BUSCA

Lançamentos

Espiritualidade do padre diocesano

Data de publicação: 13/11/2019

Muitas obras e artigos já foram escritos sobre o Irmão Carlos de Jesus, o Padre Charles de Foucauld. Suas intuições, seu modo de vida, sua inserção na realidade humana, sua entrega total e incondicional ao Absoluto de Deus, seu senso de fraternidade vivido no silêncio, no despojamento e junto aos que ocupam o último lugar, tudo isso e muito mais inspirou escritores e seguidores. A expansão das Irmãzinhas, por exemplo, foi um acontecimento entusiasmante.

Seria esta mais uma publicação no meio de tantas outras? Ela não pretende ser mais uma publicação. É simplesmente o relato, em forma de reflexão, de alguns testemunhos de vida.

Os textos são para serem lidos e meditados devagar, pouco a pouco.

 

“Nestes tempos de secularismo, clericalismo e carreirismo entre nós, veementemente denunciados pelo Papa Francisco, ter os olhos fixos em Jesus é formar-se na Escola de Nazaré e colocar no centro de nossos afetos e opções os que se encontram nas periferias e nas margens da sociedade. O sacerdócio ministerial pressupõe, para sua autenticidade, o sacerdócio existencial, uma vida feita de doação e entrega aos outros, na conformidade a Jesus. Uma fraternidade terna e concreta, sem fronteiras e muros, é decorrência inequívoca da fé no Filho de Deus onipotente, que assumiu o “último lugar” e se fez humildemente nosso irmão” (Dom frei Beto Breis, ofm).

 

Textos de:

José Bizon (org.)

Celso Pedro da Silva

Edson Tasqueto Damian

Eugênio Rixen

Gunther Landbradl

José Cobo Fernandez