BUSCA

Notícias

Relíquias do bem-aventurado Carlo Acutis peregrinam pelo Brasil

Data de publicação: 29/04/2022


Pelas mãos do padre Fábio Vieira, da diocese de Corumbá (MS), relíquias do bem-aventurado Carlo Acutis estão andando por todo o Brasil desde que o jovem se tornou beato em 2020. A partir de maio, a peregrinação será na região Sul do país. Para o sacerdote, a devoção ao beato Acutis “acrescenta muito”, sobretudo aos jovens, “porque ela é fruto dos nossos tempos”.

Carlo Acutis foi um jovem que levou uma vida de virtudes heroicas no cotidiano. Nascido na Inglaterra e criado na Itália, ele se tornou conhecido por documentar milagres eucarísticos ao redor do mundo e catalogá-los em um site que ele mesmo criou nos meses anteriores à sua morte. Ficou conhecido por sua alegria e por suas habilidades com o computador, bem como por sua profunda devoção à Eucaristia, que se tornou um tema central em sua vida. Carlo morreu com 15 anos, no dia de Nossa Senhora Aparecida, na Itália, devido a uma leucemia.

Padre Fábio Vieira, pároco do Santuário Nossa Senhora dos Remédios, em Ladário (MS), conheceu a história de Carlo em 2011, por meio de um encarte. Admirado pelo testemunho do jovem, pouco tempo depois padre Fábio teve contato com a mãe de Carlo, Antônia Acutis, e logo começou uma profunda amizade que o levou a passar temporadas e uma jornada de um ano em 2020 na casa da família, por ocasião da pandemia na Itália.

Os encontros com a família de Carlo aconteceram antes mesmo dele se tornar conhecido no mundo todo. O sacerdote esteve ao lado da família em todo o processo de beatificação na Congregação para a Causa dos Santos. A beatificação de Carlo aconteceu após o reconhecimento de um milagre por sua intercessão que aconteceu no Brasil. O menino Matheus, de Campo Grande (MS), foi curado de uma malformação congênita conhecida como pâncreas anular após tocar uma relíquia de Acutis.

“Quando o milagre aconteceu em Campo Grande, eu participei das duas audiências na congregação, eu que fui o portador do milagre que aconteceu na cidade e pude viver todo aquele momento bonito da audiência. Continuamos com a divulgação desse testemunho de santidade belíssimo desse menino querido”, conta padre Fábio.

Um dos momentos mais fortes que padre Fábio passou com a família de Carlo, que hoje vive de forma integral o carisma do filho, foram os dois meses e meio de lockdown completo na Itália - primeiro país do ocidente a entrar na pandemia.

“Éramos nove pessoas dentro de casa e o que nos sustentou foi a Eucaristia. Dona Antônia dizia: ‘A Itália toda ficou sem missa, mas Carlo trouxe um padre do Brasil para celebrar a Eucaristia para nós’. Foi uma experiência única de encontro com a humanidade e com a transcendência também. É uma família muito humana, mas que também está voltada para o Céu, assim como o Carlo estava. Eu sou uma pessoa com valores mais consistentes a partir da vivência com a família do Carlo”, lembra o sacerdote.

Padre Fábio passou por vários estados do nordeste e sudeste com as relíquias de Carlo: fios de cabelo e um pedaço da roupa que ele estava usando no dia de sua morte. Em maio, a peregrinação será na região sul, onde participará de programas de televisão católicos e encontros com a juventude.

As visitas missionárias do presbítero mostram a sede que os jovens e o mundo têm de pessoas que vivem radicalmente a santidade. Para ele, Carlos faz a diferença ao resgatar os valores da catolicidade e de que é possível ser santo.

“Carlo não vem mostrar nenhuma novidade, ele vem mostrar a possibilidade, como criança, como adolescente, como jovem, de voltar às suas origens e se prender àquilo que é essencial, não o que é periférico. É uma devoção que acrescenta muito porque ela é fruto dos nossos tempos. Ser santo é algo tão próximo, está aí. É o extraordinário no ordinário da nossa vida. Carlo mostra essa realidade de uma forma muito clara e, por isso, a devoção a ele é muito consistente”, diz padre Fábio, que hoje tem a missão de dirigir espiritualmente os devotos de Carlo Acutis no Brasil.

Fonte: https://www.acidigital.com/noticias/reliquias-do-beato-carlo-acutis-peregrinam-pelo-brasil-95867

 

Paulinas publicou um livro sobre a vida de Carlo Acutis.

Conheça mais em: https://www.paulinas.com.br/produto/carlo-acutis-a-vida-alem-dos-limites-2804

 

Este livro traz apenas algumas pinceladas de cor nos quinze breves anos de um adolescente normal, Carlo Acutis. Carlo adoeceu aos 15 anos, nos primeiros dias de outubro de 2006. Tudo fazia pensar em uma gripe, mas, depois de ter feito os exames clínicos, os médicos pronunciaram o diagnóstico: "leucemia fulminante". Em 12 de outubro de 2006, Carlo deixou este mundo. O seu corpo foi velado por uma peregrinação contínua de pessoas que o conheceram. Inúmeras pessoas participaram da missa das exéquias. Muitos leitores podem se espelhar em sua história de vida. Justamente porque viveu uma vida normal, Carlo deixou vestígios em muitos corações e isso continua a provocar-nos para sairmos de nós mesmos e das nossas seguranças e encontrá-lo sem preconceitos e medos. Carlo era um jovem absolutamente normal, mas com uma harmonia absolutamente especial. A vida pode ser breve e frágil para todos, mas a de Carlo Acutis foi vivida na sua plenitude, sem ser desperdiçada. O livro é um convite a que vivamos também a nossa vida assim: em plenitude.

Fonte: ACI Digital
Postado por: admin_editora


Compartilhe este conteúdo:



Comentários


Deixe seu comentário


Veja Também

NOTA DE PESAR E GRATIDÃO
Páscoa definitiva de Dom Cláudio Hummes

Lançamentos de Paulinas / Saberes e Letras na Bienal do Livro de SP
Na Bienal Internacional do Livro de São Paulo, que acontece de 2 a 10 de julho, Paulinas apresenta seu novo selo Saberes e Letras e disponibiliza lançamentos em diversos gêneros literários

Lançamento do livro SE EU PUDESSE NASCER DE NOVO na Bienal, estande Paulinas, Rua D 76
Conto cheio de lirismo, apresenta uma reflexão feita pela própria Terra, revelando seus sentimentos mais profundos sobre suas atuais condições de vida

Bienal Internacional do Livro de São Paulo
Visite a Bienal Internacional do livro de São Paulo e conheça o estande de Paulinas Editora – Rua D – 76

O PEQUENO PRÍNCIPE chega aos 75 anos
O livro O PEQUENO PRÍNCIPE é a segunda história mais traduzida do mundo, ficando atrás apenas da Bíblia. Paulinas Editora possui duas versões em seu catálogo, uma de luxo e uma simples, ambas com as aquarelas do autor

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo Final
Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados