Religões na História do Brasil

Data de publicação: 26/07/2017

Religiões na História do Brasil

Maria Cecilia Domezi, historiadora e cientista da religião, apresenta um quadro panorâmico sobre o entrelaçamento das matrizes religiosas brasileiras e da trajetória histórica da religião. Contempla desde o primeiro encontro dos nativos com os colonizadores, passando pelas religiões africanas miscigenadas com cultos indígenas e pelas práticas dos negros islâmicos, dos judeus, dos cristãos novos e dos protestantes, até o pentecostalismo, os movimentos sociais e religiosos e a convivência na diversidade, que o futuro anuncia.
A obra é organizada em duas partes temáticas que se identificam com os grandes períodos históricos do Brasil: a cristandade colonial e as religiões no Império e na República, até os dias atuais.
A primeira parte, Religiões na luso-cristandade, tem cinco capítulos: I. Religião dos povos nativos, II. Padrão da cristandade lusitana, III. Religião proibida, IV. Missão e colonização, e V. Religião recriada. A segunda parte, Religiões no estado liberal e republicano, também com cinco capítulos, traz os temas: I. Cristianismos no Brasil imperial, II. Religiões e sociedade em mudança, III. Movimentos sociorreligiosos, IV. Política autoritária e cristianismo da libertação, e V. Religiões no Brasil contemporâneo. Todos os capítulos trazem preciosas sugestões para debate e troca de experiências e saberes nos vários espaços populares ou acadêmicos nos quais o livro pode ser trabalhado.
Com uma reflexão apoiada na História, a autora mostra os dinamismos que sempre estiveram e continuam a estar subjacentes ao panorama religioso brasileiro, apontando as raízes do passado, os frutos do presente e a necessidade de reinterpretá-los em vista do futuro. E conclui a obra com duas certezas: “Enfim, o potencial religioso deste país, incluindo-se os ateus empenhados em ser humanistas e defensores de todas as formas de vida, não deve ser menosprezado. Cada caminho ou religião tem algo a compartilhar e a aprender dos outros” (p. 250).  

Fonte: Dia-Edição 80 - Out/Dez 2016
Postado por: Diálogo




Comentários


Comente





Compartilhe este conteúdo:


Veja Também

Passos Espirituais
Wirikuta não se vende, se ama e se defende! Esse é o lema de resistência dos Wixarika
Ateísmo
A obra descreve um panorama geral do ateísmo, com linguagem exata e, ao mesmo tempo, acessível ao grande público interessado pelo tema
Educar para a caridade e a solidaridade
É interessante ressaltar que as relações entre Teologia e Educação são antigas, entretanto as afinidades entre essas duas áreas, na atualidade, nem sempre são explicitadas.
Chamada dinâmica
As crianças, os adolescentes e os jovens são seres dinâmicos, porque vivem os tempos mágicos da existência, estão em fase de procura, novidade, descoberta, escolha e construção. E a escola, é chamada a assumir sua missão de educadora integral.
Pedagogia do cuidado
Hoje se vive num mundo marcado pelas divisões, conflitos, crises ambientais, econômicas, políticas, culturais e religiosas.
1 2 3 4 5 Próximo Final

Termos mais pesquisados

Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados