Liturgia da Palavra

Data de publicação: 22/06/2018

12º Domingo do Tempo Comum - Natividade de São João Batista
Ano B -  24 de junho de 2018


Vigília - Jr 1,4-10; Sl 70 (71); 1Pd 1,8-12; Lc 1,5-17
Dia: Is 49,1-6 – A minha defesa estava com o Senhor
Sl 138 (139) – Senhor, tu me conheces.
At 13,22-26 – Deus fez surgir para Israel um Salvador.
Lc 1,57-66.80 – “Ele vai se chamar João.”
   
    Natividade de São João Batista

1. A liturgia celebra três nascimentos: o de Jesus, o de Maria e o de São João Batista. O nascimento de João Batista foi assim: ele nasceu nos dias de Herodes, rei da Judeia. Seu pai, sacerdote da classe de Abias, se chamava Zacarias. Sua mãe era Isabel, prima de Nossa Senhora. Zacarias e Isabel eram idosos e não tinham filhos. Quando Zacarias estava de serviço no Templo, o anjo Gabriel, que assiste diante do trono de Deus, foi enviado para lhe dar a boa notícia do nascimento de um filho. O mesmo anjo anunciará depois a Maria o nascimento de Jesus. Zacarias se assustou quando viu o anjo de pé, à direita do altar do incenso. O anjo, porém, o tranquilizou dizendo que sua prece tinha sido atendida. Sua esposa lhe daria um filho e o nome do menino devia ser João, que significa “Deus é favorável”. O anjo acrescentou ainda que Zacarias iria ter muita alegria com o nascimento do menino, e com ele muita gente também. Ele será grande diante do Senhor. Não beberá vinho nem bebida embriagante, ficará cheio do Espírito Santo ainda no seio de sua mãe, fará voltar muitos filhos de Israel ao Senhor, seu Deus. Andará com o espírito e o poder de Elias para converter os corações dos pais aos filhos e os rebeldes à prudência dos justos, para preparar ao Senhor um povo bem disposto. Seu pai, Zacarias, inspirado pelo Espírito, chamou o recém-nascido de Profeta do Altíssimo e precursor do Senhor.
2. Na Vigília de São João Batista, ouvimos o profeta Jeremias falando de si mesmo e dizendo que Deus o conheceu e consagrou já no ventre materno. O texto se aplica a São João Batista, que pulou no ventre de sua mãe, quando ela recebeu a visita de Maria, que carregava em seu seio o Menino Jesus. O Salmo 71 faz a mesma afirmação: “Sois meu apoio desde antes que eu nascesse, desde o seio maternal, o meu amparo”. São Pedro, na segunda leitura, fala dos profetas que investigam, meditam e profetizam sobre a graça da salvação a nós destinada. João é o profeta que anuncia a graça por excelência, que é a pessoa de Jesus. O Evangelho de Lucas relata o anúncio do nascimento de João Batista feito pelo Anjo Gabriel ao sacerdote Zacarias no Templo.
3. No dia da festa, o profeta Isaías, escrevendo sobre o Servo do Senhor, também afirma: “O Senhor me chamou antes de eu nascer, desde o ventre de minha mãe Ele tinha na mente o meu nome”. O Salmo 139 louva a Deus, que nos conhece por dentro e nos modelou nas entranhas de nossa mãe. Os Atos dos Apóstolos falam explicitamente do Batista. Ele pregou um batismo de conversão para todo o povo de Israel, antes que Jesus chegasse. O Evangelho relata que no oitavo dia, por ocasião da circuncisão do menino, ele recebeu o nome de João e todos perguntavam: “O que virá a ser este menino?”.
4. Muito se disse de João, mas seu maior elogio será feito pelo próprio Jesus. Perguntando às pessoas que o ouviam o que foram ver no deserto, Jesus mesmo responde: “Um caniço agitado pelo vento? Um homem vestido de roupas finas? Um profeta? Eu afirmo que sim, e mais do que um profeta. Entre os nascidos de mulher, não surgiu nenhum maior do que João”. João, no entanto, dizia de si mesmo: Eu não sou o Cristo. A minha alegria é ser o amigo do esposo. “É preciso que ele cresça e eu diminua.”

Leituras e Salmos (25 a 30 de junho)
2ªf.: 2Rs 17,5-8.13-15a.18; Sl 59 (60); Mt 7,1-5.
3ªf.: 2Rs 19,9b-11.14-21.31-35a.36; Sl 47 (48); Mt 7,6.12-14.
4ªf.: 2Rs 22,8-13; 23,1-3; Sl 118 (119); Mt 7,15-20.
5ªf.: 2Rs 24,8-17; Sl 78 (79); Mt 7,21-29.
6ªf.: 2Rs 25,1-12; Sl 136 (137); Mt 8,1-4.
Sáb.: Lm 2,2.10-14.18-19; Sl 73 (74); Mt 8,5-17.




Fonte: Fc edição 989, Maio de 2018
Postado por: Família Cristã




Comentários


Comente





Compartilhe este conteúdo:


Veja Também

Liturgia da Palavra
23 de dezembro de 2018 - 4º Domingo do Advento - Ano C - Liturgia da Palavra
Liturgia da Palavra
9 de dezembro de 2018 - 2º Domingo do Advento - Ano C - Liturgia da Palavra
Santos, beatos e mártires
Quanto mais leigos protagonistas, mais conhecido e amado será o Nosso Senhor Jesus Cristo
Liturgia da Palavra
2 de dezembro de 2018 - 1º Domingo do Advento - Ano C- Liturgia da Palavra
Converter-se
Aquilo que vem de Deus e visa verdadeiramente ao nosso bem, deixa dentro de nós um rastro bom
Início Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 Próximo Final

Termos mais pesquisados

Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados