BUSCA

Lançamentos

E o verbo se fez rede

Data de publicação: 18/07/2017


E o verbo se fez rede



"Redes", "redes sociais", "redes digitais", "redes midiáticas": tudo é "rede". Com o desenvolvimento da internet e do ambiente digital, as pessoas encontram novas formas de relação e de interação, sem fronteiras de espaço e sem limites de tempo. Passamos a viver em uma sociedade da comunicação e da conexão, em velocidade e abrangência crescentes.
Para as religiões em geral, esse é um grande desafio contemporâneo. O ambiente digital emerge como um novo lócus religioso e teológico. Formam-se novas modalidades de percepção, de experiência e de expressão do "sagrado" em novos ambientes comunicacionais. E as práticas sociais no ambiente on-line, a partir de lógicas midiáticas, complexificam o fenômeno religioso. O "sagrado" passa a circular, fluir, deslocar-se nos meandros da internet por meio de uma ação não apenas do âmbito da "produção" eclesiástica nem só industrial-midiática, mas também mediante uma ação comunicacional das inúmeras pessoas conectadas.
"A internet é uma realidade que já faz parte da vida cotidiana: não uma opção, mas um fato. A rede, hoje, se apresenta como um tecido conectivo das experiências humanas. Não um instrumento. As tecnologias da comunicação, portanto, estão criando um ambiente digital no qual o ser humano aprende a se informar, a conhecer o mundo, a estreitar e a manter vivas as relações (...). A evangelização não pode desconsiderar essa realidade. E é esse fenômeno que Moisés Sbardelotto perscruta neste seu livro, de modo articulado, preciso e profundo, ao mesmo tempo" (Antonio Spadaro, S.I., diretor da revista La Civiltà Cattolica).

Fonte: Portal Paulinas
Postado por: admin_editora


Compartilhe este conteúdo:



Comentários


Deixe seu comentário


Veja Também

Por uma igreja sinodal
A sinodalidade concretiza o que o Vaticano II trouxe como novidade eclesial: a Igreja definida como o conjunto do povo de Deus

A vida e a mensagem de Charles de Foucauld
A canonização de Charles de Foucauld está prevista para maio de 2023

Sete casas, sete vidas
No coração da cidade, vive um gato chamado Rui. Ele tem sete casas e sete vidas diferentes. Vive com o prefeito, com uma família italiana, com crianças e até com uma artista de cinema. Mas algo lhe falta

Nos olhos de quem vê
Aventura feita de enigmas e reviravoltas, contada de diferentes pontos de vista, em que nem tudo e nem todos são o que parecem

Pensar o presente e o futuro da educação
Neste livro, são compartilhadas experiências e expectativas de educadores e educadoras, que trabalham em diferentes frentes, comprometidos com o viés proposto pelo Papa Francisco

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo Final
Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados