PESQUISE NO SITE
Fale Conosco

Uma casa iluminada por Jesus, o novo CD de Antonio Cardoso pela Paulinas-COMEP

Data de publicação: 16/04/2015

Uma casa iluminada por JesusNenhuma dor é maior que sentir-se só. Uma canção é sempre um jeito de chegar perto de alguém. E mais: chegar perto da alma. Imagine alguém falar que a sua canção “lavou sua alma”. Como sabemos, lavar a alma, significa tornar a vida mais leve. Quem não ficaria feliz ao ganhar tal “prêmio”?

Antonio Cardoso é baiano, natural de Miguel Calmon, vive em São Paulo desde 1975 e em 1979 gravou sua primeira obra com as Irmãs Paulinas (Gravadora Paulinas-COMEP). De lá para cá, são 17 obras individuais. O tema família é recorrente na sua trajetória. Com um olhar diferente sobre o futuro da família, ele apresenta um grupo de canções, todas de sua autoria, “Uma Casa Iluminada por Jesus” para uma celebração ao amor de pais e filhos. Em 36 anos de carreira, já se apresentou em mais de 2500 cidades brasileiras. “Eu sou a Porta”, a canção que abre esta obra é como se o próprio Cristo dialogasse conosco. “Uma Casa Iluminada por Jesus” é a canção que dá título a esta obra. O próprio Cardoso é quem diz: “O afeto não sobrevive sem a mística. E a mística do cristão advém de sua capacidade de enfrentar os desafios sem lamentos e sem mágoas”. “Tu que habitas nosso ser” é a experiência de quem sente a presença do Espírito Santo no seu agir. “Tuas palavras passam ao largo do tempo”: os especialistas em Cristologia costumam dizer que por onde o Cristo passava tudo se transformava (cresceu uma figueira, uma palmeira, uma flor...), “Seu código DNA”: há muito mais dos nossos pais em nós do que pensávamos ter. Um reggae para um tempo em que pais e filhos se reconhecem. “É Cristo que nos chama para amar”, vocação é um dos temas preferidos do Antonio Cardoso, basta lembrar de sua “Canção Sacerdotal” que há mais de 20 anos se canta em quase todas as ordenações presbiterais. “Tão suave é sua paz”: não há um cristão que não tenha experimentado a PAZ do Senhor no seu momento de dor. “Aleluia”, numa Ação de Graças costumamos dizer obrigado, mas, quando esse muito obrigado é mais efusivo, a gente diz Aleluia!, “Isso é vocação”: é por viver um ideal que a gente sente ardor. “Das trevas brilhe a luz”: é o resumo da primeira encíclica do Papa Francisco, LUMEN FIDEI. “Na tua presença Senhor”: uma canção para a eucaristia. “Há um clima diferente”: para se cantar no final do ano. Uma passagem para o ano novo em FAMÍLIA.

Com arranjos do maestro Luiz Karam, produção musical da Irmã Luiza Ricciardi, produção executiva da Irmã Eliane Deprá, Técnico de som Alexandre Soares, auxiliar técnico Vanderlei Pena e fotografia da Daniele Cristina.

Pré-Venda
www.paulinas.org.br/antoniocardoso

Contato para imprensa
(11) 5081-9333
divulgacao@paulinas.com.br

Fonte: Paulinas-COMEP
Postado por: Comep



Compartilhe este conteúdo:

Comentários

Veja Também

Quaresma 2022: inicia-se o tempo forte na Igreja de oração, jejum e penitência

Em especial, para a celebração de 2022, o Papa Francisco convidou crentes e não-crentes a uma jornada de jejum pela paz entre Rússia e Ucrânia.

Por que existe a devoção a Nossa Senhora aos sábados?

Saiba de onde vem esse costume, que está relacionado ao Tríduo Pascal. Maria teria sido a única pessoa que permaneceu firme, esperando a ressurreição de Jesus.

O que é o Tempo Comum no calendário litúrgico?

Subdividido em duas partes, um “tempo ordinário”, mas não menos importante e que pode ser vivido com a música para os momentos de oração e escolha dos cantos para as Missas.

Cantando os Evangelhos: canções para o Tempo Comum C

Músicas inspiradas no Evangelho de Lucas, cujos textos regem o Ano C. A composição e música são assinadas por Frei Luiz Turra.

7 músicas para o Domingo da Palavra

Para o dia 23 de janeiro, uma indicação de canções para ressaltar o valor da Palavra de Deus.

Início Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 Próximo Final

Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados