Evangelho na comunidade

Data de publicação: 18/07/2013

16º Domingo do Tempo Comum
Gn 18,1-10a; Sl 14 (15); Cl 1,24-28; Lc 10,38-42


Cônego Celso Pedro da Silva*
Arte: Sergio Ricciuto Conte


Maria escutava a palavra de Jesus – O evangelista destaca a atitude de Maria, que se senta aos pés de Jesus e escuta a sua palavra. Ela escolheu a melhor parte, enquanto Marta, sua irmã, está ocupada com muitos afazeres. A liturgia de hoje, porém, vê nesta passagem a hospitalidade das duas irmãs que acolhem Jesus, e o acolhem bem. Uma lhe fez companhia enquanto a outra prepara a refeição. Lido com a primeira leitura, o Evangelho é um convite à hospitalidade, apesar da reação de Marta contra sua irmã, que não a ajuda nos afazeres da casa. A refeição fica em segundo lugar. O necessário, que não pode deixar de acontecer, é a escuta da palavra de Jesus. O discípulo, seguidor de Jesus, escuta porque tem que aprender do Mestre. No entanto, tirando a cena de ciúmes de Marta ou de reação comum quando há trabalho a ser feito, a hospitalidade é perfeita: alguém faz sala e alguém prepara a refeição. É interessante a nossa reação quando há um trabalho manual a ser feito. Reclamamos porque não foi feito, reclamamos porque não nos ajudam.

Não continue a viagem sem descansar um pouco em minha casa – Abraão e Sara acolhem três viajantes com muita atenção e generosidade. A recompensa da acolhida foi a gravidez de Sara, que até então não tinha filhos. O nascimento de Isaac, o filho da promessa, é confirmado. Abraão não conhecia os viajantes e os acolheu muito bem. Sem saber, acolheu o próprio Deus. Podemos dizer que quando temos visita é Deus que nos visita. Abraão vê três homens e fala com eles no singular como se fossem um só. Volta depois a falar no plural com os três, que perguntam onde está Sara. Abraão responde e volta o singular: uma pessoa promete o nascimento de um filho. Sara ri, e o Senhor Deus pergunta por que ela riu. Os homens partem, e Deus permanece com Abraão. O texto parece falar de três Anjos com aparência humana ou de um só Deus em três Pessoas, ou Deus acompanhado por dois Anjos.

Como é rico e glorioso este mistério: a presença de Cristo em vós – Jesus também se hospeda em nós. Ele está presente em nós. Paulo tem essa missão: anunciar ao mundo que Deus está no meio de nós, que Deus habita em nossa cidade, em nossa casa, que Jesus está em cada um de nós. Os batizados em conjunto formam o corpo de Cristo, que é a Igreja, comunidade de irmãos e irmãs vindos do judaísmo e do paganismo. Dos dois povos, ele faz um só. E Paulo se dedica ao bem desse corpo formado por nós e por Cristo. Ele se une aos sofrimentos de Cristo e procura completar o que ainda lhe falta para estar mais próximo das tribulações sofridas por Cristo.

Nossa vida hoje – A obra de Cristo está completa, tudo foi consumado, nada lhe falta nem mesmo as tribulações. Conosco, porém, não é assim. Ainda não sofremos tudo na luta contra o mal, o egoísmo, o fechamento em nós mesmos. Ainda não nos dedicamos bastante em solidariedade com o corpo de Cristo, que é a Igreja. Não vivemos a caridade, não somos hospitaleiros. A hospitalidade é a flor da caridade e deixamos a flor murchar. Queremos completar o que ainda falta em nós, em nossa carne, das tribulações de Cristo. Em Cristo não falta nada. Falta em nós.

*Sacerdote e professor de Sagrada Escritura.




Fonte: Família Cristã 930 - Jun/2013
Postado por: Família Cristã




Comentários


Comente





Compartilhe este conteúdo:


Veja Também

Doenças autoimunes
Quando nosso sistema imunológico se desequilibra, entram em cena as doenças autoimunes
Você cuida bem da sua audição?
A saúde da nossa audição é também questão de bem-estar
Sinusite ou rinite?
Tanto a sinusite como a rinite são inflamações que afetam as mesmas regiões do corpo.
SAÚDE
A biotecnologia é uma ferramenta e, como tal, deve ser cuidadosamente examinada.
Curar com as mãos
Levar em consideração o corpo inteiro e tratar diretamente a causa do problema são as principais
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo Final

Termos mais pesquisados

Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados