Ao sabor da abóbora

Data de publicação: 28/02/2019

Por, Carmen Maria Pulga                        
O Brasil nem havia sido batizado e a abóbora já reinava em terras brasileiras. Patrimônio das grandes civilizações indígenas das Américas, hoje ela está em todo o mundo e em diferentes formatos, cores e texturas: moranga, abóbora italiana, abóbora de pescoço e japonesa ou cabotiá.  No Brasil, conforme os estados, a moranga é conhecida também como jerimum. A abóbora é um celeiro de muitas vitaminas antioxidantes, como A, B, C, E, K, cálcio e fósforo. É um fruto de baixa caloria e um alimento que traz muitos benefícios para a saúde, pois é rico em betacaroteno. Ela não contém colesterol, e suas sementes são ricas em fitoesteróis, conhecidos por reduzir o colesterol LDL (ruim) e aumentarem o bom colesterol, HDL. Ela é excelente para a saúde do coração, devido à presença de folatos, carotenoides e magnésio. Motivos suficientes para tê-la sempre em nossa mesa, você não acha? Para nossos pratos, escolhemos a abóbora japonesa, uma mistura da abóbora de pescoço com a moranga, pois é encontrada facilmente no mercado e combina com outros ingredientes em receitas saudáveis. Sua casca é verde-escura e extremamente grossa, mas depois de cozida a polpa é bem macia. Adapta-se tanto em pratos salgados como doces.  Prontos para experimentar?!

Abóbora japonesa recheada com frango
 Ingredientes
•    1 abóbora japonesa média
•    1 peito de frango
•    Óleo para refogar
•    1 cebola média picada
•    2 dentes de alho picados
•    1 tomate maduro grande picado
•    1 lata de champignon picado, opcional
•    1 1/2 xícaras (chá) de água
•    Cheiro-verde a gosto
•    1 copo de requeijão cremoso
•    200 de mussarela fatiada
•    Tempero e sal a gosto
 Modo de preparo
Corte o topo da abóbora e retire as sementes com uma colher grande. Jogue duas colheres (chá) de sal dentro da abóbora e espalhe pelas paredes internas com os seus dedos. Em uma panela grande com tampa, coloque a abóbora e preencha com água até a metade dela. Deixe cozinhar por aproximadamente uma hora ou até que esteja macia. Cuide para a água não secar. Cozinhe o peito de frango e depois desfie um pouco, ou corte em pedaços não muito pequenos. Reserve. Em uma panela média, refogue a cebola, o alho e na sequência misture o frango e tempere a gosto. Acrescente o tomate e deixe refogar um pouco, cubra com água e cozinhe até que o molho reduza. Deve ficar bem homogêneo, com pouca água. Tempere com cheiro-verde, corrija o sal e reserve.
Montagem
Forre a moranga internamente com a mussarela. Por cima, adicione o requeijão. Coloque o refogado na moranga, feche com a tampa e leve ao forno para gratinar por mais meia hora. Está pronto para servir.




Fonte: Revista Família Cristã, edição 993, setembro de 2018
Postado por: Família Cristã




Comentários


Comente





Compartilhe este conteúdo:


Veja Também

Páscoa
Na Páscoa, é muito comum as famílias se reunirem para uma confraternização.
A fruta do mês
Para se alimentar melhor e ainda economizar, os nutricionistas orientam o consumo de frutas
Sabor mineiro
A arte culinária é uma das tradições mais significativas de Minas Gerais.
Viva o México!
O México possui uma gastronomia muito variada, com diferentes pratos típicos, doces e bebidas
Com um toque oriental
A culinária japonesa, cada vez mais presente no dia a dia do povo brasileiro, é rica de significados
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo Final

Termos mais pesquisados

Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados