Liturgia da Palavra

Data de publicação: 07/12/2018

2º Domingo do Advento
Ano C 9 de dezembro de 2018


Br 5,1-9 – Deus guiará Israel, com alegria, à luz de sua glória.
Sl 125 (126) – Maravilhas fez com eles o Senhor!
Fl 1,4-6.8-11– A boa obra será levada à perfeição até o dia de Cristo.
Lc 3,1-6 – Preparai o caminho do Senhor.

Preparem o caminho do Senhor

1. Estamos na primeira parte do Advento, olhando hoje para o futuro, para o que chamamos de “novíssimos”, que significam “os últimos acontecimentos que são a morte, o juízo, o inferno e o paraíso”. No último dia, o Senhor se manifestará, e nós o veremos com os nossos olhos. Hoje, nós o vemos com os olhos da fé. João Batista, presente em nossa liturgia, preocupou-se em preparar o seu povo para o Dia do Senhor. Que naquele dia o povo todo estivesse pronto para passar do tempo para a eternidade.
2. O profeta Baruc vê a restauração futura de Jerusalém e nela a congregação de todos os resgatados do povo. Jerusalém de luto, humilhada e dominada pelos inimigos se revestirá de esplendor e passará a ser chamada de “Paz-da-Justiça” e “Glória-da-piedade”. O povo disperso voltará para casa e se reunirá nesta nova Jerusalém. Deus mesmo vai preparar o caminho para que o povo possa subir a Jerusalém vindo de todos os cantos da terra. Deus, por sua justiça e sua misericórdia, guiará Israel com alegria à luz de sua glória.
3. Paulo escreve aos filipenses garantindo-lhes que a boa obra neles começada será levada à perfeição até o dia de Cristo Jesus. O dia do Senhor ou o dia de Cristo é o último dia, quando Ele se manifestará para julgar os vivos e os mortos. Naquele dia, os filipenses serão considerados puros e irrepreensíveis e estarão cheios do fruto da justiça, porque, nos dias de sua vida terrena, souberam discernir o que é melhor, como consequência do amor que neles cresceu em conhecimento e sensibilidade.
4. A Palavra de Deus foi dirigida a João, filho de Isabel e Zacarias, no deserto. Ele começou, então, sua missão preparando o povo para o Dia do Senhor, tornando-se também o precursor do Senhor que se manifestaria naqueles dias. Ele se identificou com a voz daquele que, no deserto, clama para que preparem o caminho do Senhor e vejam a salvação que vem de Deus.
5. Esperamos pelo Senhor de forma ativa. Não o esperamos como quem se senta num consultório aguardando a sua vez de ser atendido. Esperamos de forma ativa, fazendo alguma coisa. São Paulo ensina nas cartas aos tessalonicenses que, enquanto o Senhor não vem, nós trabalhamos. E quem não trabalha, não deve comer. Sendo João Batista o grande pregador dos valores do Reino de Deus, e nosso companheiro de caminhada no Tempo do Advento, procurar implantar os valores do Reino no meio em que vivemos é uma atividade própria de quem espera que o Reino se estabeleça de forma definitiva. A palavra “Reino” nos faz pensar numa sociedade de pessoas bem governadas, vivendo um relacionamento social equilibrado. O comportamento equilibrado das pessoas em sociedade se deve à presença das virtudes sociais. Santo Tomás de Aquino ensina que, para consolidar o bom relacionamento das pessoas na cidade em que vivem, são necessárias as virtudes da gratidão e da correção, que ele chama de “vingança”. Quem desenvolve o espírito de gratidão age sempre com a intenção de beneficiar o outro. Assim também na correção equilibrada, quando se quer corrigir um erro e causar no outro uma mudança de comportamento. A gratidão suprime o egoísmo e o individualismo. A correção equilibrada faz com que a punição seja ensino para quem aplica e para quem a sofre.

Leituras e Salmos (10 a 15 de dezembro)
2ªf.: Is 35,1-10; Sl 84 (85); Lc 5,17-26.
3ªf.: Is 40,1-11; Sl 95 (96); Mt 18,12-14.
4ªf.: Gl 4,4-7; Sl 95 (96); Lc 1,39-47.
5ªf.: Is 41,13-20; Sl 144 (145); Mt 11,11-15.
6ªf.: Is 48,17-19; Sl 1; Mt 11,16-19.
Sáb.: Eclo 48,1-4.9-11; Sl 79 (80); Mt 17,10-13.




Fonte: Edição 995, Novembro de 2018
Postado por: Família Cristã




Comentários


Comente





Compartilhe este conteúdo:


Veja Também

Liturgia da Palavra
11 de Junho de 2017 - 10º Domingo do Tempo Comum, Santíssima Trindade, Ano A, Reflexão da Liturgia
Em nome de Deus uno e trino
Os dons e os frutos do Espírito Santo são os sentimentos que geram atitudes de relacionamento.
Liturgia da Palavra
04 de Junho de 2017 - Solenidade de Pentecostes, Ano A, Reflexão da Liturgia
Quando Maria ora
Falemos com Maria. Ela ora melhor do que todos nós! De oração, Maria entende!
A cura enviada por Deus
A medicina é importante, mas o que mais consola é a proximidade do amigo que decide participar
Início Anterior 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 Próximo Final

Termos mais pesquisados

Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados