BUSCA

Celso Sisto



Como um João que achou o caminho de volta...


 Desde pequeno sou um leitor voraz! Leio muito, e com o passar dos anos, me acostumei a ler muitas coisas ao mesmo tempo! Meu caminho como autor está ligado à paixão pelos clássicos da literatura brasileira: quando na escola ginasial (naquela época se falava assim) nos obrigavam a ler (fora de hora) os principais nomes do cânone, eu era um dos poucos que vibrava. Ler “O tronco do Ipê” e “Senhora” na sexta série era para afastar qualquer leitor da literatura. Eu resisti! Mas também graças ao teatro e aos professores que perceberam que eu tinha habilidades com as palavras (na oralidade e na escrita). Minha paixão pela literatura tinha, desde o início, uma clara intenção: eu queria fazer parte do grupo de teatro da escola, que era dirigido pela professora de Português.

Essa indefinição entre o teatro e a literatura me acompanhou desde sempre. Cursei a Faculdade de Teatro e de Literatura. Tornei-me ator e professor de literatura, mas nunca abandonei o palco. Quando fui trabalhar, como crítico literário, na Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, a convite da professora Eliana Yunes, após o término das graduações, deparei-me com o trabalho de contador de histórias. Pronto! Era a possibilidade de juntar de vez as duas grandes paixões. Na mesma época comecei a dar aulas de literatura para crianças, no Instituto Nazareth, uma escola particular, dirigida pela ilustradora Regina Yolanda, no bairro de Laranjeiras (RJ).

Foi para as crianças dessa escola que escrevi as minhas primeiras histórias. Na época também criamos o grupo Morandubetá de Contadores de Histórias, na FNLIJ, e com isso pude exercitar, de forma viva e intensa, a transposição do texto literário para a oralidade. Essas são ainda as principais fontes para o meu trabalho.

Publiquei meu primeiro livro, “Ver-de-ver-meu-pai” (Nova Fronteira), em 1994. Como o livro conquistou alguns prêmios (Autor Revelação daquele ano; O selo Altamente Recomendável da FNLIJ), as portas do mercado editorial se abriram pra mim. Não parei mais de publicar. Hoje já são 74 livros publicados e mais alguns prêmios conquistados.

Para aperfeiçoar meus conhecimentos fiz especialização em Literatura Infantil e Juvenil (UFRJ), Mestrado em Literatura Brasileira (UFSC) e Doutorado em Teoria da Literatura (PUCRS). Atualmente sou professor da PUC do Rio Grande do Sul e atuo nos cursos de Letras e Pedagogia, lecionando literatura infantil e juvenil, ensinando àqueles que querem escrever para crianças ou àqueles que querem ser contadores de histórias.
    
Compartilhe este conteúdo:



Espaço do Autor

Cris Eich

Cris Eich

Moises Chencinski

Agenor Brighenti

Padre Agnaldo José

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo Final
Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados