BUSCA
Filtre sua Busca
  • Filtre sua Busca
  • Título
  • Autor
  • Assunto
  • Palavra-Chave
  • Coleção
  • Público alvo


Quando Deus chama

Amedeo Cencini

Sinopse


Pronunciamento do autor na abertura do Congresso Internacional dos Jovens Religiosos e Jovens Religiosas, realizado em Roma, de 29 de setembro a 4 de outubro de 1997, sob o tema "Vimos o Senhor".

A obra se apresenta não como uma conferência ou aula, mas como uma conversa "de igual para igual", diz o autor, assumindo o papel do formador, que se identifica e se põe ao lado dos jovens religiosos seus irmãos.

Depois de situar a vida religiosa como expressão da juventude da Igreja, aberta para o futuro e repleta de esperança, o autor analisa a vocação como um diálogo entre duas liberdades, a de Deus, que chama, e do consagrado, que acolhe o chamado à vida, à fé, ao dom total de si mesmo, no seio da Igreja e no meio do mundo.

No intuito de não opor vida consagrada à vida empenhada no serviço fraterno, o autor recorre à imagem do consagrado como o jovem que testemunha pela sua vida doada a Deus o encontro com a felicidade que de fato a juventude está buscando quando participa, como hoje, das muitas festas que se promovem por toda a parte, mas que acabam deixando um gosto de insatisfação.

A vida consagrada é a festa para a qual Jesus desperta o jovem filho da viúva de Naim, ao ordená-lo que se levante (Lc 7,4). Imagina, a partir daí, um discurso de Jesus aos jovens de hoje e transcreve a fala de João Paulo II na audiência concedida aos congressistas no dia 30 de setembro de 1997.


Compartilhe este conteúdo:





Produtos relacionados



Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados