Liturgia da Palavra

Data de publicação: 18/11/2016

Ano C – 20 de novembro de 2016 -34º Domingo do Tempo Comum
Cristo Rei do Universo
2Sm 5,1-3 – As tribos de Israel se reuniram com Davi.
Sl 121 (122) – “Vamos a casa do Senhor!”
Cl 1,12-20 – O primogênito de toda a criação.
Lc 23,35-43 – “Ele não fez nada de mal”
"Quando entrares no teu Reino" (Lc23,42)

Reflexão: Cônego Celso Pedro da Silva
Arte: Sergio Riccuto Conte
“Se és o rei dos judeus, salva-te a ti mesmo!”. Salvar-se de quê? Os homens o matam e Deus o ressuscita! Jesus não precisa se salvar. Ele é a salvação. Acima dele, na cruz, havia um letreiro que dizia: “Este é o rei dos judeus”. Jesus não é o rei dos judeus. Ele é o rei do universo, por isso pôde oferecer o paraíso ao malfeitor com ele crucificado, quando lhe pediu que dele se lembrasse ao entrar em seu reinado. “Hoje estarás comigo no paraíso”. Que bela palavra e que palavra consoladora para todos nós. Jesus vai para o paraíso, e aquele malfeitor condenado, que soube pedir com humildade, estará com ele para sempre. “Lembra-te de mim, Senhor”. Termina o pecado e começa a misericórdia. Qualquer pessoa pode fazer este pedido e obter a mesma resposta ouvida pelo homem condenado ao suplício da cruz com Jesus.
Davi, no passado, recebeu de Deus o encargo de apascentar o povo de Israel e ser o seu chefe. Foi o Rei Pastor. Hoje Jesus é visto por todos nós como o Rei Bom Pastor. Ele apascenta o povo e quer que o povo seja apascentado com justiça nesta terra. Mais do que rei, todo governante é pastor.
Agradecemos ao Pai que nos tornou capazes de participar da luz, que é a herança dos santos. Ele nos tornou capazes de entrar na luz. Retirou-nos das trevas e nos introduziu no reino de seu Filho amado, que é um reino onde brilha a luz. Nele tudo é claridade, tudo é iluminado. Na sua luz, vemos a luz. Vemos Jesus, a imagem do Deus invisível, que viveu em nosso mundo, que aceitou a encarnação por amor de todos nós. Vendo-o, vemos o Deus que não se pode ver. É o primogênito de toda a criação porque tudo foi feito por ele e para ele. Ele existe antes de tudo e tudo tem nele a sua consistência. Vendo Jesus, vemos com olhos novos a criação. Tudo é bom e a bondade da criação precisa ser mantida e cuidada. Ele é o Rei de todo o universo por ele resgatado e salvo no trono da cruz. Vivemos no mundo por ele criado e nele nos santificamos sem assimilar a sua maldade.
Ele é a cabeça de um corpo que é a Igreja, corpo formado por cada um de nós, que somos seus membros. Nele está a reconciliação de todos os seres deste mundo. O sangue que correu de sua cruz apagou o pecado, venceu a morte e destruiu a inimizade. Podemos começar a viver já agora, em comunidade de Igreja, a paz definitiva de seu Reino.
A festa de Cristo Rei nos faz lembrar as palavras de Jesus aos seus apóstolos: “Vocês sabem que aqueles que vemos governar as nações as dominam, e os seus grandes as tiranizam. Entre vocês não será assim”. O Reino de Cristo não é um Reino de dominações. É o reino da verdade e da vida, da santidade e da graça, da justiça, do amor e da paz. Onde está a sede da justiça e o trono de Davi? O Salmista responde que está em Jerusalém, para onde sobem as tribos de Israel para louvar o nome do Senhor. O nome de Deus é louvado pela justiça que brota do trono de Davi. Compete a nós estabelecer esse trono em toda parte, num trabalho incansável para melhorar a qualidade do povo que, dizem, tem o governo que merece. Os valores do Reino de Cristo são antes de tudo valores humanos a serem ensinados, implantados e cultivados. Façamos com que o Amor e a Verdade se encontrem, a Justiça e a Paz se abracem!

Leituras e Salmos (21 a 26 de novembro)
2ªf.: Zc 2,14-17; Cânt.: Lc 1,46-55; Mt 12,46-50.
3ªf.: Ap 14,14-19; Sl 95 (96); Lc 21,5-11.
4ªf.: Ap 15,1-4; Sl 97 (98); Lc 21,12-19.
5ªf.: Ap 18,1-2.21-23; 19,1-3.9a; Sl 99 (100); Lc 21,20-28.
6ªf.: Ap 20,1-4.11 – 21,2; Sl 83 (84); Lc 21,29-33.
Sáb.: Ap 22,1-7; Sl 94 (95); Lc 21,34-36.




Fonte: FC ediçao 970 -OUTUBRO 2016
Postado por: Família Cristã




Comentários


Comente





Compartilhe este conteúdo:


Veja Também

A presença nas redes
O isolamento social proporcionou maior interatividade no ambiente digital
Uma vida nova em Cristo
O Círio Pascal recorda que Cristo é a luz do mundo
Evangelização, sim!
Para Francisco, a evangelização não pode confundir-se com o clericalismo nem com o proselitismo.
O Anjo Bom do Brasil
Irmã Dulce,a religiosa que conquistou o coração do povo brasileiro será canonizada.
Mesa da Palavra
13º. Domingo do Tempo Comum - Ano C • 30 de junho de 2019 - Solenidade de São Pedro e São Paulo
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo Final

Termos mais pesquisados

Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados