BUSCA

Lançamentos

O Espírito do Senhor: força dos fracos

Data de publicação: 29/08/2019

Há mais de cinquenta anos, ouvem-se vozes na Igreja Latina a pedir que, juntamente com a Cristologia, elabore-se uma teologia do Espírito Santo (ou Pneumatologia). A ausência de uma vivência e de uma teologia do Espírito produz graves consequências negativas para a vida das pessoas, para a Igreja e para a visão da história. Às vezes, esta asfixiante ausência do Espírito foi remediada com sucedâneos devotos, o que não é saudável, como tampouco o é chegar ao extremo contrário de defender um Espírito à margem de Jesus de Nazaré, o Cristo.

Diante desde déficit de Espírito, é sempre útil enriquecer-nos com a visão pneumatológica do Oriente cristão, muito sensível ao Espírito do Senhor que enche o universo. No entanto, podemos perguntar-nos se há outros caminhos para descobrir e ter acesso ao Espírito a partir de outros lugares sociais e teológicos, concretamente, a partir dos pobres.

Na Escritura, de fato, o Espírito sempre está presente nos momentos de crise, de dificuldade, de pobreza, de morte, desde o caos original dos começos da criação até o Apocalipse, passando pelos profetas de Israel e pelo Espírito que brota do lado ferido do Crucificado. De igual modo, detectamos na história da Igreja a presença profética do Espírito precisamente nos tempos de noite escura eclesial e social, em meio ao silêncio do magistério e da teologia oficial.

Daí, podemos deduzir que o Espírito do Senhor, que age onde e como quer, age a partir da base, clama a partir dos pobres e sempre em função deles, pois é o 'Pai amoroso do pobre', como canta o hino medieval 'Vem, Espírito Santo!'.
Esta reflexão, escrita a partir da América Latina, pode converter-se em fonte de esperança e compromisso em momentos difíceis, e ajudar-nos a sintonizar com a Igreja do Papa Francisco, muito sensível à ação vivificante e alegre do Espírito na Igreja e no mundo de hoje.

Fonte: Paulinas
Postado por: admin_editora


Compartilhe este conteúdo:



Comentários


Deixe seu comentário


Veja Também

Por uma igreja sinodal
A sinodalidade concretiza o que o Vaticano II trouxe como novidade eclesial: a Igreja definida como o conjunto do povo de Deus

A vida e a mensagem de Charles de Foucauld
A canonização de Charles de Foucauld está prevista para maio de 2023

Sete casas, sete vidas
No coração da cidade, vive um gato chamado Rui. Ele tem sete casas e sete vidas diferentes. Vive com o prefeito, com uma família italiana, com crianças e até com uma artista de cinema. Mas algo lhe falta

Nos olhos de quem vê
Aventura feita de enigmas e reviravoltas, contada de diferentes pontos de vista, em que nem tudo e nem todos são o que parecem

Pensar o presente e o futuro da educação
Neste livro, são compartilhadas experiências e expectativas de educadores e educadoras, que trabalham em diferentes frentes, comprometidos com o viés proposto pelo Papa Francisco

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo Final
Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados