Você tem medo?

Data de publicação: 20/09/2018




Do que você tem medo? De ladrão, de barata, de sapo? Do futuro, de perder quem ama, da solidão? Alguns sentem medo, mas não sabem dizer do quê. Saber o que se sente é o princípio da cura. O primeiro passo de Jesus com os seus era mostrar-lhes a verdade sobre si mesmos; foi um Mestre nisso! Mostra-nos, como num espelho, quem somos. Podemos fugir desta revelação e fazer de conta que está tudo bem; ou aceitar, assumir nossas fraquezas e, com autoconhecimento e boa espiritualidade, partir para uma transformação.
Sentir medo é bom? Não é prazeroso, mas na medida certa é útil. É um sentimento básico, que, junto com a raiva, a tristeza, a alegria, o amor, o nojo e a surpresa, forma um conjunto de emoções, herdado da nossa espécie, e faz parte de nosso repertório comportamental. Se são transmitidos a todos, então, nem Jesus foi imune a eles! Sim, Jesus teve medo! Mas será que o medo de Jesus era igual ao nosso?
Ele, homem e Deus, experimentou em tudo a condição humana, menos o pecado. Isto quer dizer que em Jesus não havia erro! Não havia equívocos no seu pensar, sentir e agir, porque, ao relacionar-se com a realidade, não a distorcia. Quando olhava para a vida, pessoas, passado, presente ou futuro, enxergava-os exatamente como eram, sem exagerar ou diminuir. Portanto, diante de situações em que qualquer ser humano normal sentiria medo, ele também sentia.
O problema está em nutrir o medo de forma desproporcional à realidade. É quando começam as doenças. Neste time, alimentados pelo medo e pela ansiedade, podemos citar: fobias específicas, agorafobia e fobia social, transtorno de ansiedade generalizada, transtorno obsessivo compulsivo, Ttranstorno de estresse pós-traumático e o transtorno do pânico.

Superar os medos – Como lidar com o medo? A oração alcança o impossível, mas por que desprezar a ciência, já que Deus fez o homem inteligente? É possível separar o mundo espiritual do emocional? A boa espiritualidade é aliada do autoconhecimento e vice-versa. Há pessoas que rezam muito, mas não, bem! Não saem do lugar. Há pessoas que rezam muito e, bem. Chegam mais longe. E aquelas que rezam muito, bem e lançam mão do autoconhecimento. Essas, ninguém segura! Certamente aprendem o medo na dose certa.
Se você quer superar seus medos, primeiramente, olhe para si! Descubra se interpreta a realidade de maneira saudável, ou a distorce, para mais ou para, menos. Se pensar: Deus! Isto é o fim do mundo! Fará uma tempestade – talvez, “em copo d’água”! Seus sentimentos serão de grande medo, desespero ou pânico. Seus comportamentos? Só Deus sabe!
Agora, se diante de um desafio você pensar: “É difícil, eu tenho medo, mas, com a graça de Deus, organização, esforço e ajuda eu supero isso!”. Como vai se sentir? O que acha que vai fazer? Qual postura pode garantir melhores resultados para sua vida?
Você pode me dizer: eu não consigo! Eu tento reagir melhor ao que me acontece, mas vivo catastrofizando tudo! Então, procure ajuda! Para muitos transtornos, precisamos unir tratamento psicoterápico com farmacológico. Não é sinal de fraqueza procurar socorro. Só admite que tem limites e precisa superá-los, aquele que é forte, adulto e tem humildade.
Medo é assim: se eu enfrento, ele diminui; se eu fujo, ele continua, ou aumenta! Enfrente seus medos! Você perceberá que a maioria deles nunca passou de uma ilusão, um fantasma, que na verdade existiu apenas em sua mente! E quanto aos medos fundamentados em coisas reais? Mesmo estes, quando olhados de frente, de forma realista, cabeça erguida e mãos dadas a uma boa espiritualidade, diminuem de tamanho. Será bem mais fácil superá-los! Bom trabalho!


Se diante de um desafio você pensar: “É difícil, eu tenho medo, mas, com a graça de Deus, organização, esforço e ajuda eu supero isso”!




Fonte: Fc edição 989, Maio de 2018
Postado por: Família Cristã




Comentários


Comente





Compartilhe este conteúdo:


Veja Também

Balbuciando o inefável
A arte entrelaça com a espiritualidade como um dos meios capazes de comunicar a experiência humana
Evangelho
Ano B – 3 de maio de 2015 5º Domingo da Páscoa
Evangelho
Ano B – 26 de abril de 2015 4º Domingo da Páscoa
Evangelho
Ano B – 19 de abril de 2015 3º Domingo da Páscoa
Evangelho
Ano B – 5 de abril de 2015 Ressurreição do Senhor
Início Anterior 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 Próximo Final

Termos mais pesquisados

Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados