PESQUISE NO SITE
Fale Conosco

Zé Vicente da Esperança, um canto de amor

Data de publicação: 01/03/2013

Cearense “naturalmente ecológico”, compositor, poeta de cordel, educador... Zé Vicente é acima de tudo um artista em sintonia com a caminhada de seu povo e que, por meio da arte, vive em busca da construção permanente de relações de solidariedade, identidade cultural, valores igualitários, respeito à vida e ao próximo.

Hoje, com mais de 30 anos de trajetória artística musical, Zé Vicente lança o CD Zé Vicente da Esperança, seu 13º álbum pela gravadora Paulinas-Comep. “Minha esperança é que esse CD seja de fato um marco na caminhada dos jovens e de todo o povo que busca uma fé madura e comprometida com as transformações sociais nesses tempos de tantos desafios” afirma o cantor.

O álbum traz 14 canções inéditas, músicas com um tom festivo, poesias, rimas e ritmos populares “são músicas populares celebrativas e culturais” como ele mesmo diz.

Cada canção nasce de experiências do compositor, no dia a dia, nas estradas, em movimentos populares, encontros, oficinas e cursos dos quais participa. O som é pontuado de culturas regionais, das boas coisas de nossa terra, ao ritmo do samba, do baião e maracatu, misturando acordeom, metais, sopro, cordas e percussão. As letras e rimas falam de esperança, ecologia, cidadania, justiça, diálogo entre raças e tradições religiosas. São músicas que trazem grande riqueza cultural e rítmica.

Na primeira faixa do CD o público pode conferir a canção “Samba social”, um samba alegre, otimista e cadenciado, que promove a cidadania e a justiça em defesa dos direitos sociais, o refrão diz “Defender o direito. Respeitar a justiça. Promover a vida. Eis a nossa missão”. Já na música “Bendição” o ritmo gostoso do baião e a letra em rima exaltam a natureza e o amor do criador por todas as coisas “Bendita e amada seja, na natureza. Toda beleza que com certeza. O Deus da vida assim criou”.

Na faixa onze em “O grito é paz” surge uma balada romântica, um hino pela paz e pelo respeito às diferenças “De todos os cantos da terra, um só grito se faz ouvir. Em todas a línguas e povos todos hão de perceber... O grito é paz! O grito é paz.”

Neste trabalho, o tempero do regionalismo vem das mãos de Osvaldinho do acordeon, do arranjador Luiz Antonio Karam, dos músicos participantes Adeíldo Lopes, Ocimar de Paula eTico Delise Nos vocais as participações das cantoras Raquel Passos, do Grupo Vitória do Espírito Santo, Ana Paula, fsp, do Grupo Chamas, Maria Diniz, Rita Kfouri, Paulinho Campos e Emmanuel.

Zé Vicente da Esperança canta de forma celebrativa a fé, a resistência e a esperança junto ao seu povo. O CD esta disponível em todas as livrarias Paulinas pelo Brasil e também na Livraria Virtual.

Fonte: Sala de Imprensa
Postado por: Administrador



Compartilhe este conteúdo:

Comentários

Galeria de Imagens

Galeria de Vídeos ver mais

Veja Também

Pré-venda do CD e DVD Adriana Arydes ao vivo

O show mais esperado do ano, agora na sua casa! O CD e DVD ‘Adriana Arydes ao vivo’ já está quase chegando nas lojas, e em breve você poderá cantar, louvar e se emocionar com a Adriana Arydes!

Pe. Zezinho, scj presente na 23ª Bienal do Livro de São Paulo

Durante os dias 22 a 30 de agosto, acontece em São Paulo-SP, a 23ª Bienal do Livro de São Paulo, e mais uma vez a Paulinas estará presente expondo desta vez, seus mais de 2,5 mil títulos.

Assista o vídeo do teaser do novo DVD ao vivo de Adriana Arydes

Gravado no dia 31 de maio no Teatro da AMAN, em Resende-RJ, a gravação do DVD da Adriana Arydes contou com as participações especiais de Davidson Silva, Ziza Fernandes, Fátima Souza e Adelso Freire.

Padre Zezinho, scj, apresenta seu novo CD para a imprensa

As comemorações pela trajetória de 50 anos de evangelização do Pe. Zezinho, scj, tiveram continuidade no sábado, 9/08, em uma entrevista coletiva: o homenageado apresentou o CD De volta para o meu interior para a imprensa.

De volta para o meu interior, novo CD de Pe. Zezinho, scj

Cinquenta anos cantando a fé! Desde 1964 esse mineiro de Machado, nascido e criado em Taubaté (SP), no Vale do Paraíba, começou a ensaiar ao violão as suas primeiras canções. Daí em diante, não parou mais.

Início Anterior 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 Próximo Final

Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados