BUSCA

Lançamentos

E o verbo se fez rede

Data de publicação: 18/07/2017


E o verbo se fez rede



"Redes", "redes sociais", "redes digitais", "redes midiáticas": tudo é "rede". Com o desenvolvimento da internet e do ambiente digital, as pessoas encontram novas formas de relação e de interação, sem fronteiras de espaço e sem limites de tempo. Passamos a viver em uma sociedade da comunicação e da conexão, em velocidade e abrangência crescentes.
Para as religiões em geral, esse é um grande desafio contemporâneo. O ambiente digital emerge como um novo lócus religioso e teológico. Formam-se novas modalidades de percepção, de experiência e de expressão do "sagrado" em novos ambientes comunicacionais. E as práticas sociais no ambiente on-line, a partir de lógicas midiáticas, complexificam o fenômeno religioso. O "sagrado" passa a circular, fluir, deslocar-se nos meandros da internet por meio de uma ação não apenas do âmbito da "produção" eclesiástica nem só industrial-midiática, mas também mediante uma ação comunicacional das inúmeras pessoas conectadas.
"A internet é uma realidade que já faz parte da vida cotidiana: não uma opção, mas um fato. A rede, hoje, se apresenta como um tecido conectivo das experiências humanas. Não um instrumento. As tecnologias da comunicação, portanto, estão criando um ambiente digital no qual o ser humano aprende a se informar, a conhecer o mundo, a estreitar e a manter vivas as relações (...). A evangelização não pode desconsiderar essa realidade. E é esse fenômeno que Moisés Sbardelotto perscruta neste seu livro, de modo articulado, preciso e profundo, ao mesmo tempo" (Antonio Spadaro, S.I., diretor da revista La Civiltà Cattolica).

Fonte: Portal Paulinas
Postado por: admin_editora


Compartilhe este conteúdo:



Comentários


Deixe seu comentário


Veja Também

Direitos humanos e justiça ambiental: múltiplos olhares
Que este livro nos inspire a refletir sobre as graves violações dos direitos humanos causadas pela crise ambiental e que nos dê ânimo para criar, através das nossas ações, um mundo melhor e mais justo.

Carta Apostólica em forma de Motu Proprio Antiquum Ministerium
Por meio deste Motu Proprio, o Papa Francisco estabelece formalmente o Ministério laical de catequista

Palavras
“Uma imagem talvez valha por mil palavras, mas uma palavra desperta a imaginação para um número infinito de imagens... e de maneiras de encarar o mundo.”

Compreender e acompanhar a pessoa humana
Acompanhar as pessoas é uma atividade que exige teoria, estratégia e uma série de técnicas

A arte de acompanhar
Esta obra mostra o caminho comum a todo tipo de acompanhamento, independentemente de ser terapêutico, educativo, parental, espiritual ou desportivo.

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo Final
Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados