Edição de maio 2012

Data de publicação: 01/07/2015

Revista Família Cristã - Maio 2012

Encontros que marcam

Ao contemplar mais uma edição, perpassar, ler e reler cada página, a gente se interroga: “Depois de mergulhar nas reportagens, artigos, notícias... é possível emergir melhor?” Confesso que, sem pretensões, essa edição me fez mais gente, mais humana, sobretudo ao me encontrar com diversas personagens que contaram suas histórias, compuseram o cenário das reportagens. Elas deixam um sabor de céu. Uma vez que estamos em maio, mês dedicado às mães, destaco, Maria Eulina Hilsenbeck e Leonídia Maria dos Santos, mulheres com atitudes divinas, coragem ímpar.
“Quando fui parar nas ruas de São Paulo, eu me vi literalmente debaixo de um teto de lua, estrelas e sol. E ali, eu coloquei limites na minha vida do que eu poderia ou não fazer.” E os limites foram não se prostituir, não roubar, não usar drogas nem pedir dinheiro, que Maria Eulina garante, são valores que vieram de sua criação, da família maranhense e do respeito a si própria. Ela agarrou com todas as forças a oportunidade que teve para sair da situação de rua. Hoje mantém o Clube de Mães do Brasil, espaço por ela fundado, que acolhe moradores em situação de rua e afirma: “Trabalham aqui pessoas que estavam jogadas debaixo da ponte, jogadas às drogas. Nosso trabalho, aqui na casa, é feito com muito amor e muita luta”, conta a mãe Maria Eulina, que você terá a oportunidade de encontrá-la na seção Maturidade, à página 34.
Outro encontro que proporcionamos a você é com a Leonídia Maria dos Santos da comunidade remanescentes quilombolas de Preto Forro. Dona Leonídia conta sua luta para conseguir o Registro Geral de Imóveis, que regularizou a propriedade. A disputa judicial levou 20 longos anos até ser solucionada. “Nasci e fui criada aqui, mas nunca tivemos um minuto de paz. Por diversas vezes, os grileiros invadiram nossa terra e destruíram nossa lavoura. A gente vivia em clima de insegurança. Mesmo assim, nunca desisti de lutar pelo que é meu”, conta a moradora do quilombo, que ainda revela: “Não conseguia dormir bem à noite porque tinha medo de ser expulsa do lugar onde nasci. Graças a Deus, tudo terminou bem”, narra feliz dona Leonídia, que agora pode viver em paz com os dez filhos, netos e bisnetos no quilombo. Com ela, você se encontra à página 66 na seção Reportagem. Também, nas demais páginas, por certo, você vai ter encontros marcantes. Mergulhe nesta edição, de transformadores encontros.
Até a próxima e obrigada por acolher nossa equipe junto de você, por meio da revista.

Nesta Edição

Entrevista Dom Orani Tempesta e a Jornada Mundial da Juventude

Filhos História de Bicho-papão, violência sexual infantil

SOCIEDADE A família persiste ao tempo

MATURIDADE Maria Eulina, história de determinação e solidariedade

REPORTAGEM A vitória do Quilombo de Preto Forro em Cabo Frio (RJ)

PANORAMA Às margens do Lago Titicaca, Ave Nossa Senhora de Copacabana!

PALAVRA VIVA

Reportagem da Revista Família Cristã é premiada

Opinião do leitor

FAMÍLIA

Jovens conectados Seja voluntário

Juventude e fé Vou trocar de mãe

Dinâmica familiar Individualidade e felicidade

Comportamento Deixando para depois

Entre Jovens Pelos direitos da juventude

Painel do leitor Por dentro das nossas famílias

SAÚDE

Ecossaúde Compartilhe a via

Saúde Endometriose e a infertilidade feminina

Bioética Espiritualidade no final da vida

RELIGIÃO

Paz inquieta Pássaros caídos

Vaticano II A Igreja em foco

Cáritas Famílias na agricultura

Formação litúrgica Os dois Batismos

Testemunho de fé Primeiro sacerdote paulino

Igreja  Silêncio e Palavra

ATUALIDADE

Política A lei geral da Copa

Reportagem Comunidade Quilombola


ARTE E CULTURA

Página livre Brasil da escravidão

Cultura Mazzaropi e Giacometti

Trabalhos manuais Chinelos de fuxico

Culinária Viva o México!

Teatro Sogra, mãe e nora

ENCARTE NAMORO (10) O namoro e os outros

O EVANGELHO NA COMUNIDADE
3 de junho  9o  Domingo do Tempo Comum
10 de junho 10o  Domingo do Tempo Comum
17 de junho 11o  Domingo do Tempo Comum
24 de junho 12o Domingo do Tempo Comum




Fonte: Edição 917, maio de 2012
Postado por: Família Cristã




Comentários


Comente





Compartilhe este conteúdo:


Veja Também

Páscoa
Na Páscoa, é muito comum as famílias se reunirem para uma confraternização.
Ao sabor da abóbora
No Brasil, conforme os estados, a moranga é conhecida também como jerimum.
A fruta do mês
Para se alimentar melhor e ainda economizar, os nutricionistas orientam o consumo de frutas
Sabor mineiro
A arte culinária é uma das tradições mais significativas de Minas Gerais.
Viva o México!
O México possui uma gastronomia muito variada, com diferentes pratos típicos, doces e bebidas
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo Final

Termos mais pesquisados

Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados