Discernimento Virtual

Data de publicação: 12/05/2017

Por Pe. Reginaldo Carreira

O discernimento espiritual faz ter critérios para fazer uso da razão, da emoção, da graça
e distinguir o que é de Deus, o que é do homem e o que é do maligno.



Estamos num tempo em que o virtual/digital é o foco. Amizades pelas redes sociais, namoros via redes digitais, reuniões onlines, grupos de discussões, e tantos outros. Calma! Não vou começar aqui uma crítica negativa às redes sociais digitais, aos relacionamentos internet e todas as possíveis consequências negativas etc.. Mesmo porque, há de se convir que, com as devidas proporções e cuidados, este “caminho digital” pode aproximar e muito as pessoas, e dar oportunidade de interatividade e partilha de vida. Minha intenção ao tocar neste assunto é simples: se estamos num tempo em que o digital é o foco, precisamos, como cristãos que querem crescer no desenvolvimento da sua espiritualidade, descobrir e conhecer caminhos para viver bem e aproveitar bem estes meios.
Muito já se falou sobre isso, na intenção de que haja cuidado com a superexposição, e seus riscos, como por exemplo, a frágil e falha interpretação emocional de cada palavra que escrevemos, afinal “a internet não tem sentimento” – já se disse. O que digo pessoalmente a alguém tem a chance de vários critérios de interpretação: gestos, tom de voz, olhar, contexto etc. Mesmo quando há uma conversa via redes sociais digitais em que “vejo” o outro, não tenho tantos critérios de avaliação para interpretar com clareza tudo que está sendo conversado. Mais ainda quando é apenas uma conversa pelos aplicativos mais rápidos, em que apenas vou escrevendo e colocando algumas carinhas ou desenhos para reafirmar o que quero dizer... Posso interpretar e ser interpretado como agressivo ou terno demais, segundo critérios cada vez mais relativos e pessoais, mas nem sempre reais! Como lidar com tudo isso?

Discernir − Para saber compreender e distinguir melhor o que ouço, vejo, leio e sinto, pedimos o dom do discernimento, isto é, a capacidade de achar o cerne das coisas, e apontar o que é bom e o que é ruim. O discernimento espiritual me faz ter critérios para – fazendo uso da razão, da emoção e da graça – distinguir o que é de Deus, o que é do homem e o que é do maligno. Creio que, para os dias de hoje, precisemos de um “discernimento digital” para lidar com o mundo digital!
Um dos critérios mais necessários para um bom discernimento é o tempo. Há não muitos anos, quando alguém ficava tomado pela emoção da raiva, por exemplo, diante de um acontecimento que envolvia alguém distante fisicamente, tinha um tempo hábil para ao menos pensar em seu agir, pois até comprar a ficha telefônica, ou ligar para a telefonista para conseguir falar com o objeto da sua ira, a raiva ia se modificando e dando lugar à razão e ao discernimento espiritual. Quando finalmente iria acontecer o contato, provavelmente, se a pessoa tivesse um relativo autocontrole, tudo já estaria mais calmo e a conversa poderia fluir sem tanta agressividade. Hoje, pelas redes sociais, e pelos meios de comunicação cada vez mais acessíveis e imediatos, este tempo hábil não ocorre, o que colabora para manifestações rápidas, sem pensar e muitas vezes agressivas. Sendo assim, o autocontrole se torna mais necessário e mais difícil. Que a Palavra de Deus e a oração nos ajudem a alcançar este discernimento virtual e agir com mais sabedoria no mundo real e no mundo digital, construindo relacionamentos sadios a caminho do Reino definitivo.




Fonte: Fc edição 957 - Setembro 2015
Postado por: Família Cristã




Comentários


Comente





Compartilhe este conteúdo:


Veja Também

Por que não, à redução
Adolescentes de 16 a 18 anos são responsáveis por 0,9% do total de crimes.
Jovens em missão
“Deus sabe o tempo e a hora para cada coisa. Somos todos os dias chamados à missão.
Como nossos pais
“É importante dialogar com os filhos para que determinados valores sejam mantidos".
É hora de voar?
Quando o clima familiar é bom, o jovem prefere continuar morando os pais por muito mais tempo.
Perseguição pela fé
O caso de Paulo, um jovem nigeriano perseguido por ser cristão...
Início Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 Próximo Final

Termos mais pesquisados

Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados