Evangelho na Comunidade

Data de publicação: 29/05/2015

Ano B – 28 de junho de 2015
São Pedro e São Paulo, apóstolos


At 12,1-11 – “Veste tua capa e vem comigo!”
Sl 33(34) – Celebrai comigo o Senhor.
2Tm 4,6-8.17-18 – O Senhor me livrará de todo o mal.
Mt 16,13-19 – “Tu é o Cristo, o Filho do Deus vivo.”

Reflexão Cônego Celso Pedro da Silva
Arte Sergio Ricciuto Conte

Não é difícil ver nos Evangelhos o primado de Pedro. Pode ser difícil aceitá-lo, não por razões lógicas, mas por circunstâncias históricas e por conveniências. Mais difícil ainda é saber como se exerce o primado. São João Paulo II pediu que o ajudassem a ter ideias claras a esse respeito. Como foi que Pedro, Lino, Anacleto governaram a Igreja? Conhecemos os últimos papas, Pio XII, João XXIII, Paulo VI, João Paulo I, João Paulo II, Bento XVI, Francisco. Santos homens, bastantes diferentes uns dos outros, mas todos sucessores de Pedro. Um não é sucessor do outro. Cada um sucede a Pedro na condução da Igreja. Se formos mais para trás, chegaremos a Anacleto, Lino e Pedro numa sucessão ininterrupta de pontífices que se mantiveram firmes na verdade a ser transmitida. Suas vidas foram diferentes, mais santas, menos santas, todos, porém, firmes na condução do rebanho.
Agradecemos a Deus termos permanecido no barco de Pedro, sem nos deixar levar pela tentação de uma perfeição inexistente em outro lugar. Ao longo da História, acontecimentos pouco edificantes levaram alguns a se separarem de Pedro, pouco edificantes na sede de Pedro como também pouco edificantes nas razões de quem se separou. Houve gente séria, que não buscou outra Igreja, mas procurou uma reforma sincera da que sempre existiu. Reforma que separa e divide não é autêntica. A autêntica é levada avante por quem permanece dentro e sofre junto a dor da unidade.
Jesus foi acusado de agir por força de Belzebu. A semente lançada à terra geminou e cresceu sem sabermos como. O barquinho de Pedro balançou na fúria das ondas agitadas pelo vento. É assim a vida da Igreja, feita de homens e de mulheres, seres humanos que acertam o rumo quando aceitam que são humanos, limitados e frágeis. Onde há pessoas, há problemas, e quando se revolve um problema, surgem dois novos. E o barco vai, com Jesus que parece dormir. No fim, Pedro e Paulo são levados de roldão no meio de inúmeros irmãos e irmãs martirizados pelo império. Estes homens e tantos outros derramaram seu sangue pela causa de Cristo, pela causa dos cristãos, pela Igreja de Jesus.
Hoje ocupa a sede de Pedro o papa Francisco, de número 266. Antes dele tivemos 265 papas. Um homem do nosso continente, sem pretensões, dedicado à causa de Cristo e de seu Evangelho, que olha para Jesus e para o povo, sobretudo para os mais sofridos, os que são vítimas da indiferença. Ele nos faz voltar às raízes, às fontes, ao Jesus dos Evangelhos. Desde Pedro até hoje adquirimos costumes e criamos tradições que podem nos impedir de ver a face de Cristo. Se Francisco, às vezes, parece tirar os enfeites que envolvem o rosto de Jesus, é para que vejamos Jesus e não os enfeites. Ele quer todos na Companhia de Jesus e não em outra companhia. Rezemos pelo papa. Ele pede a nossa oração. Sua vida não é fácil. Se nós sofremos oposições e contradições, muito mais quem ocupa o lugar que ele ocupa e que é único. Só há um papa. Seja ele quem for, foi-lhe confiada a tarefa de confirmar seus irmãos e suas irmãs para que tenham uma fé clara, vivam num amor comprometido e não se separem. Diz o papa Francisco que a fé, o amor e a unidade são as dimensões do ministério confiado a Pedro.

Leituras e Salmos (29 de junho a 4 de julho)
2ªf.: Gn 18,16-53; Sl 102 (103); Mt 8,18-22.
3ªf.: Gn 19,15-29; Sl 25 (26), Mt 8,23-27.
4ªf.: Gn 21,5.8-21; Sl 33 (34); Mt 8,28-34.
5ªf.: Gn 22,1-19; Sl 114 (115); Mt 9,1-8.
6ªf.: Ef 2,19-22; Sl 116 (117); Jo 20,24-29.
Sáb.: Gn 27,1-5.15-29; Sl 134 (135); Mt 9,14-17.







Fonte: Familia Crista ed. 953/Maio de 2015
Postado por: Família Cristã




Comentários


Comente





Compartilhe este conteúdo:


Veja Também

Vamos viver em paz!
A fonte da violência na sociedade é a crise de valores que a família atravessa
Revista Família Cristã - Edição de Junho de 2013
Eu vou falar duma revista feita com carinho e devoção por sua irmã e seu irmão que logo à primeira vista traz...
Revista Família Cristã - Edição de Maio de 2013
Analfabeta, negra, filha de mãe solteira e neta de escravos. Para quem não conhece, eis Francisca de Paula de Jesus, ou melhor, Nhá Chica, a mais nova bem-aventurada da Igreja.
Revista Família Cristã - Edição de Abril de 2013
Na terça-feira, 12 de março de 2013, 115 senhores vindos de vários cantos do mundo se encontraram e se fecharam na Capela Sistina, em Roma, para escolher o 266º sucessor de Pedro como Pastor da Igreja.
Revista Família Cristã - Edição de Março de 2013
Um gesto corajoso e inesperado, o de Bento XVI. Mas não abalou a Igreja, porque é Deus que a dirige, o papa é apenas “um simples e humilde operário na vinha do Senhor”, como ele disse logo após a sua eleição, em 19 de abril de 2005.
Início Anterior 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 Próximo Final

Termos mais pesquisados

Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados