PESQUISE NO SITE
Fale Conosco

Grupo Cantores de Deus comemora seus 25 anos com pocket show e lançamento de clipe “reconfortante”

Data de publicação: 01/07/2022

Grupo idealizado pelo Padre Zezinho já gravou 9 CDs, um EP e um DVD ao vivo e, depois de várias formações, segue como exemplo de fé, amor e esperança

Na noite do dia 30 de junho, o estúdio da gravadora Paulinas-COMEP, referência no mundo musical, principalmente na música católica, foi preparado para um show intimista. Amigos, familiares e fãs do grupo Cantores de Deus reuniram-se para celebrar a vida e a obra de Karla Fioravante, Dalva Tenório e Andréia Zanardi, comemorando os 25 anos de criação do grupo. Por quase duas horas, elas interpretaram músicas de várias fases do grupo, com o acompanhamento luxuoso do maestro Luiz Antonio Karam, ao piano.


Dalva, Andréia e Karla, as Cantores de Deus emocionaram o público tendo o Maestro Luiz Karam ao piano.

Antes do show, porém, as irmãs Eliane Deprá, diretora da gravadora Paulinas-COMEP, e Verônica Firmino, produtora, falaram sobre a importância daquele momento. “É muito importante celebrarmos esses 25 anos do grupo neste espaço significativo (estúdio COMEP), onde vivemos alegrias, conquistas e encontros, mas também, como tudo na vida, vivemos tristezas, dores e lágrimas, como a experiência da pandemia, por exemplo, que nos fez atrasar projetos e afastou pessoas”, disse a irmã Eliane. O último álbum do grupo Cantores de Deus é de 2019, antes da pandemia, o que impediu várias ações de divulgação em função das restrições por causa da Covid-19.

A irmã Verônica Firmino, por sua vez, lembrou que este álbum, “De fé em fé”, pareceu nos preparar para a pandemia que viria. “Graças a Deus, estamos aqui para contar uma nova história, retornar o caminho de fé em fé”, disse a irmã Verônica.

Cantores de Deus com a produtora da Gravadora Paulinas-COMEP, Verônica Firmino, e a diretora da Gravadora, Eliane Deprá.

Antes do início da apresentação, Dalva Tenório, uma das integrantes do grupo desde a formação original, há 25 anos, agradeceu a presença de todos e disse que elas estavam “muito gratas a Deus por aquele momento, cercadas de amigos verdadeiros na simplicidade na qual Deus se manifesta”. Dalva foi diagnosticada com Covid-19 uma semana antes, fazendo com que o evento fosse adiado.

Em sua fala antes do início da apresentação, Karla Fioravante, outra componente do grupo desde a sua formação original, falou sobre uma questão recorrente: por que o grupo mantém o nome de “Cantores de Deus”, se hoje é formado só por mulheres? O grupo já teve homens (Luan, da dupla Luan e Vanessa, e Robson Júnior, falecido). “Pode ser que tenhamos outro componente masculino, mas não é só cantar bem, mas ter carisma. Já apareceram outros cantores, mas, se encaixavam de um lado, de outro não. Se aparecer, seguirá conosco. Mas Deus que sabe. A gente não sabe nada. Primeiro a gente agradece, depois clama”, disse Karla.

Depois disso, as três mulheres desfilaram uma trilha de sucessos que emocionou os presentes, com músicas que, além de trazer a fé como tema principal, tocam em questões importantes, como a miséria, a depressão, o suicídio, as drogas e a violência contra a mulher.

Em um dado momento do show, a “caçula” do grupo, Andréia Zanardi, que integra os Cantores de Deus há 18 anos, homenageou com flores as parceiras Karla e Dalva. Assim terminou a noite de celebração dos 25 anos do grupo Cantores de Deus, deixando a certeza de que, apesar do nome masculino, o que faz o sucesso deste projeto musical é a essência de três mulheres de fé, talentosas e com um caminho de evangelização pela música de, pelo menos, mais 25 anos.


Presentes no evento dos 25 anos do grupo Cantores de Deus. Familiares, amigos e fãs.

Ao final da apresentação, todos os presentes puderam assistir ao novo clipe do grupo Cantores de Deus, “Ao coração cansado”, que fala sobre ter fé em momentos difíceis e que, mesmo tendo sido pensado antes da pandemia, parece ter sido feito exatamente para o momento em que vivemos, quando muitos parecem ter perdido a esperança. Assista ao clipe:



A história do grupo Cantores de Deus

São mais de 20 anos de história, 9 CDs e 1 EP gravados, 1 DVD ao vivo, várias participações em CDs e DVDs de amigos da música católica e centenas de viagens por todo o Brasil e pelo exterior!

O grupo Cantores de Deus nasceu em 1997, do coração do Pe. Zezinho, scj, que desejava ser acompanhado em seus shows, viagens e missões por cantores comprometidos com a fé católica. Inicialmente, era formado por Luan, Vanessa, Suely Ferreira, Dalva Tenório e Karla Fioravante. Com essa formação, gravou os CDs “Em verso e em canção” (1997), “En verso y en Canción” (1998), “Iguais” (2000) e “De olho no mundo” (2002). No ano de 2003, Luan e Vanessa mudaram-se para os EUA, deixando de fazer parte da missão. No mesmo ano, os Cantores de Deus acolheram Robson Jr e, em 2004, com a saída de Suely, veio somar Andréia Zanardi. Com a nova formação, gravaram o CD “Nas ruas do país” (2004).

Durante o período de 2000 a 2002, o grupo apresentou o programa de TV “Palavras que não passam”, transmitido pela Rede Vida de Televisão, juntamente com o Pe. Zezinho, scj. Pouco tempo depois, ganhou seu próprio programa, o “Universo em Canção”, também exibido pela Rede Vida, até o ano de 2004.

Com o lançamento do CD “Nas ruas do país”, na nova formação, agora com Karla Fioravante, Dalva Tenório, Andréia Zanardi e Robson Jr, recebe de sua gravadora, Paulinas-COMEP, o disco de ouro duplo, pela vendagem dos CDs: “Em verso e em canção” e “Iguais”. Em dezembro de 2006, Robson Jr. vem a falecer, e então, mesmo com tantas mudanças, o grupo Cantores de Deus decide continuar. Em 2007, em comemoração aos 10 anos de evangelização, é lançado o CD “Nossa história”, que conta com a participação dos ex-integrantes e regravações de músicas desde o primeiro CD, com uma nova roupagem.

Também em 2007, participa da visita do Papa Bento XVI ao Brasil, bem como da missa de canonização de Frei Galvão. Em 2011, tem a honra de participar da JMJ em Madrid, com o Papa Bento XVI, e em 2013, no Rio de Janeiro, com o Papa Francisco.

Em agosto de 2009, lança o CD “Mulheres”, o sétimo da carreira, retratando a nova fase do grupo, com as três integrantes: Karla, Dalva e Andréia. Já em dezembro de 2011, é lançado o DVD “Mulheres ao vivo”, que firma esta nova identidade, e, no início de 2012, o CD “Mulheres ao vivo”. O DVD “Mulheres” tem uma seleção de músicas que marcaram os 15 anos de história de evangelização, além de duas canções inéditas.
Participaram desse momento os amigos da música católica: Pe. Zezinho, scj, Ziza Fernandes, Suely Façanha, Walmir Alencar e Eliana Ribeiro, além de Oswaldinho do Acordeon.

Além de três prêmios como melhor grupo vocal católico no Troféu Louvemos o Senhor, realizado pela TV Século 21, em 2012, o grupo Cantores de Deus recebe o troféu como melhor DVD de 2011 e também a indicação ao Grammy Latino como melhor álbum cristão, com o CD “Mulheres ao vivo”.

Com uma história sólida na música católica, em 2015, lança o CD inédito intitulado “Mulheres em foco, força e fé”, que traduz em canções a força e beleza da mulher que tem fé e que, apesar das dificuldades, se sustenta no amor de Deus. No ano de 2019, Andréia Zanardi, Karla Fioravante e Dalva Tenório lançam o EP “Mulheres de fé em fé”, com canções que fazem pensar no sentido da vida, em amar e sentir-se amado, em acalentar as dores de quem se ama. Não são uma “receita milagrosa”, mas querem ser um alento para as feridas do coração.

O grupo Cantores de Deus continua fazendo história e firme no desejo de transformar corações pela música que evangeliza. Que essa canção de fé, de amor e de esperança alcance a cada dia mais vidas!

Por Marco ASA / Fonte: cantoresdedeus.com.br
Fotos: Juliene Barros

Fonte: Paulinas
Postado por: Comep



Compartilhe este conteúdo:

Comentários

Veja Também

Para o dia de Ação de Graças 2022, uma seleção de músicas de gratidão ao Senhor

Neste ano, o Thanksgiving Day será em 24/11. Um feriado nos Estados Unidos, mas independente da nação, a gratidão pode estar no coração de todos!

Assim é o Natal: uma canção de paz de Antonio Cardoso

O cantor oferece de presente a canção a fim de que “Cristo, a verdadeira luz” seja “a paz tão sonhada por nós”.

Para o Ano Vocacional 2022-2023, músicas que vão te chamar para a missão

De 20/11/22 a 26/11/23, será celebrado o terceiro Ano Vocacional da Igreja no Brasil. Confira as playlists sobre o tema vocacional e pergunte ao Senhor sobre o seu chamado.

Os Sacramentos acompanham toda a história de vida do cristão

Nas diversas fases da vida, cada fiel é mergulhado na graça dos Sacramentos. Para ajudar a conhecê-los, uma playlist foi especialmente preparada para esse aprofundamento.

Bellinha, a Ovelhinha apresenta o seu novo clipe, “Criança Aprendiz”

Além da canção, o clipe é uma forma prática para ensinar sobre os seus direitos e responsabilidade e está disponível no canal da Bellinha no YouTube.

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo Final

Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados