Pequenos gestos, grandes mudanças

Data de publicação: 05/10/2017

Roseane Welter*

A grande metrópole São Paulo (SP), nos surpreende sempre! Andando por suas ruas e bairros, encontramos várias iniciativas, que por vezes a população pouco conhece por não estar na pauta da grande mídia. Na zona oeste da capital, encontramos a Associação Reciclázaro – Preservando a Natureza, Reciclando Vidas, Reduzindo a Violência, que com atividades socioeducativas e ambientais promovem em seus centros a mudança e a transformação que começam pelo humano e se expandem para o ecológico e o ambiental, buscando sempre construir alternativas para a reinserção das pessoas e a preservação do meio ambiente.

Associação Reciclázaro
O nome Reciclázaro forma-se da conjunção do verbo reciclar com o substantivo Lázaro. “Reciclar matérias, mas fundamentalmente reciclar o ser humano”. Desde 1997, a associação presta serviços para a comunidade atendendo as pessoas em situação de vulnerabilidade. A obra é uma iniciativa do Padre José Carlos Spindola, que via em frente à sua igreja a exploração das pessoas que recolhiam materiais recicláveis para a sobrevivência. Nasce, então, o desejo de fazer alguma coisa por esses indivíduos que circundavam o templo religioso. Surge a ideia de criar uma associação onde as pessoas pudessem obter o sustento de forma digna e justa.  “O projeto existe para mostrar o potencial que há em cada pessoa, que todos, mesmo em situação de vulnerabilidade, podem se reinserir na sociedade; restituir a dignidade humana de cada ser por meio de atividades dignas para si e para o meio ambiente”, afirma a engenheira ambiental Ângela Samira Viana Martins.
“A associação tem como objetivo reintegrar na sociedade as pessoas em situação de vulnerabilidade social, por meio de ações socioambientais, de modo a restabelecer sua participação ativa como cidadãos na sociedade”, afirma a engenheira. As linhas diretivas desenvolvidas pelas unidades e programas do projeto são a integração no sistema educativo, a inclusão no mercado de trabalho formal, a criação de alternativas de geração de emprego e renda adaptáveis à realidade da pessoa, a orientação para o acesso à previdência social, o cuidado de sua saúde física, psicológica e emocional e o apoio na retomada dos vínculos familiares e comunitários.

   
   
Programas e Projetos

Atualmente, a Reciclázaro desenvolve programas e projetos vinculados à reintegração por meio de diversas ações: Centro de Acolhida Especial para Idosos – Casa de Simeão; Centro de Acolhida com Inserção Produtiva – Casa São Lázaro; Centro de Acolhida Especial para Mulheres – Casa de Marta e Maria; Espaço Gasômetro; Centro Dia para Idosos Guadalupe; Centro de Formação Profissional e Educação Ambiental (Cefopea); Programa de Intervenção Comunitária; Programa de Atenção à Pessoa Idosa (Progapi); Programa de Coleta Seletiva e Geração de Renda.
As unidades e os programas da Reciclázaro são de passagem. Não de um dia para outro, mas o para novo estágio da vida: o da autonomia. Uma ideia que gera bons resultados e proporciona com pequenos gestos a garantia dos direitos à dignidade de inúmeras pessoas agregadas e atendidas pela associação. “Estou desde o início do projeto, e por aqui já passaram muitas pessoas, e cada qual seguiu seu caminho. O legal para nós é perceber que cada pessoa que passa pela casa é um vitorioso e sai daqui com um futuro garantido” afirma Juliana da Silva, coordenadora da cooperativa de reciclagem.

Reciclar materiais e também vidas
Diariamente nos deparamos com uma grande quantidade de lixo espalhado pelas ruas das cidades, e ficamos, por vezes, impressionados com a capacidade que temos de sujar o ambiente no qual circulamos. Todos já ouvimos falar que lugar de lixo é no lixo. Por que será que insistimos em jogar nossos pertences em qualquer lugar? Sabemos também do prejuízo que essa atitude causa ao meio ambiente, à nossa casa comum. Pensando em atender às nossas irresponsabilidades, o Reciclázaro contempla em suas ações concretas o Projeto Coleta Seletiva: “A associação realiza um programa de educação ambiental nas escolas, prédios, Igrejas e empresas da região oeste da cidade de São Paulo”, informa Ângela. Segundo  a engenheira ambiental, os materiais são classificados e repassados à cooperativa Reclica Butantã, uma das empresas parceiras que comercializa o material, fonte de renda para os associados da cooperativa.
O Projeto Coleta Seletiva vem dando certo na região oeste da capital paulista e em breve expandirá suas atividades para a zona leste, visando a criar mais uma cooperativa de reciclagem e gerar emprego e renda para mais de 90 pessoas. Na região leste, a nova cooperativa fará com que 150 toneladas de reciclável retornem à cadeia produtiva.

A mudança começa em casa
Todos, de certa forma, estamos conscientes do que vem acontecendo em nosso planeta.
   
   
Fenômenos comprometedores para a natureza e também para a sociedade. As mudanças climáticas são uma preocupação com repercussão em âmbito mundial, que afetam os ecossistemas e o modo de ser e viver das pessoas.  As consequências das ações humanas frente ao meio ambiente são diariamente percebidas, e é o que falta para a população acordar e mudar suas atitudes? Há muito se fala de um resgate da conscientização ecológica planetária. E muito se tem feito para que a conscientização seja um ideal-real na conduta humana.
O Reciclázaro abrange em sua estrutura vários projetos, e dentre estes o Centro de Formação Profissional e Educação Ambiental, que tem o viés social e ambiental. Sua linha de atuação oferece conhecimentos nas áreas de Jardinagem e Conservação Ambiental, além de formar multiplicadores para uma atuação em defesa do meio ambiente urbano e divulgação de práticas de responsabilidade ambiental através de cursos como coleta seletiva, reciclagem e descarte correto de materiais, consumo consciente, tecnologias limpas, funcionamento de um viveiro de árvores e flores e o cultivo de espécies vegetais adaptáveis às condições de vida nas grandes cidades.
Dentro do projeto do Cefopea estão inseridas ainda duas iniciativas. Na padaria Pão de Moça, que é uma cooperativa feminina, onde as mulheres atuam como microempresárias no segmento da panificação. A produção da padaria abastece as unidades da associação e proporciona ao público em geral deliciosas guloseimas. E na cooperativa Tijolo Ecosocial Tijolimpo, formado por um grupo de homens que produzem o tijolo ecológico para a comercialização. “Tudo aqui é feito com a consciência ecológica, pensando na preservação do meio ambiente e na qualidade de vida dos humanos”, diz Estefany Uchoa, bióloga do Cefopea.
As ações que englobam o projeto Reciclázaro trazem muitos benefícios para a ecologia e também enfrentam grandes desafios, dentre estes o maior deles, segundo Ângela Samira, é a falta de conhecimento das pessoas sobre os métodos de preservação ambiental e a falta de uma educação ambiental consciente.


Associação Reciclázaro
Praça Alfredo Weiszflog, 37
CEP 05045-050 – São Paulo - SP
PABX: (11) 3871-5972
Site: www.reciclazaro.org.br
Centro de Formação Profissional e
Educação Ambiental (Cefopea)

Av. Ariston de Azevedo, 10 – Belém
CEP 03021-020 – São Paulo – SP
Tel: (11) 2081–3673



Fonte: Edição Nº85 Jan/Mar 2017
Postado por: Diálogo




Comentários


Comente





Compartilhe este conteúdo:


Veja Também

Autismo digital
Na sociedade contemporânea, globalizada e interligada pelas redes sociais, acontece um fenômeno curioso que ressalta o olhar de todo observador.
Suicídio: tentativa e superação
A taxa de suicídios no Brasil, especialmente de adolescentes e jovens, tem crescido de modo lento, mas constante.
A ótica literária sobre a morte
A morte é um tema presente inelutavelmente na vida humana, e, como se costuma dizer, “é a única certeza que todos temos nesta vida”.
Danças Circulares Sagradas
Os ritos dançados sempre existiram e existem como expressão mítica que vem traduzir ao longo do tempo
Currículo interdisciplinar, novo paradigma
A diversidade e a diferença são manifestações dos fatos sociais, das culturas e das respostas individuais frente à educação escolar
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo Final

Termos mais pesquisados

Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados