Liturgia da Palavra

Data de publicação: 04/05/2017

Ascensão do Senhor
Ano A – 28 de maio de 2017

At 1,1-11 – Sereis batizados com o Espírito Santo
Sl 46(47) – Povos todos, aclamai a Deus com vozes alegres.
Ef 1,17-23 – Que Ele ilumine os olhos de vosso coração
Mt 28,16-20 – Eis que estou convosco todos os dias!

Nós cremos em Jesus Cristo, único Filho de Deus Pai. Concebido pelo Espírito Santo, tornou-se homem no seio da Virgem Maria. Anunciou o Evangelho de Deus. Foi preso, foi maltratado e morreu na cruz, mas ressuscitou ao terceiro dia e subiu ao céu, onde está sentado à direita de Deus Pai. De lá virá um dia para julgar os vivos e os mortos, e o seu Reino não terá fim.
Assim cremos, assim professamos a nossa fé e a defendemos com toda a convicção. Isso não nos impede de compreender os outros, aceitá-los, respeitar suas crenças e suas expressões religiosas, desde que não firam a dignidade da pessoa humana.
Aceitar os outros, partilhar com eles, compreender suas crenças não significa negar a nossa própria fé. Podemos até nem expô-la, conversar sem explicar aquilo em que acreditamos. Marcamos presença com caridade efetiva, mansidão e respeito. Nós nos fazemos presentes em qualquer meio, com nossas convicções, sem agressão de tipo algum. Nossa presença é silenciosa e significativa.
Hoje celebramos a Ascensão do Senhor ao Céu. O Senhor sobe ao céu e manda o seu Espírito, o outro Defensor que permanecerá conosco para sempre. Jesus estava no Monte das Oliveiras conversando com os seus discípulos quando começou a subir. Uma nuvem o envolveu e os discípulos não o viram mais.
Os anjos apareceram e transmitiram a mensagem: “Não fiquem aqui olhando para o céu. Assim como ele subiu, ele virá um dia”. A mensagem parecia dizer: “Vão adiante. Vão realizar o que ele mandou”. Eles tinham ouvido na Galileia as palavras de Jesus Ressuscitado: “Vão e façam discípulos meus todos os povos. Batizem-nos em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo e ensinem-nos a observar tudo o que lhes ordenei. E eu estarei com vocês todos os dias até o fim do mundo”.
Quando vemos na história da Igreja os missionários que partem para o meio de povos distantes que não conhecem o Evangelho de Jesus, e deles se aproximam não para lhes impor uma religião, mas para lhes dar uma Boa Notícia, nós os admiramos e nos entusiasmamos. São para nós um exemplo de fé e de amor. Gente de valor e de coragem.
Homens e mulheres dispostos a derramar o seu sangue por causa de Cristo e de seu Evangelho. Não são apenas militantes de uma causa. Lutam por uma Pessoa, que é Jesus, e pelas pessoas que vão encontrando em seu caminho, nas quais veem o rosto de Jesus. Jesus está conosco até o fim dos tempos, e nós o vemos, sobretudo naqueles que são menos amados e mais esquecidos.
Hoje pedimos para nós e para todos os povos o que São Paulo desejou aos efésios na carta que lhes escreveu: Que Deus nos dê um espírito de sabedoria, que nos faça conhecê-lo. Que ele abra o nosso coração à sua luz para sabermos qual é a herança que nos espera. Que nós conheçamos a força que ele manifestou em Cristo quando o ressuscitou dos mortos, e que essa força se manifeste em nós na ressurreição final e na ressurreição de cada dia. Que Deus nos dê a consciência de fazermos parte do corpo no qual Cristo é a cabeça. Façamos crescer o Corpo de Cristo agregando a Ele sempre novos irmãos e irmãs, em primeiro lugar que pratiquem os ensinamentos de Jesus, e também pela pertença a esse corpo, que é a plenitude daquele que possui a plenitude universal.

Leituras e Salmos (29 de maio a 3 de junho)
2ªf.: At 19,1-8; Sl 67 (68); Jo 16,29-33.
3ªf.: At 20,17-27; Sl 67 (68); Jo 17,1-11a.
4ªf.: Sf 3,14-18; Cânt.: Is 12,2-3.4bcd.5-6; Lc 1,39-56.
5ªf.: At 22,30; 23,6-11; Sl 15 (16); Jo 17,20-26.
6ªf.: At 25,13b-21; Sl 102 (103); Jo 21,15-19.
Sáb.: At 28,16-20.30-31; Sl 10 (11); Jo 21,20-25.




Fonte: FC edição 976 - Abril 2017
Postado por: Família Cristã




Comentários


Comente





Compartilhe este conteúdo:


Veja Também

O Anjo Bom do Brasil
Irmã Dulce,a religiosa que conquistou o coração do povo brasileiro será canonizada.
Mesa da Palavra
13º. Domingo do Tempo Comum - Ano C • 30 de junho de 2019 - Solenidade de São Pedro e São Paulo
Mesa da Palavra
A fé cristã professada pela Igreja Católica é de tal forma complicada, que só pode ser verdadeira.
Mesa da Palavra
Solenidade de Pentecostes.Quando ele vier, conduzirá os discípulos à plena verdade.
Mesa da Palavra
A refeição e a pesca são dois acontecimentos unidos na mesma narrativa
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo Final

Termos mais pesquisados

Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados