Hortelã

Data de publicação: 13/11/2017


Vamos aprender cultivar a hortelã, esta planta medicinal e aromática, muito utilizada para fazer remédios naturais para tratar problemas digestivos

Quem mora em espaço pequeno ou apartamento sabe a dificuldade de cultivar qualquer tipo de alimento. Mas para quem deseja cultivar  hortaliças, legumes, ervas medicinais, folhas fresquinhas e livres de agrotóxicos, a falta de espaço pode ser compensada utilizando as paredes e tetos de casa. A partir desta edição, a Revista Família Cristã traz uma novidade. A cada mês vai sugerir como cultivar hortaliças, legumes, folhas, e ervas medicinais e ainda receitas. Iniciamos com a hortelã.
Com muitas variedades diferentes, todas bem fáceis de manter, e durando por muitos anos se forem cuidadas corretamente, essa hortaliça é um pouco invasiva, no entanto, pode competir com outras espécies próximas por recursos, se crescerem livremente. Para cultivar a hortelã, você precisa plantá-la em recipientes ou encontrar um método de restringir o crescimento de suas raízes abaixo do solo. Além de ser uma erva saborosa e versátil incrementa uma salada de frutas, um prato de cordeiro ou peixe ou mesmo um copo de chá gelado ou um coquetel.

Mudas ─ Você encontra mudas de hortelã na maioria das lojas de jardinagem. Existem muitas variedades como hortelã-doce, hortelã-chocolate, hortelã-limão, hortelã-verde, hortelã-maçã e hortelã-pimenta. Mais comumente usada para cozinhar, essa hortaliça se espalha rapidamente e é perfeita para suas primeiras tentativas de cultivar plantas.
Faça um corte em uma planta pre-existente. O ramo não precisa ter muitas folhas, e quase qualquer ramo brotará. Coloque o ramo em 1 copo de água. Dentro de uma semana, as pequenas raízes brancas devem aparecer debaixo da água. Espere mais por um período de uma semana, para permitir que as raízes se transformem e tenham um bom comprimento. Adicione a água no copo, quando for necessário.
 
Plantio ─ Idealmente, você deve plantar a hortelã na primavera ou no outono, se não houver geada. Apesar de ser uma planta resistente, é melhor começar a cultivá-la em condições ideais.

Em um vaso ─ Transplante as mudas ou raminhos enraizados em um recipiente. Coloque a hortelã em vasos, é a forma mais popular de cultivá-la, porque você pode facilmente mantê-la sob controle, bem como mantê-la perto de sua cozinha, para que possa usá-la com frequência. A hortelã espalha-se rapidamente, e suas raízes têm uma tendência a sufocar as raízes de outras plantas, caso seja plantada no jardim ou horta. Você deve adicionar um polímero de retenção de água na parte debaixo do vaso para que fique úmido e não seque demais. Plante a muda ou o ramo enraizado com 5 centímetros de profundidade. Se for plantar várias mudas, plante-as com 15 centímetros de distância. Isso dará a cada muda espaço suficiente para crescer. Escolha um local com luz solar adequada. Ao plantar a sua hortelã ou posicioná-la sua hortelã em vasos, você precisará escolher uma área que receba sol da manhã e sombra parcial à tarde. Você pode até mesmo colocar o seu vaso dentro de casa, em uma janela, se ele estiver em local que tenha bastante luz solar.

No chão─ Se você for plantar no chão, utilize uma área úmida com sol e sombra parcial. Se plantar em um canteiro de flores, mergulhe-a em um recipiente primeiro. Para isso deverá submergir-lá em um recipiente, como um vaso ou uma sacola de malha que tenha pelo menos 5 centímetros de profundidade. Deixe a borda do recipiente acima do nível do chão, para que o sistema radicular da planta fique contido, e ela não tome conta do jardim.

Cuidados ─ Mantenha o solo úmido, mas não encharque. Se a hortaliça fica na luz solar diretamente, regue-a com mais frequência.  Mantenha a parte superior da planta podada. Se fizer isso, você a impedirá de crescer muito alto e possibilitará que desenvolva mais folhas laterais.  Apare os botões florais para manter a planta compacta.

O uso ─ Colha as folhas verdes frescas como desejado, a partir do fim da primavera e início do outono. Nunca colha mais do que um terço das folhas de uma só vez e permita que a planta volte a se desenvolver antes de remover mais.  Existem infinitas aplicações para utilizar a hortelã. Eis algumas: sirva como um toque de acabamento ao peixe, frango, cordeiro ou outro prato de proteína. Use-oa para condimentar vegetais como cenoura, ervilha e batata. Tempere saladas, como saladas de frutas, saladas de figo e rabanete saladas, ou saladas de nozes e queijo de cabra. Use-a ainda em bebidas, como chá gelado, suco ou limonada.

Os benefícios ─ Contendo poucas calorias, muitos nutrientes e fornecendo apenas 70 calorias por 100 gramas de seu consumo, essa hortaliça é rica fonte de fibra dietética, proteína, em vitaminas C, B e a D e minerais, como magnésio, ferro, sódio e potássio. Benefícios para as funções digestivas: ajuda no fortalecimento dos órgãos digestivos e auxilia em uma digestão eficiente. Proporciona o funcionamento das glândulas salivares e várias enzimas digestivas, que ajudam na digestão. Pode ser usada em casos de dores de estômago e indigestão.
Chá de hortelã é frequentemente consumido por pessoa que sofrem de prisão de ventre, pois é ricao em fibras dietéticas que contribuem com o movimento do intestino. Devido ao aroma forte, a hortelã ajuda no alívio do estresse. Seu óleo de hortelã é usado em vários medicamentos para evitar dores de cabeça a depressão. Consumida para prevenir doenças respiratórias, é útil contra infecções de garganta. Seu cheiro forte ajuda na limpeza da traqueia e remove o bloqueio do nariz e congestões respiratórias. Ajuda no combate à asma.

Folhas cristalizadas
As folhas cristalizadas de hortelã são uma guloseima à moda antiga para servir no chá da tarde ou como aperitivo. A receita original sugere que suas folhas sejam servidas no chá com rodelas de limão e um torrão de açúcar. Também são úteis como decorações de bolos e diversas sobremesas.
Ingredientes
•    Folhas de hortelã limpas
•    Clara ligeiramente batida
•    3 colheres de (sopa) de açúcar refinado
•    1 gota de essência de hortelã ou baunilha

Modo de preparar
Retire as hastes e esfregue cada folha de hortelã suavemente com um dedo que tenha sido passado na clara. Coloque sobre uma superfície de trabalho plana e limpa. Peneire o açúcar aromatizado sobre as folhas de hortelã. Distribua-as em uma assadeira forrada com papel-manteiga. Deixe secar em um lugar aquecido, mas não excessivamente quente. Quando ficarem crocantes, as folhas cristalizadas estarão prontas para o consumo.

Chá
Ingredientes
•    Um punhado de folhas de hortelã
•    Água

Modo de preparar
Coloque a água para ferver. Lave a hortelã e leve para ferver. Desligue o fogo, espere esfriar um pouco e sirva, adoçado a gosto. Se não adoçar o chá ficará com um sabor mais original e saudável.

Boxe
A partir desta edição, deixaremos de publicar as receitas de culinária para propor a você, leitor(a) sugestões de cultivo de plantas medicinais em pequenos vasos. Além de formar uma pequena horta, você terá plantas ornamentais.





Fonte: FC edição 961- janeiro 2016
Postado por: Família Cristã




Comentários


Comente





Compartilhe este conteúdo:


Veja Também

A vida é preciosa
Os cuidados paliativos são expressão da atitude profundamente humana de cuidar uns dos outros.
Dia Mundial dos Pobres
“Partilhar com os pobres permite-nos compreender o Evangelho na sua verdade mais profunda”.
Sabedoria como herança
“A velhice, sempre vista como uma época de declínio, pode trazer novas habilidades muito poderosas”.
Mulheres aprisionadas
Quem tivesse uma Bíblia dentro do campo seria castigada ou mesmo assassinada por enforcamento.
As fibras vão à mesa
Não existe mais a desculpa, para não consumi-los, de que o sabor não ajuda.
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo Final

Termos mais pesquisados

Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados