Celebrar o Natal

Data de publicação: 23/12/2014


Em família, vamos celebrar o nascimento de Jesus Cristo, o sol nascente que vem de Deus para iluminar todos os que estão nas trevas

Preparar o ambiente

Providenciar uma vela grande para colocar no centro e uma também para cada membro da família ou da comunidade.

Chegada

Convidar toda a família ou comunidade a se reunir ao redor da mesa ou do presépio para iniciar a noite de Natal, com um encontro com o grande festejado: Jesus Cristo.

L1
(Apagam-se todas as luzes da casa.) No Natal, celebramos a humanidade do nosso Deus. Lembramos o nascimento de Jesus Cristo em Belém, adoramos o Verbo que se fez carne e habitou entre nós (cf. Jo 1,14). Peçamos ao Senhor a graça de sermos cada vez mais humanos, como Jesus Cristo, para que o Divino em nós habite.

L2
(Uma pessoa acende a vela maior.) Bendito sejas, Deus das promessas, porque iluminas as nossas vidas com a luz de Jesus Cristo, seu Filho, a quem celebramos com toda a ternura do coração.

Todos
Amém!

Abertura

L1
Vem, ó Deus da Vida, vem nos ajudar!

Todos
Vem, não demores mais, vem nos libertar!

L2
Venham, ó nações, ao Senhor cantar!

Todos
Ao Deus do universo venham festejar!

L1
Teu poder, ó Deus, vem nos revelar!

Todos
Por teu amor vem agora nos libertar!

L2
Em pé, vigilantes, juntos na oração.

Todos
Vamos ao seu encontro, lâmpadas nas mãos!

L1
Glória ao Pai e ao Filho e ao Santo Espírito!

Todos
Glória à Trindade Santa, glória ao Deus Bendito!

L2
Aleluia, irmãs, aleluia, irmãos!

Todos
Nosso Senhor vem vindo, a Deus louvação!


Recordação da vida

L1
Neste momento, vamos trazer presentes em nossa oração e agradecer a Deus todas as coisas boas que aconteceram em nossa vida no decorrer deste ano. (Cada pessoa agradece a Deus e acende sua vela, na vela maior.)

Todos
(Cada duas ou três pessoas que agradecem, reza-se ou canta este refrão). Ó luz do Senhor, que vem sobre a terra, inunda meu ser, permanece em nós.

Salmo 97 (98)

L2
Rezemos com alegria ao Senhor pela salvação que nos deu em Jesus Cristo e por sua justiça vitoriosa. (Rezar em dois grupos.)

G1
Entoai ao Senhor novo canto, pois prodígios foi Ele quem fez. Sua mão e o seu braço santo, salvação nos trouxeram de vez.

Todos
Então os povos viram, foi Deus que nos salvou. Por isso, ó terra inteira, cantai o seu louvor.

G2
Salvação o Senhor manifesta, sua justiça às nações demonstrou. Recordando sua fidelidade, pelo povo seu grande amor.

Todos
Então os povos viram, foi Deus que nos salvou. Por isso, ó terra inteira, cantai o seu louvor.

G1
Ante a face de Deus alegrai-vos, Ele vem para nos governar, guiará com justiça os povos, as nações no direito e na paz.

Todos
Então os povos viram, foi Deus que nos salvou. Por isso, ó terra inteira, cantai o seu louvor.

G2
Glória a Deus, no universo presente, no louvor dos povos também, e que desça a paz sobre a terra, desde agora e para sempre. Amém!

Todos
Então os povos viram, foi Deus que nos salvou. Por isso, ó terra inteira, cantai o seu louvor.

Oração

Todos
Ó Deus, que enviaste seu Filho Jesus para ser presença de amor em nossa vida, Deus-conosco, Emanuel. Escuta as preces destes teus filhos e filhas em oração. Restaura-nos no seu amor, manifesta a sua misericórdia e dá-nos a sua salvação. Por Cristo, nosso Senhor. Amém!

Evangelho (Lc 2,1-20)

“Naqueles dias, o imperador Augusto publicou um decreto, ordenando o recenseamento em todo o império. Esse primeiro recenseamento foi feito quando Quirino era governador da Síria. Todos iam se registrar, cada um na sua cidade natal. José era da família e descendência de Davi. Subiu da cidade de Nazaré, na Galileia, até à cidade de Davi, chamada Belém, na Judeia, para registrar-se com Maria, sua esposa,  que estava grávida. Enquanto estavam em Belém, completaram-se os dias para o parto, e Maria deu à luz o seu filho primogênito. Ela o enfaixou e o colocou na manjedoura, pois não havia lugar para eles dentro da casa.

Naquela região havia pastores que passavam a noite nos campos, tomando conta do rebanho. Um anjo do Senhor apareceu aos pastores; a glória do Senhor os envolveu em luz, e eles ficaram com muito medo. Mas o anjo disse aos pastores: ‘Não tenham medo! Eu anuncio para vocês a Boa Notícia, que será uma grande alegria para todo o povo: hoje, na cidade de Davi, nasceu para vocês um Salvador, que é o Messias, o Senhor. Isto lhes servirá de sinal: vocês encontrarão um recém-nascido, envolto em faixas e deitado na manjedoura’. De repente, juntou-se ao anjo uma grande multidão de anjos. Cantavam louvores a Deus, dizendo: ‘Glória a Deus no mais alto dos céus, e paz na terra aos homens por ele amados’.

Quando os anjos se afastaram, voltando para o céu, os pastores combinaram entre si: ‘Vamos a Belém ver esse acontecimento que o Senhor nos revelou’. Foram então, às pressas, e encontraram Maria e José, e o recém-nascido deitado na manjedoura. Tendo-o visto, contaram o que o anjo lhes anunciara sobre o menino. E, todos os que ouviam os pastores, ficaram maravilhados com aquilo que contavam. Maria, porém, conservava todos esses fatos, e meditava sobre eles em seu coração. Os pastores voltaram, glorificando e louvando a Deus por tudo o que haviam visto e ouvido, conforme o anjo lhes tinha anunciado.”

Meditação

(Silêncio, partilha, reflexão.)

Preces

L2
Alegres com a vinda e a manifestação do Senhor Jesus, cantemos nesta noite os seus louvores.

1.
Com Maria que deu à luz e com José, seu esposo, nós o louvamos Senhor.

Todos
Glória a Deus no mais alto dos céus.

2.
Com os anjos que anunciaram o seu nascimento e com os pastores que foram depressa procurar-lhe, nós o louvamos Senhor.

Todos
Glória a Deus no mais alto dos céus.

3.
Com os magos do Oriente, que seguiram a estrela para adorá-lo, nós o louvamos, Senhor.

Todos
Glória a Deus no mais alto dos céus.

(Neste momento, colocam-se as velas junto à vela maior.)

Pai nosso...

Oremos

L1
Ó Deus, com amor de mãe criou o homem e a mulher de maneira maravilhosa. Mais maravilhosamente ainda os renovou pela vinda de Jesus. Olha para nós, que celebramos o Natal do seu Filho. Faze-nos participar do seu Reino, assim como Ele veio participar conosco de nossa vida humana. Por Cristo, nosso Senhor. Amém!

L2
Que a paz de Deus que supera toda a compreensão guarde nossos corações e nossos pensamentos em Cristo Jesus nosso Senhor, agora e para sempre. Amém

Canto

Noite feliz, noite feliz. / Ó senhor, Deus de amor. / Pobrezinho nasceu em Belém. / Eis na lapa Jesus, nosso bem. / Dorme em paz, ó Jesus. / Dorme em paz, ó Jesus.

Ofícios do ciclo de Natal




Fonte: Família Cristã 936 - Dez/2013
Postado por: Família Cristã




Comentários


Comente





Compartilhe este conteúdo:


Veja Também

O Anjo Bom do Brasil
Irmã Dulce,a religiosa que conquistou o coração do povo brasileiro será canonizada.
Mesa da Palavra
13º. Domingo do Tempo Comum - Ano C • 30 de junho de 2019 - Solenidade de São Pedro e São Paulo
Mesa da Palavra
A fé cristã professada pela Igreja Católica é de tal forma complicada, que só pode ser verdadeira.
Mesa da Palavra
Solenidade de Pentecostes.Quando ele vier, conduzirá os discípulos à plena verdade.
Mesa da Palavra
A refeição e a pesca são dois acontecimentos unidos na mesma narrativa
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo Final

Termos mais pesquisados

Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados