BUSCA
Filtre sua Busca
  • Filtre sua Busca
  • Título
  • Autor
  • Assunto
  • Palavra-Chave
  • Coleção
  • Público alvo


Uso de símbolos (O) - sugestões para a sala de aula

Maria Celina de Q. Carrera Nasser

Sinopse


Competente pesquisadora na área da simbologia, a autora oferece, com a necessária fundamentação teórica, um guia prático para trabalhar o tema em sala de aula, em especial na disciplina do Ensino Religioso. Compreender que a religiosidade é parte integrante do ser humano e que ela se expressa numa grande diversidade de formas simbólicas é indispensável para que os jovens sejam educados numa perspectiva de respeito em relação à diversidade religiosa e, por conseguinte, à toda diversidade.

Nessa perspectiva, o Ensino Religioso se qualifica como um poderoso instrumento da aceitação do diferente, que está na base da paz, no mundo globalizado e pluralista em que vivemos. Partindo de conceitos básicos, elaborados por grandes autores, como Johan Herder (abordagem antropológica da linguagem), Ernst Cassirer (para quem o ser humano é um "animal simbólico"), Rubem Alves (a visão da linguagem como expressão da alma), Julia Kristeva (a linguagem em uma perspectiva histórica) e, finalmente, Lima Vaz (o ser humano é ser de relações, entendido na ótica da psicologia junguiana), a autora esclarece o referencial teórico de seu trabalho.

Finalmente, discute o uso dos símbolos nas religiões, criticando duramente sua materialização na tradição cristã e propondo uma releitura dos grandes símbolos religiosos, como a cruz, a maçã - fruto proibido, o peixe, a estrela, de cinco (o pentagram) e de seis pontas (o hexagrama). Em conclusão, com base na conhecida tese de Hans Küng, a proclamação de que a paz depende do acolhimento de uma ética universal que tem seu apoio nas religiões.


Compartilhe este conteúdo:





Produtos relacionados



Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados