BUSCA

Lançamentos

O desenvolvimento moral dos adolescentes

Data de publicação: 30/08/2018




O livro trata do desenvolvimento moral, isto é, de como os indivíduos aprendem a pensar e a agir seguindo princípios morais e como o percurso pode influenciar o comportamento humano.
Os autores referem-se frequentemente ao conceito de socialização, entendido como o processo através do qual os modelos de uma sociedade são transmitidos de uma geração a outra. Ao analisar a evolução do desenvolvimento moral, da primeira infância à idade adulta, detêm-se na fase da adolescência, por entenderem que este é o período no qual as pessoas desenvolvem a capacidade de raciocinar em termos hipotéticos e dedutivos e quando devem redefinir e reorganizar a própria identidade. Os valores morais representam, então, uma base importante para a pertença a uma comunidade, com regras sociais de convivência.
O primeiro capítulo trata da passagem da infância à adolescência, destacando as mudanças físicas, neurológicas, cognitivas e sociais que acontecem nessa fase da vida e que influenciam o desenvolvimento moral dos indivíduos. O segundo capítulo explica como se desenvolve a capacidade de pensar em termos morais, de compreender as regras sociais e os princípios que as sustentam. O terceiro capítulo trata das emoções que o indivíduo experimenta quando precisa decidir acerca de questões morais ou transgredir as normas sociais e de como estas emoções podem promover comportamentos altruístas e pró-sociais. No quarto capítulo, os autores demonstram como o comportamento moral é resultado de uma experiência aprendida, bem como quais as práticas educativas podem incentivar os comportamentos apropriados e desencorajar os indesejáveis. Analisam também os mecanismos de "desempenho moral" que permitem agir em interesse pessoal. Finalmente, no quinto capítulo, abordam as relações entre desenvolvimento moral das novas gerações e o contexto social, analisando o papel da família, da escola e dos amigos em favorecer ou criar obstáculos ao desenvolvimento moral dos adolescentes. Conclui-se que crianças e adolescentes necessitam de um relacionamento verdadeiro com o mundo adulto, baseado no diálogo e na certeza de serem aceitos - ou seja, para construir uma identidade madura são necessários interlocutores capazes de ouvir e expressar valores por meio de comportamentos cotidianos.

Fonte: Portal Paulinas
Postado por: admin_editora


Compartilhe este conteúdo:



Comentários


Deixe seu comentário


Veja Também

Quicão
Quicão é um cão esperto, amoroso, apaixonado e que adora uma aventura!

A formação da identidade cristã
Através de textos que vão de Justino Mártir a Hipólito de Roma, o leitor é introduzido no gosto pela exegese bíblica cristã antiga, graças a uma análise cientificamente fundada e contextualizada por textos lidos em perspectiva de teologia espiritual

Os ventos sopram do Sul
Cinco autores brasileiros e três estrangeiros fazem uma análise da nova conjuntura eclesial, mostrando a influência e a contribuição das Igrejas do Hemisfério Sul

A Igreja em transformação
Com este pequeno e precioso estudo, o leitor pode avançar na recepção dos ensinamentos do Papa Francisco, bem como munir-se de critérios para discernir as indiferenças que vem sofrendo dentro da Igreja

Outra comunidade é possível
A importância de reorganizar a vida consagrada na sociedade da mudança

Início Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 Próximo Final
Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados