PESQUISE NO SITE
Fale Conosco

Na semana de Corpus Christi, música de Jonny Mendes ressalta o grande mistério da fé cristã

Data de publicação: 17/06/2019

Para abrir a semana da Solenidade do Santíssimo Corpo e Sangue de Cristo, na próxima quinta, 20 de junho, a Paulinas-COMEP e o cantor e compositor Jonny Mendes lançam o clipe “Ele é o pão da vida” em parceria com Geruza Luz e Dom Paulo Bosi Dal’Bó .
Ele é o pão da vida descido do céu e quem dele comer jamais morrerá. Ele é o Pão da Vida descido do céu e quem Dele comer ressuscitará”. Os versos da canção, fundamentados no capítulo seis do Evangelho de São João, revelam a promessa de Cristo da vida eterna e a Sua instituição do Sacramento da Eucaristia. Mistério atualizado nas celebrações das Missas todos os dias, em diferentes partes do mundo.



Entretanto, foi no passar dos séculos que Corpus Christi se tornou uma festa pública em toda a Igreja. A primeira iniciativa foi do Papa Urbano IV, em 1264, determinando que a celebração acontecesse na quinta-feira após a Solenidade da Santíssima Trindade, após receber os segredos das visões da freira agostiniana, Juliana de Mont Cornillon, as quais exigiam uma festa da Eucaristia dentro do ano litúrgico. A comemoração ganhou abrangência mundial apenas no século XIV, com o Papa Clemente V.  

Um outro acontecimento que reforçou constituir a solenidade foi com padre Pedro de Praga, da Boêmia, quando celebrou uma Missa na cripta de Santa Cristina, em Bolsena, Itália, e ocorreu um milagre eucarístico: da hóstia consagrada começaram a cair gotas de sangue sobre o corporal após a consagração.
Segundo uma narração, isso ocorreu porque o padre teria duvidado da presença real de Cristo na Eucaristia. O mesmo Papa Urbano IV ordenou ao bispo da localidade que levasse até ele o corporal com as gotas de sangue. Diante do milagre, exclamou: “Corpus Christi”.
Em 1317, o Papa João XXII publicou o dever de levar a Eucaristia em procissão pelas vias públicas. O Concílio de Trento também fortaleceu o decreto da instituição do dia de Corpus Christi, obrigando o clero a realizar a procissão eucarística pelas ruas da cidade, como ação de graças pelo dom supremo e como manifestação pública da fé na presença real de Cristo na Eucaristia.

Um breve histórico para ressaltar a grandiosidade deste sacramento instituído na Última Ceia por Jesus e enaltecido no clipe. A gravação da música teve a participação da cantora Geruza Luz e do bispo da Diocese de São Mateus (ES), Dom Paulo Bosi Dal'Bó, recém eleito vice-presidente do Regional Leste 2 da CNBB.
Geruza enfatiza sua emoção por participar deste projeto e a integração entre os três intérpretes da canção: “Uma alegria que se traduziu em um encontro de vozes e almas, que se uniram em uma noite memorável de maio [durante a gravação do clipe], para cantar e celebrar a beleza do Pão da Vida.”

Ele é o Pão da vida - Jonny Mendes, Geruza Luz e Dom Paulo Bosi Dal’Bó
Gravação do clipe Ele é o Pão da vida - Jonny Mendes, Geruza Luz e Dom Paulo Bosi Dal’Bó (Foto: Waléria Estevam de Alencar)

Inspirações da música e gravação do clipe
 
Partilha do alimento e da Palavra. Uma ocasião que não poderia ser mais inspiradora para uma composição que falaria sobre a Eucaristia. Conforme conta o cantor Jonny Mendes, as primeiras frases e acordes que deram origem à música nasceram em um momento de partilha à mesa, na casa da cantora Geruza Luz. “Ambiente perfeito e inspirador, para uma canção que tinha como meta a beleza da comunhão eucarística. Nem imaginávamos, mas meses depois a música ganharia um toque especial do amigo, pastor, cantor e compositor Dom Paulo Bosi Dal’Bó”, relata.
O compositor conta ainda como foi significativo o dia da gravação do clipe, no último dia 13 de maio, na Paróquia Nossa Senhora de Fátima, em Pedro Canário (ES): “A música composta por mim, em parceria com Geruza Luz e Dom Paulo Bosi Dal’Bó”, ganhou um brilho singular, ao encontrar um povo festivo, harmonizando com a linda imagem do Ressuscitado e um coro quase angelical que ecoou naquela noite de 13 de maio”.
A música está disponível nas plataformas digitais e o clipe no canal do Jonny Mendes no YouTube.
 
Por Gracielle Reis



Contato para imprensa
Luciana Sales
Tel.: (11) 5081-9333
imprensa@paulinas.com.br

Fonte: Paulinas-COMEP
Postado por: Comep



Compartilhe este conteúdo:

Comentários

Veja Também

Confira canções e direcionamentos do Papa Francisco para o Domingo da Palavra

O Santo Padre instituiu o Domingo da Palavra, a ser celebrado sempre no III Domingo do Tempo Comum. Neste ano, no dia 26 de janeiro. Veja os direcionamentos do Santo Padre para este dia e músicas para diversos momentos de celebração.

Festa da Conversão de São Paulo e um convite à mudança de vida

Na festa da conversão do apóstolo, 25/01, sua vida é recordada como grande sinal para os tempos atuais. Um grande legado foram as cartas dirigidas a cristãos de diversas regiões. Versos colocados em canções em belas produções da Paulinas-COMEP.

“Basta-me a tua graça”: o novo álbum com textos em canção do apóstolo Paulo

Em forma de canção, os escritos de São Paulo expressos em 14 refrãos orantes. Com textos simples, curtos, fáceis de memorizar e melodias orantes e intuitivas, o álbum ajuda a rezar em qualquer lugar e situação e é voltado ainda a momentos vocacionais.

Igreja celebra 800 anos dos mártires de marrocos e vocação franciscana de Santo Antônio

A Igreja e família franciscana estão em festa. Em Coimbra, na Igreja de Santa Cruz, aconteceu no último domingo, 12, a abertura do ano jubilar pelos 800 anos dos mártires de Marrocos e vocação franciscana de Santo Antônio.

Dia do Compositor: Padre Zezinho, scj, dá dicas a compositores. Veja ainda números do amplo acervo de composições da Paulinas-COMEP

Para quem deseja lançar-se na arte da composição religiosa, algumas dicas importantes do mestre e catequista das canções, Pe. Zezinho, scj. Conheça ainda J. Thomaz Filho, um grande compositor da Paulinas-COMEP.

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo Final

Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados