Ações do Ano do Laicato

Data de publicação: 20/03/2018

Ações prioritárias do Ano do Laicato

 O Ano Nacional do Laicato será marcado por diversos eventos e ações para engajar todas as comunidades paroquiais

Iniciado no dia 26 de novembro de 2017, o Ano Nacional do Laicato ganha corpo e em muitas comunidades, paróquias, dioceses e regionais da Igreja Católica no Brasil está criando raízes profundas, animando a efetiva participação de cristãos leigos e leigas como sujeitos na Igreja e na sociedade. Assim, foram planejadas ações prioritárias que visam a promover maior protagonismo da atuação do laicato, a partir do aprofundamento de sua vocação, identidade, espiritualidade e missão. Dentre elas estão previstas: elaboração do Plano Diocesano de Formação do Laicato; peregrinação da Sagrada Família; realização da Semana Missionária “Igreja em saída”; Auditoria da Dívida Pública; e Jornada Mundial dos Pobres.

Ações – A elaboração do Plano Diocesano de Formação do Laicato foi uma das decisões da 54ª Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) de 2016, registrada nos números de 225 a 240 do Documento 105. Ele retoma uma decisão da Assembleia Geral do Episcopado Latino-Americano, em Aparecida (SP), em 2007. A Comissão Episcopal Pastoral para o Laicato da CNBB está elaborando “Indicativos básicos”. É preciso sempre partir do que já existe, valorizando o esforço histórico de dioceses, paróquias, pastorais e movimentos na formação dos cristãos leigos e leigas. Nos números referidos do Documento 105 da CNBB, existem diretrizes que orientam a elaboração de um Plano Diocesano de Formação do Laicato. A formação deve atender a três níveis: formação básica para todos os cristãos leigos e leigas que participam das pastorais, movimentos, serviços e equipes nas comunidades (a Diocese de Santarém, PA, tem dez fascículos para formação básica. Pedidos podem ser feitos diretamente ao Centro de Pastoral da Diocese); formação bíblico-teológica para aqueles e aquelas que atuam em coordenações ou desempenhem ministérios laicais; e formações específicas para pessoas que atuam nos espaços da sociedade.
Para que o Ano Nacional do Laicato ganhe movimento nas comunidades, foi pensada a peregrinação da Sagrada Família (há um estandarte próprio, mas pode-se utilizar uma imagem já existente em cada paróquia). É possível obter pelas Edições da CNBB os Roteiros Celebrativos para a Chegada da Sagrada Família em cada comunidade e para o Envio. Cada Conselho Paroquial precisa organizar um cronograma para percorrer todas as comunidades da paróquia.
A Semana Missionária “Igreja em saída” foi proposta para julho de 2018, mas cada diocese é livre para planejar a melhor época do ano para realizá-la. A ideia é que todas as ruas e quadras do Brasil e ambientes de trabalho sejam visitados pelos discípulos missionários. Foi realizado em fevereiro um seminário acional orientado pela Equipe das Santas Missões Populares para capacitar dois multiplicadores da metodologia da Semana Missionária, que poderão realizar a capacitação nas dioceses: um pelo Laicato e outro pela Comissão Missionária Regional. Há um roteiro de círculos bíblicos da Semana Missionária sobre os areópagos modernos para a evangelização pelo laicato disponível pelas Edições da CNBB.

Ação política - Em 2017 mais da metade da receita do País foi entregue aos bancos para pagar juros e rolar a dívida, enquanto o Congresso Nacional aprovou a Emenda Constitucional nº 95, que congelou investimentos de recursos em políticas sociais por vinte 20 anos! A Auditoria da Dívida Pública Brasileira é um dos esperados legados para a sociedade do Ano do Laicato. Ela está prevista nas Disposições Transitórias da Constituição Federal de 1988. Para conhecer mais o problema e mobilizar a juventude secundarista, foi elaborado um roteiro com cinco encontros populares, visando a preparar multiplicadores para percorrerem todas as salas de Ensino Médio do Brasil e dialogar com as juventudes para que os jovens se somem ao laicato nesta libertação do País da escravidão do Sistema da Dívida Pública, durante a semana da pátria, em setembro de 2018. Este tema deverá permear a participação do laicato nas eleições em 2018. Mais informações podem ser encontradas em http://www.auditoriacidada.org.br/
Finalmente, no dia 18 de novembro, junto com as pastorais sociais, movimentos e Cáritas Brasileira, vamos fortalecer a realização da Jornada Mundial dos Pobres, proposta pelo papa Francisco no final do Ano da Misericórdia, para que seja um dia de encontro e solidariedade transformadora com os pobres, realizado pelos cristãos leigos e leigas de todo o País. Como é o domingo que antecede a finalização oficial do Ano Nacional do Laicato, queremos marcar com gestos que promovam a dignidade das pessoas e famílias em situação de exclusão social.
Esteja atento à agenda do Ano Nacional do Laicato e ajude nessa tarefa tão importante de envolver os cristãos leigos e leigas na sua paróquia e comunidade. Se precisar, entre em contato conosco através do e-mail anodolaicato@cnbb.org.br

*Daniel Seidel, é cristão leigo, membro da Comissão Brasileira Justiça e Paz (CBJP) e integra a Comissão Especial para o Ano do Laicato da CNBB, mestre em Ciência Política, atua na formação há mais de 20 anos. E-mail: danielseideldf@gmail.com




Fonte: FC edição 974, fevereiro de 2017
Postado por: Família Cristã




Comentários


Comente





Compartilhe este conteúdo:


Veja Também

O Anjo Bom do Brasil
Irmã Dulce,a religiosa que conquistou o coração do povo brasileiro será canonizada.
Mesa da Palavra
13º. Domingo do Tempo Comum - Ano C • 30 de junho de 2019 - Solenidade de São Pedro e São Paulo
Mesa da Palavra
A fé cristã professada pela Igreja Católica é de tal forma complicada, que só pode ser verdadeira.
Mesa da Palavra
Solenidade de Pentecostes.Quando ele vier, conduzirá os discípulos à plena verdade.
Mesa da Palavra
A refeição e a pesca são dois acontecimentos unidos na mesma narrativa
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo Final

Termos mais pesquisados

Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados