Diálogo 89, Janeiro/Março 2018

Data de publicação: 26/12/2017

Todos pela paz!
Em sintonia com a Campanha da Fraternidade de 2018, promovida pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), a revista Diálogo – Religião e Cultura aborda, nesta edição, o tema Unidos pela paz – Superação da violência.
Em meio às múltiplas formas de violência presentes na sociedade contemporânea, desde a violência familiar – especialmente contra crianças, adolescentes e mulheres – até a violência estrutural e institucional, a violência do Estado corrupto, omisso e negligente, exercida por aqueles que deveriam zelar pelo respeito aos direitos do cidadão e não o fazem – sonhamos com um mundo de paz.
Ao enumerar as várias expressões de violência que permeiam a sociedade brasileira, bem como a violência racial, a exploração sexual e o tráfico humano, a violência contra os povos indígenas, quilombolas e trabalhadores rurais, a violência no trânsito e na atuação da grande mídia, a violência policial e religiosa como fanatismo e intolerância, dentre tantas outras, a Campanha da Fraternidade convida-nos a nos empenhar na superação da violência, promovendo a cultura da paz. Para isso, é preciso banir dos nossos corações e mentes palavras e gestos de violência e cultivarmos sentimentos, atitudes e ações amistosas, fraternas, solidárias.
Na área da educação, a violência se combate com o desenvolvimento da capacidade crítico- reflexiva do educando, com o fortalecimento de sentimentos e atitudes de amor ao próximo e de repúdio a todas as formas de violência.
Quando madre Teresa de Calcutá recebeu o Prêmio Nobel da Paz em 1979, declarou qual era a sua ideia de não violência ativa: “Não temos necessidade de bombas e de armas, não precisamos destruir para edificar a paz, mas apenas estar juntos, nos amarmos uns aos outros... E poderemos superar todo o mal que há no mundo”.

 

Cultura

Brasil 
Unidos pela paz





Conto 
A paz perfeita





Artigo

A violência na historia do Brasil




Artigo

Superando a violência com a cultura da paz

 



Religiões
Artigo 
Superando a cultura de ódio inspirados pela vida e obra de Bahá'u'lláh


Artigo 
O Islã e a não violência




Atualidade
 
Entrevista 
Suícidio: tentativa e superação


 
Homenagem
A mulher e a arte de se reiventar

Artigo
 Novo órgão humano




 
Educação

Artigo 
Ensino Religioso - Aprendizagem da religiosidade


Artigo  
O caso do Colégio Goyasses: o que nos ensina sobre bullying?




Você Sabia
 Nota Pública do Fonaper contra o Ensino Religioso Confessional na Escola Pública
 
 
Sua página
 Violência e indisciplina no ambiente escolar






Resenha
 Bullying em Debate





 




Fonte: Diálogo 89, Janeiro/Março 2018
Postado por: Diálogo




Comentários


Comente





Compartilhe este conteúdo:


Veja Também

Sumário - Edição 76
O lema de vida do Mestre inspira a Campanha da Fraternidade de 2015. Com o tema Fraternidade: Igreja e Sociedade
Sumário - Edição 75
O Plano Nacional de Educação (PNE), traça metas e estratégias para que os estudantes protagonizem o processo de ensino-aprendizagem.
Sumário - Edição 74
A fé entra em todos os campos da convivência humana. Desde o futebol até as manifestações dos ethos perenes de cada povo.
Sumário - Edição 73
A transposição didática da área acadêmica de Ciência da Religião para o Ensino Religioso pode ser comparada a uma plataforma.
Sumário - Edição 72
Toda pessoa nasce livre, diz a Declaração Universal dos Direitos Humanos. Ninguém, portanto, precisaria comprar liberdade. Três faculdades conferem dignidade ao ser humano: inteligência, sentimento e liberdade.
Início Anterior 1 2 3 4 5 Próximo Final

Termos mais pesquisados

Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados