Liturgia da Palavra

Data de publicação: 19/02/2016

Ano C – 21 de fevereiro de 2016 - 2º Domingo da Quaresma
Gn 15,5-12.17-18 ─ “assim será tua descendência.”
Sl 26 (27) ─ O Senhor é minha luz.
Fl 3,17– 4,1 ─ Continuai firmes no Senhor.
Lc 9,28b-36 ─ “Este é o meu Filho amado, escutai-o.”

“Conta as estrelas se fores capaz! Assim será sua descendência” (Gn 15,5)


Reflexão: Cônego Celso Pedro da Silva
Arte: Sergio Riccuto Conte

Domingo da Transfiguração. Jesus transfigurado ajuda-nos a ver com serenidade o Cristo crucificado. Em sua transfiguração, vemos a nossa transfiguração. “Ele transformará nosso corpo humilhado e o tornará semelhante ao seu corpo glorioso”, escreve São Paulo aos filipenses.
Do deserto da tentação, Jesus sobe a montanha da transfiguração, não na ordem do tempo, mas na ordem da liturgia quaresmal. Quem viu Jesus enfraquecido e provocado no deserto precisa vê-lo transfigurado na montanha. Ele subiu para rezar, escreve São Lucas, e enquanto rezava o aspecto do seu rosto se alterou e suas roupas começaram a brilhar. Quem o vê se lembra que Moisés subiu o Monte Sinai atravessando a nuvem que o cobria e lá permaneceu quarenta dias e quarenta noites, o tempo da nossa Quaresma.
A glória do Senhor pousara sobre o monte e seu aspecto era como o de um fogo consumidor. A nuvem cobriu o monte durante seis dias, e, no sétimo, o Senhor chamou Moisés do meio da nuvem. Quem o vê se lembra também de Elias, o profeta, que, alimentado pelo anjo, caminhou quarenta dias e quarenta noites, o tempo da nossa Quaresma, pelo deserto até o monte de Deus, Horeb, que é o Sinai. Num murmúrio de uma brisa suave, Deus se revelou a Elias. E agora os dois conversam com Jesus, representando a Lei e os Profetas, que convergem para a pessoa do Salvador. Os três conversam sobre os acontecimentos de Jerusalém para onde Jesus se encaminha. Em Jerusalém tudo se consumará, e Jesus partirá deste mundo.
Ao subir a montanha, Jesus tinha levado consigo três dos seus apóstolos: Pedro, Tiago e João. Estes três, mais André, encabeçam todas as listas dos Doze apóstolos. Aqui falta André, mas não faltam Pedro, que receberá o primado, nem Tiago, o primeiro a dar a vida por Cristo, nem João, a quem a tradição identifica com o discípulo amado, o que vai cuidar da mãe de Jesus. Marcos e Mateus dirão que os mesmos três acompanharam Jesus em sua agonia do Getsêmani, enquanto Lucas fala apenas de discípulos, sem mencionar nomes. Os três estarão novamente juntos na visita à casa de Jairo, cuja filha tinha morrido. Jesus entrou no quarto com Pedro, Tiago e João e os pais da menina. Pediu-lhes que não falassem nada sobre a transfiguração. Guardaram silêncio naqueles dias, mas depois Pedro testemunhou em sua segunda carta que Jesus recebeu de Deus Pai honra e glória quando uma voz vinda do céu lhe disse: “Este é o meu Filho amado em quem me comprazo”. Esta voz eles a ouviram quando vinda do céu, quando estavam com ele no monte santo.
Jesus transfigurado renova a nossa esperança. Ajuda-nos a compreender a cruz e a esperar pela transformação do universo. Na verdade, há esforços no cuidado com a casa comum, com o meio ambiente, com o ser humano que nele habita. Esperamos, porém, uma transformação para melhor. Conhecemos mudanças de forma ou transformações para pior, como tudo o que diz respeito ao clima. Essas mudanças queremos corrigi-las em defesa do que é belo e enfeita o universo. A Campanha da Fraternidade defende a justiça ambiental e busca a transfiguração do nosso País, chamando a atenção de todos para a importância do saneamento básico, a responsabilidade do poder público e o cuidado de cada cidadão com os espaços públicos.

Leituras e Salmos (22 a 27 de fevereiro)
2ªf.: 1Pd 5,1-4; Sl 22 (23); Mt 16,13-19.
3ªf.: Is 1,10.16-20; Sl 49 (50); Mt 23,1-2.
4ªf.: Jr 18,18-20; Sl 30 (31); Mt 20,17-28.
5ªf.: Jr 17,5-10; Sl 1; Lc 16,19-31.
6ªf.: Gn 37,3-4.12-13a.17b-28; Sl 104 (105); Mt 21,33-43.45-46.
Sáb.: Mq 7,14-15.18-20; Sl 102 (103); Lc 15,1-3.11-32.






Fonte: Edição 961,janeiro de 2016
Postado por: Família Cristã




Comentários


Comente





Compartilhe este conteúdo:


Veja Também

A presença nas redes
O isolamento social proporcionou maior interatividade no ambiente digital
Uma vida nova em Cristo
O Círio Pascal recorda que Cristo é a luz do mundo
Evangelização, sim!
Para Francisco, a evangelização não pode confundir-se com o clericalismo nem com o proselitismo.
O Anjo Bom do Brasil
Irmã Dulce,a religiosa que conquistou o coração do povo brasileiro será canonizada.
Mesa da Palavra
13º. Domingo do Tempo Comum - Ano C • 30 de junho de 2019 - Solenidade de São Pedro e São Paulo
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo Final

Termos mais pesquisados

Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados