execução prática por parte dos corais e grupos de música litúrgica das paróquias e comunidades. Os músicos conseguirão aprender os cânticos de forma rápida e transmiti-los à assembleia. Os arranjos instrumentais e vocais são do produtor musical e cantor Renato Palão, também intérprete de algumas canções junto a Andréia Zanardi (Cantores de Deus) e Ir. Bárbara Santana, fsp.

A Paulinas-COMEP e todos os envolvidos neste projeto desejam que estas canções ajudem a melhor celebrar as liturgias e viver intensamente o sentido verdadeiro do Natal. Neste ano em que essa celebração terá um significado muito diferente, os cristão são chamados a serem testemunhas da luz, do amor e da esperança trazida pelo Menino Deus. O Natal acontece com a abertura dos corações a Jesus e aos irmãos e irmãs mais necessitados, através de gestos concretos de acolhida e solidariedade.

Por Paulinas-COMEP

Fonte: Paulinas-COMEP
Postado por: Comep



Compartilhe este conteúdo:

Comentários

Veja Também

“Um Pastor tinha cem ovelhas

A canção é inspirada na parábola da ovelha perdida e faz parte do projeto "A Bíblia: uma mensagem de amor”

No Mês da Bíblia, 4 passos para meditar a Palavra de Deus com o livro-agenda de Pe. Zezinho, scj

O “sacerdote catequista” conduz o povo de Deus ao aprofundamento de Sua Palavra com o recém lançado livro-agenda “No caminho do Reino com Pe. Zezinho, scj”.

Ricardo Sá estreia na Paulinas-COMEP com o single “Nossa Senhora das Graças”

O lançamento acontece no dia da Natividade de Nossa Senhora, além do clipe no canal da Paulinas-COMEP no YouTube.

Viva a Palavra de Deus! 50 anos do Mês da Bíblia e Ano Bíblico da Família Paulina

Setembro, tradicionalmente, é dedicado à Bíblia. Neste ano, são mais dois motivos para celebrar. Histórias que se entrelaçam, já que Irmãs Paulinas foram protagonistas nos primeiros passos para a instituição do “Mês da Bíblia”.

Paulinas lança livro-agenda em homenagem aos 80 anos de vida de Pe. Zezinho, scj

No Caminho do Reino com Pe. Zezinho, scj”, é um livro-agenda que apresenta conteúdos para encontros diários com Jesus.

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo Final

Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados