Cosmovisão indígena

Data de publicação: 19/03/2014

Cosmovisão indígena

• “Nós chamamos Deus de uma coisa só, nós chamamos de Anderú, que é “E Deus” (...) nós temos, cada aldeia tem, uma casa dessa aqui, você vai em outro lugar, você vê isso aqui, é o mesmo cântico, as mesmas danças.”
Valdelino – índio de uma aldeia guarani situada em Parelheiros, São Paulo (SP), em entrevista concedida à Irmã Luzia Sena.

• “Não se ensina dizendo: ‘Faça desse ou daquele jeito’, mas observando o outro fazer.”
Kaká Werá Jecupé, índio Txukarramãe, em entrevista concedida a Nestor Müller. Revista Diálogo – maio de 1998 – no 10 – ano III.

2002: Ano Internacional do Ecoturismo

A Assembléia Geral da ONU (Organização das Nações Unidas) proclamou o ano de 2002 como o Ano Internacional do Ecoturismo e estabeleceu que neste ano se estimule a cooperação entre governos, organizações internacionais e regionais e ongs (organizações não-governamentais) para realizar os objetivos da Agenda 21, promovendo o desenvolvimento e a proteção do ambiente.

Sublinhou, ainda, a necessidade de integrar  ao desenvolvimento e a proteção do ambiente à indústria turística e convidou os Estados, organizações governamentais e intergovernamentais a fazer o possível pelo êxito da iniciativa.

Popularização da Internet

No começo da década de 90, a Internet deixou de ser um instrumento especializado e começou a se popularizar. O número de usuários aumentou, de menos de 100 mil, em 1988, para mais de 36 milhões, em 1998. Em 2001 já eram 700 milhões de usuários. Para popularizar-se, a Internet levou quatro anos; o rádio, 38; o computador pessoal, 16; e a televisão 13.

Se por um lado são fei­tas à Internet críticas de caráter moral e ético, considerando o sem-número de sites voltados para pornografia, sexo, preconceitos contra etnias, críticas de caráter pedagógico pela falta de precisão na maioria dos sites voltados para a educação e ainda a possibilidade de o aluno literalmente copiar trabalhos inteiros. Mas, por outro, há de se levar em conta que, via Internet, além da comunicação, é possível estabelecer resistência, como o aconteceu em  2001, quando o Banco Mundial suspendeu sua reunião em Barcelona, na Espanha, programada para junho, por causa da crescente oposição popular, possibilitada, sobretudo, pela Internet. (Da­dos extraídos do texto: “Militância e resistência telemática”. Agenda Latino-Americana mundial – pág. 241.)

Você sabia  que os papéis utilizados para embrulhar os presentes de Natal de 1999 dariam para embrulhar  todo o planeta?

Ecumenismo
O reconhecimento da diversidade e da necessidade de comunhão é um desejo que ainda exige de nós muitos passos para ser alcançado e realizado  na prática.
Duas associações fraternas de Igrejas e entidades, o Conic (Conselho Nacional de Igrejas Cristãs) e o Clai (Conselho Latino-Americano de Igrejas), prepararam um livro para falar sobre o tema: Diversidade e Comunhão: um convite ao ecumenismo, publicado pelas editoras Sinodal e Paulinas, 1998.

Vale lembrar:
• 8 de março – Dia Internacional da Mulher, estabelecido em 1910.  A data foi escolhida porque no dia 8 de março de 1857 muitas trabalhadoras de uma confecção em Nova York, nos Estados Unidos, foram mortas quando exigiam melhores condições de trabalho e direito de voto.
• 4 de abril – Dia Contra a Prostituição Infantil. Segundo o Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância), existem 7 milhões de crianças submetidas à prostituição, sobretudo por meio do “turismo sexual”.
• 8 de abril – Dia em memória do holocausto de 6 milhões de judeus assassinados pelos nazistas.
• 17 de abril – Dia Internacional da Luta Camponesa. É o primeiro de maio dos camponeses.
• 19 de abril – Dia Pan-Americano do Índio.  Jornada criada em 1941, no 1 Congresso Indigenista Latino-Americano, celebrado no México.
• 22 de abril – Dia da Terra. “Estamos espantados com a possibilidade de o ser human o demens demens se fazer ecocida e geocida, vale dizer, de eliminar ecossistemas e de acabar com a Terra. Ele já mostrou que pode ser suicida, homicida e etnocida.” Leonardo Boff
• 23 de abril – Dia do Livro e dos Direitos do Autor.  A 28a  Conferência da Unesco (Organi­zação das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura), reunida em Paris, na França, em novembro de 1995, aprovou a criação do Dia Mundial do Livro e dos Direitos do Autor. É celebrado no dia 23 de abril de cada ano, “pois nessa data, em 1616, morreram o inca Garcilaso de la Vega, Miguel de Cervantes e 
• 15 de maio – Dia Internacional dos Obje­tores de Consciência. Entende-se por objetor de consciência toda pessoa que pode ser recrutada para o serviço militar e que, por razões de consciência religiosa, ética, moral, humanitária ou similar, recusa-se a fazer o serviço militar ou tomar parte em conflitos armados.

Fonte: Diálogo 25 - Mar/2002
Postado por: Diálogo




Comentários


Comente





Compartilhe este conteúdo:


Veja Também

Antonio Conselheiro
Um beato e sua palavra. Estou falando de Belo Monte (BA), e seu líder religioso Antônio Conselheiro
A quadrilha
No Brasil, temos vários ciclos artísticos-culturais, com manifestações características
Fraternidade e Políticas Públicas
Anualmente a Igreja Católica no Brasil promove a Campanha da Fraternidade, que tem início no período quaresmal e se estende ao ano todo. “Fraternidade e Políticas Públicas” foi o tema escolhido para a Campanha de 2019.
O segredo das grandes águas
Uma aldeia Kaingang vivia à margem de um sereno rio que os índios chamaram Iguaçu (grandes águas).
O Bricoleur sagrado contemporâneo
Pelo menos 26% da população brasileira adulta já passou por uma conversão religiosa.
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo Final

Termos mais pesquisados

Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados