Espaços sagrados

Data de publicação: 08/07/2015


Todas as religiões têm seus espaços sagrados. São templos, sinagogas, santuários, mesquitas, rios, montanhas, lugares onde o Sagrado se manifesta. Vamos conhecer alguns deles.

Cristianismo
As cidades de Belém e Jerusalém e a região da Galiléia lembram fatos significativos da vida de Jesus, como o nascimento, a crucificação e seu ministério, respectivamente. Lourdes, na França; Fátima, em Portugal; Santiago de Compostela, na Espanha; Virgem de Guadalupe, no México; e Nossa Senhora Aparecida, no Brasil são os mais importantes santuários católicos do mundo. O caminho de Santiago de Compostela tornou-se uma das maiores rotas de peregrinação cristã do Ocidente. Reconhecido como Patrimônio da Humanidade pela Unesco (Organização das Na­ções Unidas para a Educação, Ciência e Cultura), o caminho remonta ao apóstolo Tiago. Segundo uma tradição cristã, após a crucificação de Jesus, Tiago teria passado seis anos pregando na região da Espanha, onde morrera. Segundo relatos, uma estrela fixa iluminava o sepulcro do apóstolo – o “Campus Stellae” –, que deu origem ao nome Compostela.

Judaísmo
Jerusalém possui também lugares sagrados para os judeus. Um deles é o Muro Ocidental (ou Muro das Lamentações), parte da muralha construída ao redor do templo. No ano 70 d.C., quando a cidade foi destruída por Tito – imperador romano –, conta-se que foi resguardada esta parte da muralha, a fim de mostrar às gerações futuras a grandeza dos soldados romanos, capazes de destruir a grande edificação. Durante esse período da dominação romana (ano 70 a 476), os judeus não tinham permissão para entrar em Jerusalém, exceto uma vez por ano, no aniversário da destruição. Nesta data, eles lamentavam a dispersão de seu povo e choravam sobre as ruínas do Templo. Daí o nome Muro das Lamentações.


Budismo
Os budistas realizam peregrinações em locais relacionados à vida de Buda, que quer dizer o Iluminado. Dentre os mais importantes estão: Lumbini, no Nepal, cidade natal de Buda; Bodh-Gaya, local de sua iluminação; Varanasi, onde pregou seu primeiro sermão; e Kusinara, local de sua morte. Um dos lugares de oração é o Pagode, onde os budistas fazem oferendas de alimentos a Buda. Os budistas possuem em casa um pequeno altar onde rezam em família. Nele há uma imagem de Buda, placas com os nomes de seus ancestrais e bastões de incenso.

Islamismo
A peregrinação à cidade de Meca, que todo muçulmano, tendo condições materiais, deve fazer pelo menos uma vez na vida, é um dos cinco pilares do islamismo. Na cidade, encontra-se a Caaba, templo em forma cúbica, para onde se voltam todos os muçulmanos ao fazer suas orações diárias. Jerusalém também é um lugar sagrado para eles, pois crêem que nesta cidade o profeta Muhammad (Maomé) chegou ao final de sua jornada e ascendeu ao céu. Os edifícios mais importantes do islã são as mesquitas, local de oração e centros de uso comunitário e educativo.

Hinduísmo
Uma das mais antigas religiões, o hinduísmo tem como sagrado o Rio Ganges, no qual procuram purificar a alma e chegar mais perto de seus deuses, como Brahma, Vishnu e Shiiva, representações diferentes de um único ser. Outros importantes lugares de peregrinação são Mathura, na Índia, onde nasceu Krishna; Ayodhya, a capital do Rei Rama; e o santuário de Vishnu, no Himalaia. A maioria dos hindus prefere realizar o culto no próprio lar, onde montam um santuário com um altar, recitam orações (mantras) e fazem oferendas à divindade.

Fernanda Dantas

Fonte: Diálogo 34 - MAIO/2004
Postado por: Diálogo




Comentários


Comente





Compartilhe este conteúdo:


Veja Também

Liderar é unir forças
Liderar é unir forças e organizá-las para o bem. Líder é quem luta contra o próprio ego
As matrizes da religiosidade
A disciplina de Ensino Religioso tem como desafio a implementação de uma disciplina de caráter escolar que objetiva fomentar o respeito à diversidade cultural e religiosa.
O Islã e a não violência
Convoca para o caminho do teu Senhor, com sabedoria e exortação justas, e discute com eles da melhor forma possível.
O amor que fecunda a terra
A verdadeira espiritualidade vai além do religioso e revela-se em uma atitude de amor para com todas as criaturas.
O alimento na religiosidade zen budista
Nas religiões orientais há vários rituais dos quais os alimentos fazem parte, assim como em quase todas as religiões.
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo Final

Termos mais pesquisados

Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados