Edição 952, abril de 2015

Data de publicação: 23/03/2015

Revista Família Cristã - Abril de 2015

Diálogo com quem não sabe ouvir
Imprecações carregadas de ódio e atiradas abaixo da linha da cintura, verbalizadas em palavras de ordem ou em cartazes, faixas e camisetas nas manifestações promovidas em várias cidades do País, em 15 de março, constrangeriam os cidadãos de bem se fossem inéditas. Porém, já eram previstas desde que uma parcela da população engrossadas pelo lumpemproletariado e por estudantes desengajados as assacaram uma semana antes, 8 de março, pleno Dia Internacional da Mulher. Ou, recuando mais, na abertura da Copa do Mundo, ano passado. E, é quase certo, se repetirão quando novas manifestações ocorrerem contra uma presidente democraticamente reeleita pela maioria dos brasileiros há pouco mais de seis meses.
Não se trata de desqualificar um movimento que, legitimamente, reivindica o que julga justo. Porém, o pouco que se pode esperar daí é disposição para dialogar, bom senso e educação. Pois o jogo democrático tem regras. De outra forma qualquer manifestação perde legitimidade e vira uma intentona. Afinal, como dialogar com quem não negocia nem ouve? Com analfabetos políticos que misturam suástica à oração do Pai Nosso, pregam o feminicídio, o “fim” do educador Paulo Freire (1921-1997)? Imaginam que, com o afastamento da presidenta Dilma, seu candidato derrotado ocupará a presidência? De certo, parte da grande mídia, que se omitiu nas manifestações de fato multitudinárias pelas Diretas Já, pudesse não desinformar tanto o seu público. Ou, da próxima vez, exibir quilombolas, indígenas, homossexuais, movimentos feministas, professores mal pagos, pais de jovens assassinados pela polícia, moradores em situação de rua ou trabalhadores sem teto e sem terra presentes a essas manifestações. Ao notar tais ausências, quem sabe descobrisse que é a justiça social e não o ódio a verdadeira palavra de ordem de um povo que sabe fazer seu caminho.



ENTREVISTA

História de mulher
“Todo ser humano deve exigir ser reconhecido em seus direitos à igualdade e ter exercício pleno de sua cidadania”, afirma a advogada e militante feminista Herilda Balduíno de Sousa.


OPINIÃO DO LEITOR
Os leitores se manifestam



POVOS DA FLORESTA

América indígena
Oxalá possamos reconhecer e valorizar a delícia de ser um País pluriétnico. 





INDÍGENAS

Bem viver
Indígenas e a experiência do bem viver por Geralda Chaves Soares, que conta a história e atual situação dos indígenas Pankararu e Pataxó na Aldeia Cinta Vermelha Jundiba.




REPORTAGEM

O perigo mora em casa
Dos registros de agressão contra mulheres feitos através do Disque 180, 94% se referiam aos seus companheiros, dentro de casa.





POLÍTICA

Realidade partida
 32 partidos é um número muito ou pouco para o Brasil? A resposta não é simples ao levarmos em conta os dois extremos de uma mesma linha...




DINÂMICA FAMILIAR

Casal WhatsApp?
Para um casamento duradouro é preciso haver a passagem da fragilidade do relacionamento para a animosidade de vínculos duradouros.





VIDA DE CASAL

Perdoa-me por me traíres
A infidelidade é dolorida porque o ser humano tem a ilusão de ser dono dos outros e, de repente, descobre ser incompleto e cheio de defeitos.




FAMÍLIA

Das ruas para casa
A dura missão de nas piores condições e garantir a ela uma vida digna e com direito à esperança.





COMPORTAMENTO

Espelho, espelho meu...
Comparar-se com o outro não é algo necessariamente ruim, desde que saibamos tirar um proveito positivo disso.





ENTRE JOVENS

Jovens na contramão
Conheça, e se inspire (por que não?), em jovens que vão na contramão da sociedade para construir um mundo melhor.





FILHOS

Passou do limite
Uma tragédia cultural e educacional, o funk ostentação interpretado por crianças abusa de palavrões, menosprezo às mulheres e letras com conotações sexuais.




MATURIDADE

Uma mulher, muitos dons
Memórias e narrativas de Marina Bandeira, uma das fundadoras do Movimento de Educação de Base, mulher que fez história na Igreja no Brasil, em prol da sociedade.


PAINEL DO LEITOR
Aniversários, bodas e celebrações dos nossos leitores.



FRANCISCO

Misericordiar
Verbo transitivo direto e que se faz urgente para que a Igreja cumpra a sua primeira missão, que é de ser testemunha da misericórdia, misericordiar.




PAZ INQUIETA

Homens de conteúdo
Seu jeito de orar e de falar, de abrir a boca em defesa do povo, de guardar silêncio quando foi preciso, deixou vasta catequese libertadora.





ESPIRITUALIDADE

Nas asas da canção
Uma vez contempladas as regiões mais profundas ou brilhantes do mundo, seja no lapso de uma sinfonia ou de uma canção interior, devemos regressar à existência corriqueira e contínua.




JUVENTUDE E FÉ

Sociedade pascal
A vida cristã só é autêntica quando promove o bem de quem está ao lado, pois não existe cristianismo sem amor ao próximo.





FORMAÇÃO LITÚRGICA

Reações e ações na enfermidade
No sofrimento humano, a religião lança uma luz que nenhuma explicação humana consegue projetar, a luz do sentido e da esperança.





FORMAÇÃO TEOLÓGICA

Sétimo mandamento
Não furtarás é o imperativo bíblico do sétimo mandamento, que lembra a mais comum acusação penitencial da infância “roubei o doce do meu irmãozinho”.




IGREJA

50 anos de gratidão
“Obrigado a todos, a começar por Deus, os que se envolveram na preparação e divulgação da festa jubilar da Diocese de Apucarana.”





PÁSCOA

Páscoa é fogo
Páscoa é tornar-se indiferente ao desnecessário e ficar disponível ao essencial que é Deus





BIOÉTICA

A Aids volta a atacar
Em 2013 foram 12.700 mortes por HIV/Aids, número similar ao de 15 anos atrás, quando a política de acesso aos antirretrovirais foi implantada no País.




ALIMENTAÇÃO

Repolho, um remédio
Muito além do uso na culinária por favorecer diversidades de pratos, o repolho é uma rica fonte de saúde, em especial no combate a células cancerígenas.



O EVANGELHO NA COMUNIDADE

3 de maio 5º Domingo da Páscoa   
10 de maio 6º Domingo da Páscoa
17 de maio Ascensão do Senhor   
24 de maio Pentecostes    
31 de maio Santíssima Trindade



SAÚDE

Sobreviver é preciso
O câncer deve atingir 22 milhões de pessoas em todo o mundo até 2030, entre eles crianças e jovens como Thulyo e Fernanda, que já enfrentam uma história de luta contra a doença.




PANORAMA

Águas do sertão
Canindé de São Francisco abriga o quinto maior cânion navegável do mundo, esse paraíso de águas verdes e cristalinas recebe cerca de 2 mil turistas por dia




CULTURA

Escola de leitores
O desafio de formar um País de leitores competentes não pode ficar só por conta das editoras de livros de literatura infantojuvenil.





CULINÁRIA

Santo repolho
Popular em muitas culturas, o repolho rende na cozinha e é muito saudável.






PÁGINA LIVRE

Terra Santa




Fonte: Familia Crista ed. 952
Postado por: Família Cristã




Comentários

Enviado por: Gileno Barbosa

Extremamente raivoso, sectário e passional o artigo "Diálogo com quem não sabe ouvir".
É preciso respeitar e conviver com opiniões divergentes, lembrando-se de D. Hélder: "Você me enriquece, quando diverge de mim."


Comente





Compartilhe este conteúdo:


Veja Também

Bolos de liquidificador
Não há quem não se renda ao cheirinho de um bolo caseiro sendo assado.
Caldos, sopas e consumês
Neste inverno, além dos cuidados com a pele, é importante se preocupar com a alimentação.
Conservas caseiras
Resgate o antigo hábito de fazer conservas caseiras. Além da economia, aproveitando os legumes.
Páscoa
Na Páscoa, é muito comum as famílias se reunirem para uma confraternização.
A fruta do mês
Para se alimentar melhor e ainda economizar, os nutricionistas orientam o consumo de frutas
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo Final

Termos mais pesquisados

Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados