Um chamado que faz chamar!

Data de publicação: 25/02/2019

Por,  Pe. Reginaldo carreira



“Segue-me!” É o chamado de Jesus para os apóstolos e discípulos, nas mais diferentes ocasiões, narradas no texto bíblico. E este imperativo também continua sendo o chamado de Jesus, no decorrer da História, a tantos homens e mulheres que se sentem atraídos pelo seu amor! Para quem tem fé, este chamado funciona como uma direção de vida, um sentido da existência que ultrapassa o entendimento humano e faz questionar nosso merecimento, ao mesmo tempo que leva a compreender que Deus nos quer participantes de sua obra. E por quê? Para nos salvar! Salvar primeiro o que foi chamado, e depois, só então, salvar aqueles a quem o chamado nos levar!
Tudo começa com um chamado, difícil de explicar até mesmo para quem crê, visto ser uma experiência pessoal e única, que vai acontecendo numa história específica, porém das formas mais diversas. Uma afinidade com as coisas da Igreja, um sentimento de pertença, uma vontade de fazer algo mais do que a simples participação comum de quem vai à Missa nos fins de semana, o que já é muito importante e especial. Um chamado que muitas vezes é questionado e rejeitado por um bom tempo, até que se percebe como o profeta Jeremias, que é uma luta desigual (cf. Jr 20,7), e que, embora Deus nos dê toda a liberdade de escolha, vale a pena escolher o que Ele sugere e ouvir a sua voz!
“Segue-me!”, não é apenas o chamado do sacerdote ou do religioso ou religiosa...! É o chamado do catequista, do membro da Pastoral da Saúde ou da Liturgia. É a voz interior ouvida e sentida, que nos leva a uma resposta concreta e feliz! “Eis-me aqui!”, respondeu Maria ao seu chamado (Lc 1,38); “Te seguirei por onde fores!” (cf. Mt 26,35), respondeu Pedro, sem entender ao certo o que estava dizendo! Mas todos foram aos poucos dizendo sim!

A graça de Deus – Muitas vezes este chamado acontece a partir de uma voz concreta e próxima, de alguém que nos convida para um serviço na vida da Igreja e em nome da Igreja. Por isso digo que o chamado faz chamar! Na verdade, o sim de Maria, o sim de Pedro e Paulo, o sim de cada apóstolo, a resposta positiva de cada discípulo, foi acontecendo como uma corrente elétrica que encontra um outro fio condutor e segue seu caminho. E aquele que experimentou o valor e a alegria do chamado chama outros que estão buscando se encontrar e encontrar a Deus, pois não pode guardar para si um amor tão grande, muito menos deixar estagnada uma graça que é atuante e não estática, e que se potencializa cada vez que é partilhada, porque é essencialmente amor!
E, assim, os primeiros chamados de Jesus se tornaram o chamado de seus discípulos a outros irmãos e irmãs, e chegaram a Agostinho, a Francisco, à Clara, à Teresinha, a Tiago Alberione, a São João Paulo II, e a tantos outros que potencializaram o chamado! Hoje este chamado chega a mim e a você, e com toda certeza não ficará parado em nós! Primeiro porque não depende única e exclusivamente de nós, depois porque este chamado nos impulsionará a fazer algo, a dizer algo, a defender o que cremos que nos deu um sentido à vida.
Não dá mesmo para explicar um chamado de fé! Mas dá para partilhá-lo, conduzi-lo a outros, testemunhá-lo ao mundo! E a graça de Deus fará o resto, afinal foi nela que o chamado teve sua origem!





Fonte: Revista Família Cristã, edição 992, agosto de 2018
Postado por: Família Cristã




Comentários


Comente





Compartilhe este conteúdo:


Veja Também

Educação à prova
Proposta de reforma do Ensino Médio faz repensar a urgência de se repensar a educação no País
Em busca da realização
Nós temos quatro grandes aspectos na vida: pessoal, afetivo, social e profissional.
Conhecimento e decisão
Planejar a própria carreira profissional e exercitar o autoconhecimento
A liberdade de Deus
De detento a estudante de Teologia, conheça a história de Vilson Lima
Jovens fazendo política
A pressão de uma juventude que está cansada do velho jeito de cuidar do que é público
Início Anterior 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 Próximo Final

Termos mais pesquisados

Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados