Liturgia da Palavra

Data de publicação: 07/12/2018

2º Domingo do Advento
Ano C 9 de dezembro de 2018


Br 5,1-9 – Deus guiará Israel, com alegria, à luz de sua glória.
Sl 125 (126) – Maravilhas fez com eles o Senhor!
Fl 1,4-6.8-11– A boa obra será levada à perfeição até o dia de Cristo.
Lc 3,1-6 – Preparai o caminho do Senhor.

Preparem o caminho do Senhor

1. Estamos na primeira parte do Advento, olhando hoje para o futuro, para o que chamamos de “novíssimos”, que significam “os últimos acontecimentos que são a morte, o juízo, o inferno e o paraíso”. No último dia, o Senhor se manifestará, e nós o veremos com os nossos olhos. Hoje, nós o vemos com os olhos da fé. João Batista, presente em nossa liturgia, preocupou-se em preparar o seu povo para o Dia do Senhor. Que naquele dia o povo todo estivesse pronto para passar do tempo para a eternidade.
2. O profeta Baruc vê a restauração futura de Jerusalém e nela a congregação de todos os resgatados do povo. Jerusalém de luto, humilhada e dominada pelos inimigos se revestirá de esplendor e passará a ser chamada de “Paz-da-Justiça” e “Glória-da-piedade”. O povo disperso voltará para casa e se reunirá nesta nova Jerusalém. Deus mesmo vai preparar o caminho para que o povo possa subir a Jerusalém vindo de todos os cantos da terra. Deus, por sua justiça e sua misericórdia, guiará Israel com alegria à luz de sua glória.
3. Paulo escreve aos filipenses garantindo-lhes que a boa obra neles começada será levada à perfeição até o dia de Cristo Jesus. O dia do Senhor ou o dia de Cristo é o último dia, quando Ele se manifestará para julgar os vivos e os mortos. Naquele dia, os filipenses serão considerados puros e irrepreensíveis e estarão cheios do fruto da justiça, porque, nos dias de sua vida terrena, souberam discernir o que é melhor, como consequência do amor que neles cresceu em conhecimento e sensibilidade.
4. A Palavra de Deus foi dirigida a João, filho de Isabel e Zacarias, no deserto. Ele começou, então, sua missão preparando o povo para o Dia do Senhor, tornando-se também o precursor do Senhor que se manifestaria naqueles dias. Ele se identificou com a voz daquele que, no deserto, clama para que preparem o caminho do Senhor e vejam a salvação que vem de Deus.
5. Esperamos pelo Senhor de forma ativa. Não o esperamos como quem se senta num consultório aguardando a sua vez de ser atendido. Esperamos de forma ativa, fazendo alguma coisa. São Paulo ensina nas cartas aos tessalonicenses que, enquanto o Senhor não vem, nós trabalhamos. E quem não trabalha, não deve comer. Sendo João Batista o grande pregador dos valores do Reino de Deus, e nosso companheiro de caminhada no Tempo do Advento, procurar implantar os valores do Reino no meio em que vivemos é uma atividade própria de quem espera que o Reino se estabeleça de forma definitiva. A palavra “Reino” nos faz pensar numa sociedade de pessoas bem governadas, vivendo um relacionamento social equilibrado. O comportamento equilibrado das pessoas em sociedade se deve à presença das virtudes sociais. Santo Tomás de Aquino ensina que, para consolidar o bom relacionamento das pessoas na cidade em que vivem, são necessárias as virtudes da gratidão e da correção, que ele chama de “vingança”. Quem desenvolve o espírito de gratidão age sempre com a intenção de beneficiar o outro. Assim também na correção equilibrada, quando se quer corrigir um erro e causar no outro uma mudança de comportamento. A gratidão suprime o egoísmo e o individualismo. A correção equilibrada faz com que a punição seja ensino para quem aplica e para quem a sofre.

Leituras e Salmos (10 a 15 de dezembro)
2ªf.: Is 35,1-10; Sl 84 (85); Lc 5,17-26.
3ªf.: Is 40,1-11; Sl 95 (96); Mt 18,12-14.
4ªf.: Gl 4,4-7; Sl 95 (96); Lc 1,39-47.
5ªf.: Is 41,13-20; Sl 144 (145); Mt 11,11-15.
6ªf.: Is 48,17-19; Sl 1; Mt 11,16-19.
Sáb.: Eclo 48,1-4.9-11; Sl 79 (80); Mt 17,10-13.




Fonte: Edição 995, Novembro de 2018
Postado por: Família Cristã




Comentários


Comente





Compartilhe este conteúdo:


Veja Também

Liturgia da Palavra
15 de abril de 2018 - 3º Domingo da Páscoa - Reflexão da Liturgia
“Estive na cadeia e me visitas
A Igreja tem a ver com os presos, porque em primeiro lugar, Cristo veio para nos libertar
Liturgia da Palavra
8 de abril de 2018 - Domingo da Páscoa na Ressurreição do Senhor - Reflexão da Liturgia
Paz e esperança para a América
Escutem os desempregados, que não podem sustentar o presente, muito menos o futuro de suas famílias
Liturgia da Palavra
1º de abril de 2018 de 2018 - Domingo da Páscoa na Ressurreição do Senhor - Reflexão da Liturgia
Início Anterior 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 Próximo Final

Termos mais pesquisados

Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados