Evangelho na Comunidade

Data de publicação: 29/05/2015

Ano B – 31 de maio de 2015
Domingo da Santíssima Trindade

Dt 4,32-34.39-40 – O Senhor é o Deus no céu e na terra.
Sl 32 (33) – Feliz a  nação cujo Deus é o Senhor.
Rm 8,14-17 – Se somos filhos, somos  herdeiros de Deus.
Mt 28,16-20 – Eis que estou convosco todos os dias.

Reflexão Cônego Celso Pedro da Silva
Arte Sergio Ricciuto Conte

“Ninguém jamais viu a Deus: o Filho unigênito, que está voltado para o seio do Pai, este o deu a conhecer.” Sabíamos tanto pela inteligência humana ativada pela reflexão dos filósofos gregos quanto pela revelação bíblica feita aos judeus que existe um só Deus e não pode haver mais do que um. Não pode haver dois seres supremos. Ou é um ou é outro. Um só é o Ser Supremo, que chamamos de Deus. Ninguém nunca o viu. Os filósofos disseram que ele é o motor que movimenta tudo que se move e não é movido por nada e por ninguém. É o primeiro motor imóvel. Os judeus dirão que o Senhor é o nosso Deus, e o Senhor é Um. Jesus de Nazaré aparece no meio do povo de Israel e fala do Pai, que é o Deus de Israel, e diz que ele e o Pai são um. O que é próprio do Pai é dele e o que é dele é do Pai. Depois falará do Espírito Santo, um novo defensor, que ensinará todas as coisas. Tudo o que o Pai tem é do Filho e o Espírito receberá o que é do Filho e nos anunciará.
A partir dos ensinamentos de Jesus, seus discípulos chegarão à conclusão de que Deus é um só, mas em Três Pessoas, o Pai, o Filho e o Espírito Santo. É o que chamamos de mistério da Santíssima Trindade. Ninguém dirá “compreendi” porque  ninguém pode compreender quem é Deus e o que ele é. Seria como querer colocar o mar inteiro num buraquinho na praia. Deus é maior do que a nossa cabeça. Não entendemos, mas amamos e saboreamos. Ele vem até nós, se deixa conhecer, se deixa sentir e, de repente, percebemos que ele está aqui.
Jesus, ao enviar seus discípulos ao mundo, disse a eles que tornassem todas as nações discípulos e que fossem batizadas em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Assim termina o Evangelho de São Mateus mostrando que desde o início os primeiros cristãos já falavam de três pessoas em Deus. Faltava encontrar uma linguagem exata para falar das coisas de Deus. Começaram as reflexões, as discussões, até chegarem a definições claras em termos humanos, sempre, porém, distantes daquilo que Deus é em si mesmo. No ano 325, os bispos do Oriente reuniram-se na cidade de Niceia, na atual Turquia, e afirmaram que o Filho é igual ao Pai. Em 451, no Concílio de Calcedônia, estudaram as noções de pessoa e de natureza. Afirmaram que Jesus é uma só pessoa com duas naturezas, a natureza humana e a natureza divina, e que a Trindade é uma única substância em Três Pessoas. Procuraram um modo humano para falarem das coisas de Deus e de Deus mesmo. Usaram a mediação da filosofia e, com ela, procuraram termos compatíveis com a inteligência humana para falarem de realidades muito acima da inteligência humana.
Hoje nos dirigimos ao Pai e dizemos que Ele, seu Filho único e o Espírito Santo são um só Deus e um só Senhor. Não uma única pessoa, mas três pessoas num só Deus. Tudo o que afirmamos do Pai, afirmamos do Filho e do Espírito Santo. Adoramos cada uma das pessoas na mesma natureza e igual majestade. Acima de tudo dizemos: Somos vossos filhos e vos amamos. Um dia estaremos mergulhados no mistério da Trindade. Enquanto esse dia não chega, trabalhamos para que o ser humano se torne sempre mais imagem e semelhança de Deus, que é Uno e Trino. Incentivamos a convivência, a solidariedade, a fraternidade, e respeitamos as diferenças e a individualidade.


Leituras e Salmos (1º a 6 de junho)
2ªf.: Tb 1,3; 2,1a-8; Sl 111 (112); Mc 12,1-12.
3ªf.: Tb 2,9-14; Sl 111 (112); Mc 12,13-17.
4ªf.: Tb 3,1-11a.16-17a; Sl 24 (25); Mc 12,18-27.
5ªf.: Ex 24,3-8; Sl 115 (116); Hb 9,11-15; Mc 14,12-16.22-26.
6ªf.: Tb 11,5-17; Sl 145 (146); Mc 12,35-37.
Sáb.: Tb 12,1.5-15.20; Cânt.: Tb 13,2.6-8; Mc 12,38-44.




Fonte: Familia Crista ed. 928 - abril de 2013
Postado por: Família Cristã




Comentários


Comente





Compartilhe este conteúdo:


Veja Também

A infertilidade no casamento
A infertilidade atinge oito milhões de pessoas no Brasil e cerca de setenta milhões no mundo.
Medo do doutor?
Como ajudar as crianças a superarem o receio de consultas médicas e odontológicas.
Navegue com segurança
Viver no ambiente digital abre novos horizontes e possibilidades, mas requer cuidados
O melhor alimento para o bebê
O aleitamento materno é uma unanimidade mundial. Todos os profissionais de saúde reconhecem
Hora do pesadelo
Pesadelos são ruins em qualquer idade, mas os pais ficam mais angustiados quando são seus filhos.
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo Final

Termos mais pesquisados

Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados