Mitos e linguagem universal

Data de publicação: 27/12/2013

Há semelhanças entre a Bíblia e os mitos de origem de outros povos.

A água primordial

•    O relato bíblico diz que Deus reuniu as águas e apareceu o solo seco. Deus chamou ao seco “terra” e às águas “mar” (cf. Gn 1,9-10).
•    No mito babilônio, há um casal de deuses criadores: Apsu, o mar doce e Tiamat, o mar salgado.
•    Para os sumérios, o deus Utu tirou a terra do caos, vencendo o dilúvio com sua barca. Outro relato atribui a criação à deusa Nammu, o “mar mãe”, da qual nasceu a terra.
•    Os cananeus tinham o deus Baal que tudo criou ao vencer Yam, deus oceano, dono da água da vida.
•    Os primeiros egípcios veneravam Rá, filho do rio Nilo e pai de Aton, o deus sol criador da terra. Em outro mito egípcio o criador é Ptá, que nasceu dos mares primordiais.
•    Prajapati, o mais antigo deus da Índia, surgiu do oceano primordial. Seu pranto de solidão gerou os continentes.
•    O primeiro deus do xintoísmo japonês, Kunitokotachi, nasceu do oceano, organizou o caos das águas e criou as ilhas do Japão. Para os Aimos, ancestrais do Japão, a vida nasceu do pântano, onde se mistura com a terra.
•    Nas ilhas do Pacífico a mitologia recorda o criador Ta’roa, senhor do oceano e criador da terra. 
•    Os siberianos crêem que o deus Ulgan trouxe do fundo do mar a matéria prima do primeiro ser vivo.  
•    Os Maias ensinavam que a terra atual surgiu da água, pela ação do deus Tohil, depois que o dilúvio cobriu a terra anterior.
•    Também os aborígenes da Austrália crêem que esta terra não é a primeira. Ela surgiu após o dilúvio causado pela deusa Mudungkala. Outra versão, diz que o dilúvio foi causado pelo casal de deuses Wandginas, que pouparam duas crianças, encarregadas de repovoar a terra.
•    Para os Incas, as lágrimas do criador Viracocha, formaram o lago Titicaca, na Bolívia, do qual emergiram Inti, o deus sol e Mama-Quila a deusa lua. A terceira filha do lago foi a terra: Pacha-mamma.
•    A mitologia indígena brasileira tem diversos relatos de dilúvios e recriação da terra.
 
A matéria humana primordial 

•    A linguagem mítica da Bíblia, interpreta a origem do ser humano como filho da terra, componente da criação, quando diz que o Senhor Deus o moldou do pó.  (cf. Gn 2,7).
•    Para as tribos Dogons, do norte da África, o ser humano veio da união entre a terra e o deus criador Amma.
•    Já os Iorubás, da África central, contam que o deus Orixalá tirou a criação de um punhado de terra que guardava dentro de uma concha de caracol.
•    As religiões da Mesopotâmia acreditavam que Ninmah, deus do nascimento, criou as pessoas do barro, orientado por Enki, deus da sabedoria.
•    No zoroastrismo persa, o primeiro casal nasceu da terra fecundada pelo deus Gayomart.
•    Na mitologia grega foi o semi-deus Prometeu que moldou do barro o primeiro ser humano.
•    O deus Ulgan da Sibéria fez o primeiro homem, Erlk, com a lama do fundo do mar.
•    Para os Inuit do Alasca o ser humano foi feito do barro pelas mãos do deus Tulungersk.
•    Os indígenas Alonquinos, dos Estados Unidos veneram o deus Glooskar que criou as pessoas do pó da Mãe-Terra.
•    Já para os Ienape americanos, quem moldou o homem do barro foi o criador Welsit Manatu.
•    Na mitologia inca, Viracocha tirou do lago Titicaca, a terra e da terra fez o ser humano.
•    Uma das variantes mitológicas das ilhas do Pacífico dá ao deus criador o nome de Vari, que significa barro. Toda a criação saiu do corpo do deus barro.

Materiais de apoio para trabalhar mitos e sonhos atuais





Buscas e sonhos de adolescentes – escanear

DVD – cód. 17032-1
Paulinas Multimídia
Sete breves histórias sem texto, repletas de símbolos e cenas sugestivas, abordam mitos e sonhos cotidianos como, namoro, massificação, consumismo, desejos e limites... E ameaças como tráfico de crianças, drogas, prostituição e trabalho infanto-juvenil.











O livro das origens

Textos recontados por José Arrabal e ilustrados por Andréa Vilela.
Coleção Mito e magia, cód. 9844-2 – Paulinas
Mitos de origem africanos e indígenas, com ilustração capaz de transportar o leitor para a linguagem do mito, da utopia e do encanto.
Livro selecionado pelo Projeto Nacional Biblioteca na Escola, do Ministério da Educação.










Lendas brasileiras - Centro-Oeste e Sul  

Textos recontados por José Arrabal e ilustrados por Sérgio Palmiro
Coleção Mito e magia – cód. 50266-9 – Paulinas
Lendas populares e mitos indígenas: A origem do fogo, do povo Gaingangue; O mito da criação, dos Carajás e o nascimento das estrelas na narrativa Bororo, entre outros, formam um portal de entrada na mitologia brasileira.








Onde estamos? 

Ely Barbosa
Coleção Sabor Amizade – cód. 8348-8 - Paulinas
“Venha comigo fazer a mais longa de todas as viagens... Sonhar é preciso.” Assim o autor e desenhista Ely Barbosa convida o leitor a viajar pelo bairro, a cidade, o país, a terra, o universo... e concluir que vivemos na casa que Deus fez para nós.   
 


   

Fonte: Diálogo 43 - Ago/2006
Postado por: Diálogo




Comentários


Comente





Compartilhe este conteúdo:


Veja Também

Antonio Conselheiro
Um beato e sua palavra. Estou falando de Belo Monte (BA), e seu líder religioso Antônio Conselheiro
A quadrilha
No Brasil, temos vários ciclos artísticos-culturais, com manifestações características
Fraternidade e Políticas Públicas
Anualmente a Igreja Católica no Brasil promove a Campanha da Fraternidade, que tem início no período quaresmal e se estende ao ano todo. “Fraternidade e Políticas Públicas” foi o tema escolhido para a Campanha de 2019.
O segredo das grandes águas
Uma aldeia Kaingang vivia à margem de um sereno rio que os índios chamaram Iguaçu (grandes águas).
O Bricoleur sagrado contemporâneo
Pelo menos 26% da população brasileira adulta já passou por uma conversão religiosa.
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo Final

Termos mais pesquisados

Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados