Batata-doce: a melhor amiga da

Data de publicação: 31/01/2019

Por, Carmen Maria Pulga
Inclua em seu cardápio a queridinha das academias.
A batata-doce tem sua origem em regiões quentes da América do Sul – cultivada pelos índios há pelo menos 10 mil anos. Hoje em dia está presente em qualquer parte do planeta. Nutritiva e versátil, ela entrou na dieta da boa forma, e as receitas se popularizaram entre os praticantes de academia. Os seguidores de dieta para emagrecer e os atletas sabem dos benefícios da batata-doce para a boa forma. Por isso ela é recomendada pelos nutricionistas como a favorita, não só por contribuir no ganho de massa magra, mas também por seu alto valor nutritivo e baixo índice glicêmico.
Segundo o fitoterapeuta Hilton Claudino, autor do livro Vegetais que Geram e Promovem a Vida, de Paulinas Editora, esse tubérculo aumenta nossas defesas imunológicas, fortalece todo o organismo, é um ótimo aliado na prevenção de lesões, além de proporcionar força e energia. Possui carboidratos complexos e a sua absorção é lenta, motivo pelo qual não eleva bruscamente o nível de açúcar no sangue.
Além disso, a vitamina C da batata-doce ajuda a manter o colágeno e reduz o risco de desenvolvimento de algumas formas de artrite. Os carotenoides existentes nela podem ajudar seu corpo a responder à insulina e estabilizar o açúcar no sangue. A vitamina B6 ajuda na resistência do coração diabético. Seu alto teor de fibra solúvel auxilia na redução tanto de açúcar no sangue como no colesterol. A batata-doce é também um calmante para o estômago. As vitaminas do complexo B, vitamina C, potássio, betacaroteno, e de cálcio podem ajudar na cura de úlceras no estômago. As fibras ajudam a prevenir a prisão de ventre e acidez. Todos esses nutrientes conferem à batata-doce o poder de ser antianêmica e anti-inflamatória.
Precisa de mais motivos para incluir esse vegetal em seu cardápio? Então vamos lá.  Experimente estas receitas, pouco comuns e muito apetitosas:



Doce de batata-doce com gelatina

















Ingredientes
•     1 kg de massa de batata-doce
•    800 g de açúcar
•    1 vidro de leite de coco
•    1 envelope de gelatina incolor, sem sabor
•    1 envelope de gelatina do sabor de sua preferência
•    1 xícara (chá) de água quente
Modo de preparo
Cozinhe as batatas com a casca. Descasque-as e bata a quantidade certa no liquidificador junto ao leite de coco e o açúcar. Dissolva as gelatinas na água quente. Misture tudo no liquidificador. Leve ao fogo até dar ponto de brigadeiro. Despeje numa forma untada com manteiga. Deixe esfriar um pouco e depois leveà geladeira. No dia seguinte, corte em quadradinhos e passe no açúcar refinado ou no coco ralado. Eu passei no açúcar o doce com gelatina de morango e no coco o doce com gelatina de abacaxi. Com essa mesma massa, você pode fazer docinhos para coquetel. São saborosos e saudáveis.

Chips de batata-doce


Ingredientes
•    Uma ou mais, batata-doce fatiada fina
•    Sal a gosto
•    Suco de limão a gosto
•    Azeite de oliva a gosto
Modo de preparo
Corte as fatias da batata-doce com a ajuda de um fatiador de legumes, adicione o suco de limão, sal e azeite e outros temperos de sua preferência. Eu polvilhei um pouco de orégano. Misture o tempero em todas as fatias. Forre uma assadeira com papel-alumínio, disponha as fatias temperadas sem sobrepor umas às outras. Asse em forno médio 180 C por uns 10 minutos. Vire as fatias e deixe dourar por igual.







Pão de queijo de batata-doce
Ingredientes
•    1 xícara (chá) de polvilho doce
•    1 xícara (chá) de polvilho azedo
•    1 xícara (chá) de queijo a seu gosto, ralado
•    ¼ xícara (chá) de água
•    ¼ de xícara (chá) de óleo
•    1 ½  xícara de massa de batata-doce
 Modo de preparo
Cozinhe a batata e amasse com um garfo. Em um recipiente, misture a batata-doce com todos os ingredientes da receita e mexa com as mãos até obter uma massa para modelar os pãezinhos. Unte uma forma e disponha as bolinhas mais ou menos afastadas. Leve ao forno préaquecido e asse por volta de 30 minutos a 180°C. Fique de olho, dependendo do forno, assa mais rápido.
Segredinho: A batata-doce combina com quase tudo, menos com o tomate. Ela pode entrar em saladas, purês, pães e doces. Casa bem em pratos com peixes, aves e queijos. Enfim, parece que ela só não se dá bem com o tomate. Para garantir, separe os dois.





Fonte: Revista Família Cristã, edição 992, agosto de 2018
Postado por: Família Cristã




Comentários


Comente





Compartilhe este conteúdo:


Veja Também

Juntos até o fim
O amor não é item da tal lista das coisas consumíveis, onde conquistar é mais importante que manter
Antoninha, a parteira do Vale
Fez o próprio parto de gêmeos, enquanto o marido foi buscar um carro para levá-la ao hospital
Aposentadoria que vem por aí..
O governo propõe Reforma Previdenciária que aumenta idade mínima de contribuição e suscita debate...
Pelos cantos da vida
Não duvide quando disserem que quem canta seus males espanta. Entenda aqui os motivos
Começar de novo
A solidão nem sempre é o fim de quem ama, a viuvez.
Início Anterior 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 Próximo Final

Termos mais pesquisados

Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados