Água, fonte de vida

Data de publicação: 17/10/2017


H2O é o composto químico que possibilitou a presença humana no planeta: a água. Em média, 75% do corpo humano é formado por água, elemento essencial não só para a vida humana, mas também para todos os animais e plantas. A água, em seu estado puro, não tem cheiro nem cor.
Iniciando a conversa
H2O é o composto químico que possibilitou a presença humana no planeta: a água. Em média, 75% do corpo humano é formado por água, elemento essencial não só para a vida humana, mas também para todos os animais e plantas. A água, em seu estado puro, não tem cheiro nem cor.

Iniciando a conversa
Leve para sua sala de aula uma garrafa com água potável e copos. Pergunte se a água tem cheiro e sabor e peça que observem sua transparência. Faça outras questões relacionadas ao tema, como: Podemos viver sem água? Só o ser humano precisa da água para viver? De onde vem a água? A água do mar é igual à água dos rios e da chuva? Podemos fazer uso da água do mar? É possível transformar água salgada em agua potável? Como a água chega até nossa casa? Todas as casas têm água limpa e saudável?

Poluição da água
Hoje, os principais motivos da poluição da água são os despejos de resíduos industriais, os produtos químicos utilizados na atividade agrícola, o lixo e o esgoto não tratado, lançados em rios e mares. Somam-se a isso a falta de competência das companhias responsáveis pela gestão de água e do saneamento, o descaso dos órgãos públicos e as alterações climáticas, fatores que causam a crise hídrica.
Vale ressaltar que o esgoto doméstico, composto basicamente de fezes e restos de comida, é rico em nitrogênio, o que causa a morte de espécies aquáticas.

Responsabilidade

É preciso, antes de tudo, criar uma consciência sobre a importância dos recursos hídricos, alinhada à mudança de hábitos no que se refere ao fim do desperdício da água. E essa é uma atitude que não exige planejamentos caros e mirabolantes! A educação nas escolas, o envolvimento dos dirigentes de empresas e a fiscalização do Estado nas indústrias e grandes corporações para o bom uso da água surtem efeitos positivos quase imediatos. As pessoas, acompanharem, pelas mídias, a situação das regiões Sul, Sudeste têm visto que, mesmo sem um empenho sério do governo estadual e do governo federal, a população, ao decidir cuidar do uso da água, conseguiu adotar medidas que surtiram resultados positivos logo nas primeiras chuvas, depois da estiagem. Isso significa que não foi somente o término do período de seca que reabasteceu os reservatórios, mas também a mudança de atitude dos moradores.
O cuidado com os mananciais é importante. Preservar os rios, na nascente e na foz, proteger as áreas das fontes naturais da especulação imobiliária e tratar o lixo são políticas urgentes para uma gestão responsável e consciente do uso da água.
Todo ser vivente tem direito à água, e água de qualidade! É obrigação dos governos cuidar dos mananciais, tratará a água e distribuí-la para todos. Sabemos que muitas doenças, como a diarreia e a cólera, são consequência do uso inadequado da água, causando a morte de muitas crianças e adultos.


 
Dinâmicas
•   Com os alunos do Ensino Fundamental I, é possível fazer uma roda de conversa, para discutir o tema. Motive-os a falar de suas experiências com a água: se já tomaram banho de chuva, se conhecem o mar, se gostariam de tomar banho de mar etc.
•   Fale também sobre a importância de beber água, para a hidratação dos órgãos do corpo.
•   Pergunte se todas as crianças têm água em casa. Mostre imagens de pessoas que não têm acesso à água encanada e tratada. Fale sobre as consequências da seca para a vida dos animais e das plantas.
•   Para os alunos do Ensino Fundamental II, programe uma visita a uma estação de tratamento de água em sua cidade.
• Pesquise canais disponíveis (internet, biblioteca, jornais) sobre as políticas públicas relacionadas ao uso racionado de água, bem como ao seu tratamento e à erradicação dos agentes poluidores.
•  Oriente os alunos a fazer pesquisas relacionadas à causa das enchentes constantes nas grandes cidades. O que é possível fazer?


Fonte: Edição Nº86 Abr/Jun 2017
Postado por: Diálogo




Comentários


Comente





Compartilhe este conteúdo:


Veja Também

Educação multicultural e diálogo das religiões
Diversidade cultural e multiculturalismo relacionam-se diretamente com a educação e a questão religiosa
Fronteiras, diálogo e paz
Acolher a vida de pessoas imersas em culturas diferentes das nossas, começamos a resgatar a nossa humanidade
Mel puro
O raro privilégio de saborear o mel diretamente do favo é algo como viajar no tempo. O mel, como a mais primordial substância adoçante
Ensino Médio em foco
Projetos que deem aos estudantes a chance de serem sujeitos da aprendizagem garantem que vale a pena assumir o desafio.
Transposição didática
O Conselho Nacional de Educação reconheceu nas Diretrizes para o Ensino Fundamental
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo Final

Termos mais pesquisados

Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados