PESQUISE NO SITE
Fale Conosco

Como é feita a digitalização de um disco para o digital?

Data de publicação: 20/04/2022

Dia do Disco

Se lá atrás, em 1978, a data de 20 de abril foi definida como o Dia do Disco porque este representou uma grande novidade no entretenimento musical, atualmente, o marco está na revolução que a era digital causou. Do vinil ao digital, músicos e gravadoras do mundo inteiro precisaram acompanhar os avanços tecnológicos, digitalizando o seu acervo a fim de disponibilizar as canções ao público nas plataformas de streaming.

Como, então, é feita a digitalização de um disco para o streaming? Segundo a produtora da gravadora Paulinas-COMEP, Ir. Verônica Firmino, fsp, o processo acontece da seguinte forma:

  • Com ajuda de programas de captura, o conteúdo da fita de rolo de áudio é passada para o computador. Ajustes e plugins são feitos a fim de deixar o som o mais limpo possível e próximo do original;
  • Quando não existe mais o original na fita de rolo, a música é extraída a partir do próprio LP. Depois, o áudio é transformado em arquivo com o formato próprio a ser enviado às plataformas de música;
  • Vemos, assim, que mesmo álbuns antigos, que poderiam sair de linha, são resgatados no streaming. Mais do que nunca as canções ficam eternizadas!
Paulinas-COMEP sempre na vanguarda dos avanços da indústria da música

Quando o vinil ainda era uma novidade no mundo, Irmã Tecla Merlo, cofundadora e primeira superiora-geral das Filhas de São Paulo, em visita à casa das Paulinas em Curitiba, no ano de 1960, lançou o desafio às religiosas que ali viviam: “Por que vocês não gravam discos?”.

As religiosas já produziam conteúdos que eram copiados em fitas de rolo e distribuídos a rádios. Após o incentivo da cofundadora, as gravações passaram a ser feitas em discos de vinil. O primeiro LP foi a coleção catequética “Na Escola de Jesus”, com 16 volumes. Este foi o marco inicial para a fundação da gravadora “Edições Paulinas Discos”, em 06 de março de 1960.

Do mesmo modo, na atualidade, a gravadora continua a imprimir o Evangelho nos corações e no processo de digitalização de obras. São mais de mil álbuns e singles já enviados às plataformas digitais, sendo cerca de 10 mil músicas e um número igual de novos inscritos mensalmente no canal da Paulinas-COMEP no YouTube.

Os meios mudam, mas a essência e a missão permanecem as mesmas: anunciar a Palavra de Deus através das melodias e notas musicais! Em mais de 60 anos de história, a instituição busca dar respostas às demandas de cada tempo. Em nenhum outro país, a música católica foi tão difundida de forma popular como no Brasil e, nisto, a gravadora teve e tem um papel essencial. Canções que atravessam fronteiras e chegam a todos os continentes e, sobretudo, conduzem os homens e mulheres até o Senhor!

Por Gracielle Reis

Fonte: Paulinas-COMEP
Postado por: Comep



Compartilhe este conteúdo:

Comentários

Veja Também

Álbuns Paulinas-COMEP

Confira os álbuns da Paulinas-COMEP disponibilizados para venda e execução via streaming até o momento:

Paulinas-COMEP chega a novas plataformas para venda e execução de música via streaming

Com a expansão das lojas online no Brasil e no mundo, a Paulinas-COMEP chega também as lojas de venda de música online e a diversas plataformas que permitem a execução de músicas via streaming.

O Terço dos Homens

Ver um grupo de homens rezando, desperta a curiosidade e o desejo de experimentar em comunidade, a força da oração e a presença materna da Mãe que intercede por seus filhos.

Jesus nosso amigo

O CD Jesus Nosso Amigo traz 13 canções inéditas, celebrativas e litúrgicas, com partes fixas da missa indicadas para a Celebração Eucarística e para outros momentos Celebrativos ou de Catequese, com crianças e adolescentes.

Pocket Show com Vida Reluz

Acontecerá no dia 21 de dezembro, às 10h30, o Pocket Show com a banda Vida Reluz na Paulinas Livraria da Vila Mariana.

Início Anterior 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 Próximo Final

Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados