BUSCA

Luiz Antonio Aguiar

Mora no Rio de Janeiro, é casado, escritor – publicou seu primeiro livro em 1985, um conto para crianças intitulado Tristão, as aventuras de um menino da cidade grande. Tem hoje cerca de 170 livros publicados, no Brasil e no exterior, com muitos prêmios conquistados, inclusive, dois Jabutis (1994 e 2013). Roteirista de quadrinhos premiado, trabalhou nos estúdios Disney/Abril, Revista do Sítio do Picapau Amarelo, publicações próprias e, atualmente, adaptações de clássicos da literatura brasileira para graphic novels. É mestre em Literatura Brasileira pela PUC-RJ, professor de Literatura e de Criação Literária na Cátedra Unesco de Leitura/PUC-RJ, e na parceria SME-RJ-FNLIJ, em cursos de formação de professores e bibliotecários. Palestrante, já rodou o Brasil inteiro, falando sobre literatura e sobre seus livros em escolas, eventos literários e reuniões de pais. Articulista, está constantemente nas redes sociais para participações on-line com diferentes públicos.


Goíshe recebe de presente de Natal algo que ele queria muito: uma câmera digital toda equipada. Só que o equipamento não funciona como o esperado... Em vez de imagens, a câmera produz textos – palavras que expressam a cena e a extrapolam, alcançando seu íntimo, os sentimentos do lugar ou do personagem fotografado! É nessa atmosfera mágica que Goíshe descobre peculiaridades da sua vizinhança e se envolve numa aventura em que a fantasia acontece nas ruas e praças dos arredores onde mora. Superando obstáculos, Goíshe não somente descobre o amor, como encontra dentro de si estímulo para transformar seus sonhos em realidade.

 

“Uma imagem talvez valha por mil palavras,
mas uma palavra desperta a imaginação para um número infinito de imagens...
e de maneiras de encarar o mundo.”