BUSCA

Notícias

104 anos das Filhas de São Paulo - Apóstolas no Mundo da Comunicação

Data de publicação: 11/06/2019

Viver e comunicar Jesus Cristo, Caminho, Verdade e Vida com os meios de comunicação social é a nossa missão.

Somos as Filhas de São Paulo, conhecidas como Irmãs Paulinas, e fazemos parte de uma congregação religiosa de mulheres consagradas para anunciar o Evangelho, utilizando as novas formas e meios de comunicação.

O nome “Paulinas”, pelo qual somos chamadas, vem do Apóstolo Paulo, inspirador de nossa vida e missão. Com ele aprendemos o amor ao Evangelho, a abertura a todos os povos, a audácia para atuar em situações sempre novas e desafiadoras. Seguindo os passos de Paulo, assumimos o anúncio do Evangelho como meta de vida.

A Congregação das Irmãs Paulinas possui um carisma moderno, exigente, desafiador. Utilizando a mais avançada tecnologia disponível, desenvolvemos nosso trabalho com os meios de comunicação social. Temos na Igreja a missão de fazer despertar nas pessoas a semente do Evangelho, da Boa-Nova de Jesus, por meio da reflexão, da animação, da interação e da ação conscientizadora, utilizando esses meios.

Certamente, ao se deparar com a logomarca de Paulinas, já se perguntou: “Quem estará por trás deste símbolo?”. São centenas de mulheres consagradas a Deus, que entregam a sua vida a serviço de uma mensagem que constrói a paz, faz a união e promove a fraternidade: a mensagem cristã, a Boa-Nova de Jesus Cristo.

Aqui no Brasil, a Congregação das Irmãs Paulinas está prestando seu serviço à Igreja desde 1931, com a comunicação empregada em favor da vida, utilizando livros, revistas, pôsteres, cartões, músicas, DVDs, internet, programas de rádio, televisão, formação bíblica e de comunicação e dezenas de outras atividades.

Cientes do grande poder da informação como agente de mudança, procuramos fazer com que o leitor, o ouvinte e o espectador participem efetivamente do ato da comunicação, em vez de serem simplesmente receptores.

Sendo a comunicação uma das maiores forças da sociedade atual, não podemos nos acovardar, nos deixar alienar; é nossa obrigação de cristãs e de cidadãs usar essa força a serviço do bem, da verdade, da vida, da paz, da felicidade e do bem-estar das pessoas.

Fonte: Paulinas
Postado por: admin_editora


Compartilhe este conteúdo:



Comentários


Deixe seu comentário


Veja Também

Nossa Senhora de Fátima: esperança para a humanidade
Hoje, 13 de maio, é celebrada em todo o mundo a festa de Nossa Senhora de Fátima, em memória de sua primeira aparição aos pastorinhos nas colinas da Cova da Iria (Portugal) em 1917. “Não tenham medo. Não lhes faço mal”, disse a Virgem Maria

IV Feira do Livro da Unesp
A IV Feira do Livro da Unesp está acontecendo de 2 a 8 de maio, em formato virtual. São milhares de livros dos mais variados gêneros com 50% de desconto

Papa Francisco aborda a relação entre sogras, noras e genros
“Eu não diria que as sogras são vistas como se fossem o diabo, mas é certo que elas são tratadas de forma pejorativa”, afirmou o Papa

Relíquias do bem-aventurado Carlo Acutis peregrinam pelo Brasil
A partir de maio, a peregrinação será na região Sul do país. A devoção a Carlo Acutis acrescenta muito, pois é fruto dos nossos tempos

Persevereis na oração incessante pela paz, diz Papa Francisco
Na audiência geral do dia 27 de abril, o Papa Francisco fez um novo apelo pela paz. No dia 24 de abril, fez dois meses desde o início da guerra na Ucrânia

Início Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 Próximo Final
Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados