Evangelho na comunidade

Data de publicação: 27/12/2013

Cônego Celso Pedro da Silva*
Arte: Sergio Ricciuto Conte

29 de dezembro de 2013

Sagrada Família

Mt 2,13-15.19-23 – Levanta-te, José, pega o Menino e sua Mãe.
Eclo 3,2-6.12-14 – A caridade feita a teu pai não será esquecida, mas servirá para reparar os teus pecados.
Sl 127 (128) – O Senhor te abençoe de Sião cada dia da tua vida.
Cl 3,12-21 – Não intimidem os filhos para que eles não desanimem.

No Tempo do Natal, o Menino Deus nasce em uma família, de uma Mãe escolhida, e se manifesta a toda a humanidade. Já adulto, é batizado e começa a sua missão pública. São as festas do Natal, Sagrada Família,Mãe de Deus, Epifania e Batismo.

Os textos bíblicos – O Anjo do Senhor comunica-se com José para que ele tome o Menino e sua Mãe e vão para o Egito, e depois voltem do Egito. Herodes queria matar o menino. José toma as suas providências e vai para o Egito. Herodes morre, mas Arquelau, seu filho, governa a Judeia. José, sempre previdente, vai então para Nazaré na Galileia. A imagem de pai que se forma na mente do menino Jesus lhe vem das atitudes de São José. São José é o modelo de pai. O anjo sempre fala do “Menino e sua Mãe”. Jesus, Maria, José, os três estão muito bem relacionados e formam uma família normal, tranquila, conforme os projetos de Deus. O livro do Eclesiástico sublinha a importância do bom relacionamento familiar, abençoa quem honra o pai e respeita a mãe e acrescenta que a caridade para com os pais perdoa os pecados. O amor é o vínculo da perfeição. Segundo a Carta aos Colossenses, ele se expressa em misericórdia, bondade, humildade, mansidão, paciência, perdão. É assim que se vê Cristo em nossos corações. A consequência é o bom relacionamento da esposa solícita para com o marido, do marido amoroso, dos filhos respeitosos e de ninguém desanimando ninguém.

Nossa vida no Tempo do Natal – É curioso como os meios de comunicação e o mundo político estão voltados para a defesa do aborto, da eutanásia, da união estável entre pessoas do mesmo sexo, dos preservativos, e  muito pouco ou nada para a defesa da união entre homem e mulher que gera filhos e constitui uma família, do casamento estável no civil e no religioso, das crianças criadas por um homem e por uma mulher, do direito de  nascer uma vez concebido, do direito de terminar a vida sem forçar o fim, da união sexual responsável. Isso não se propõe nem se defende. A família apresentada na TV raramente é constituída de pai, mãe e filhos que se dão bem, se amam e vivem felizes. Não queremos fazer oposições, nem acusar ou condenar. Podemos até aceitar o mundo como ele é, mas gostaríamos de propor o caminho da família constituída de um homem, uma mulher e seus filhos, que procura a estabilidade numa união civil e sacramentaliza essa união tornando-a um sinal do amor de Deus para com a humanidade. Os católicos devem saber que são sete os sacramentos da Igreja e que algo não está bem claro quando se rejeita o sacramento do Matrimônio, mas se pede o Batismo para os filhos. É habitual em nossas paróquias que, de dez pedidos de Batismo, apenas um seja feito por pais casados na Igreja. Tudo se compreende, mas não podemos deixar de propor com firmeza o que parece ao menos ser um projeto bíblico. Uma reforma radical no modo de se celebrar o casamento poderia criar uma visão nova do sacramento


*Sacerdote e professor de Sagrada Escritura




Fonte: Família Cristã 935 - Nov/2013
Postado por: Família Cristã




Comentários


Comente





Compartilhe este conteúdo:


Veja Também

Doença celíaca
Doença do intestino delgado, autoimune, crônica, causada por uma reação ao glúten
TOD à luz da escuta de Baco
Transtorno Opositivo Desafiador, conheça esta doença
Doenças autoimunes
Quando nosso sistema imunológico se desequilibra, entram em cena as doenças autoimunes
Você cuida bem da sua audição?
A saúde da nossa audição é também questão de bem-estar
Sinusite ou rinite?
Tanto a sinusite como a rinite são inflamações que afetam as mesmas regiões do corpo.
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo Final

Termos mais pesquisados

Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados