PESQUISE NO SITE
Fale Conosco

Nova canção de padre Zezinho, scj, reflete sobre as tragédias de Mariana e Brumadinho

Data de publicação: 01/03/2019


Com esta canção, nos unimos a todas as vítimas que clamam por justiça.

Mariana & Brumadinho - Padre Zezinho, scj

Pouco mais de um mês após o desastre ocorrido em Brumadinho (MG), padre Zezinho, scj, apresenta, pela gravadora Paulinas-COMEP, “Mariana & Brumadinho”, sua nova canção, que também recorda a calamidade em Mariana ocorrida em novembro de 2015. Neste momento em que famílias foram destruídas e sofrem com suas perdas, nos colocamos em saída por meio da canção. Com esta música, rezamos e cantamos, mas também queremos conscientizar sobre a importância do cuidado com a nossa casa comum.
Nascido no interior de Minas Gerais, na cidade de Machado, padre Zezinho, scj, nos alerta: “A dor do povo continua a cada descuido de quem deveria cuidar da vida. Extração, desmatamento, enchentes, poluição, aluvião, deslizamentos e abandono da política habitacional… O povo também tem sua culpa por jogar dejetos no rio, mas, se o povo fosse a razão, não haveria Mariana e Brumadinho do jeito como foi.”.
Nesses quase 60 anos da gravadora Paulinas-COMEP, padre Zezinho, scj, por meio desta e de tantas outras catequeses, leva o povo a refletir sobre as dificuldades, a busca por justiça, e também transmite notas de paz e conforto para aqueles que mais precisam.



Confira a letra de “Mariana & Brumadinho”:

Em busca de minerais
Toneladas de minerais
Mataram milhões de animais
Milhões de vidas morreram
O profeta falou, o meu povo alertou
Centenas de vidas morreram
Dois rios morreram
E a lama avançou qual dilúvio infernal
Acidente não foi, sabiam que não
Mas tinham que produzir, tinham que produzir

Mariana, Brumadinho
Profetas falaram, mas os grandes não ligaram!
Profetas falaram, mas os grandes não ligaram!


Em busca de minerais
Toneladas de minerais
Mataram milhões de animais
Milhões de vidas morreram
Cientista falou, e o meu povo alertou
E a fauna e a flora morreram

Mariana, Brumadinho
Profetas falaram, mas os grandes não ligaram!
Profetas falaram, mas os grandes não ligaram!
Profetas falaram, mas os grandes não ligaram!


Disponível nas plataformas digitais: iTunes | Google Play | Spotify | Deezer


Ficha técnica
Letra e música: Pe. Zezinho, scj
Interpretação: Pe. Zezinho, scj
Arranjos e teclado e prog. eletrônica: Luiz A. Karam
Violão: Maércio Lopes
Coro: Andréia Zanardi, Ana Clara, Karla Fioravante, Beto, Tiago Oliveira, Ricardo Moreno
Produção musical: Ir. Verônica Firmino, fsp
Gravação: Alexandre Soares
Assistente de estúdio: Vanderlei Pena
Direção-geral: Ir. Eliane Deprá, fsp





Contato para imprensa
Luciana Sales
Tel.: (11) 5081-9333
imprensa@paulinas.com.br

Fonte: Paulinas-COMEP
Postado por: Comep



Compartilhe este conteúdo:

Comentários

Veja Também

Por que perdoar? Além de um gesto de amor, é inteligente e saudável

Saiba o que estudos falam sobre os benefícios para a saúde e, sobretudo, o sentido maior do perdão. Um ato de vontade que pode ser exercitada com o auxílio da playlist “Perdoar 70X7”.

Quaresma 2022: inicia-se o tempo forte na Igreja de oração, jejum e penitência

Em especial, para a celebração de 2022, o Papa Francisco convidou crentes e não-crentes a uma jornada de jejum pela paz entre Rússia e Ucrânia.

Por que existe a devoção a Nossa Senhora aos sábados?

Saiba de onde vem esse costume, que está relacionado ao Tríduo Pascal. Maria teria sido a única pessoa que permaneceu firme, esperando a ressurreição de Jesus.

O que é o Tempo Comum no calendário litúrgico?

Subdividido em duas partes, um “tempo ordinário”, mas não menos importante e que pode ser vivido com a música para os momentos de oração e escolha dos cantos para as Missas.

Início Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 Próximo Final

Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados