Igreja, sacramento de Cristo

Data de publicação: 03/04/2013

Por Frei Luiz S. Turra, ofm Cap. *

A Igreja sempre foi considerada sacramento de Cristo, porém, o tempo e a prática foram deixando na sombra esta realidade sacramental da Igreja enquanto “Corpo de Cristo”. O Concílio Vaticano II veio despertar a atenção dos cristãos, identificando a Igreja como sacramento, a partir do mistério pascal de Cristo: “Do lado aberto de Cristo na cruz nasce o admirável sacramento de toda a Igreja” (SC 5).

Sem deixar o lado humano da Igreja, que muitas vezes causa tantos ranços à sociedade, o Concílio apresenta seu rosto luminoso e animador, identificando-a com a vida e missão de Cristo Ressuscitado: “A Igreja caracteriza-se, ao mesmo tempo, como humana e divina, visível, mas ornada de dons invisíveis... Nela o humano se ordena ao divino, o visível ao invisível... o presente à cidade futura que buscamos” (SC 5).

Igreja, mediação visível

Não tiramos a razão a Santo Agostinho, quando diz que “não há outro sacramento de Deus a não ser Cristo”. Nenhuma conquista poderá ser maior do que a de Cristo. É por este motivo que se confirma que Cristo é o “sacramen- to original”. Após a sua ascensão ao céu, nós permanecemos no mundo e somos necessitados da mediação visível, histórica e real como possibilidade de encontro com Deus em Cristo.

A mediação é uma necessidade humana que não pode ser dispensada para podermos relacionar o mundo imanente ao transcendente. Neste caso, a mediação se torna transparência que nos possibilita o encontro. A resposta a esta necessidade nos é dada por Cristo na Igreja. A Igreja é o primeiro sinal sacramental de Cristo para a humanidade. Se Cristo é o “sacramento original”, a Igreja passa a ser o “sacramento principal. Toda a sacramentalidade que nos vem de Cristo passa para nós na mediação da Igreja.

A igreja é sacramento por seu ser

A Igreja se identifica no mundo como uma realidade bem concreta que se mistura com o cotidiano dos humanos, porém justifica o seu ser em vista do invisível e espiritual. A categoria de sacramento evidencia a realidade em seu aspecto físico material e em sua dimensão de mistério. Como Cristo, a Igreja é divina e humana simultaneamente. Porém, diferentemente de Cristo, a Igreja, como humana, é pecadora e Cristo não foi pecador. Daí a necessidade que a Igreja tem de estar em permanente conversão para “ir se tornando o que deve ser”. A Igreja configura-se no mun- do com formas terrestres, ao mesmo tempo em que é dotada de bens celestiais. Nela convive o Já do que está para vir e o ainda não de nossas demoras humanas.

A igreja é sacramento por sua ação

Aqui vale o testemunho de vida e a coerência entre as obras reais e o seu mistério. As palavras, os compromissos com a vida, as organizações externas e as instituições são chamadas a responder a sua identidade como “sacramento de Cristo no mundo”. Neste caso não podemos distanciar a sua preocupação pela educação da fé, a celebração litúrgica e a caridade organizada. A Palavra e os sacramentos devem ser a alma de toda a ação da Igreja em favor da humanidade.

A igreja é sacramento por sua palavra

Se o Pai fez ouvir a sua voz, tor- nando-a a “voz da Palavra”, e o Filho tornou visível o “rosto da Palavra”, a Igreja tem por missão ser a “casa da Palavra”. Como “casa da Palavra”, a Igreja necessita cul- tivar o cuidado com o tesouro re- velado, com a interpretação da Escritura, para que a sacramentalidade da Palavra não fique jogada na indiferença, ou no desprezo. Na própria identidade da Igreja está a Palavra que a impregna e a torna responsável para que se torne viva na caminhada humana.

Perguntas

O que nos deixa claro que a Igreja é o “sacramento de Cristo”?

Por meio de que a Igreja é sacramento?

Como nossa comunidade pode viver melhor esta realidade de “Igreja sacramento”?



* Frei Luiz S. Turra, pertence à Ordem dos Frades Menores Ca­puchinhos.

Publicado na edição de fevereiro de 2011 da Revista Família Cristã.




Fonte: Família Cristã 902 - Fev/2011
Postado por: Família Cristã




Comentários


Comente





Compartilhe este conteúdo:


Veja Também

Gastrotinga
Timóteo Domingos está surpreendendo o Brasil com sua criatividade empreendedora...
A raiz da vida
Pão do Brasil, pão dos trópicos, pão da terra, camelo vegetal ou rainha do Brasil
Um aliado saudável
Chayote, christophene, vegetable pear,choko, são vários nomes para um mesmo amigo da saúde, o chuchu
Doce e muito saudável
A batata-doce, um carboidrato que nos oferece diversos nutrientes e até ajuda a manter o peso
Da casca à semente
A abóbora, além de render pratos muito saborosos, traz junto um pacote de benefícios para a saúde
Início Anterior 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 Próximo Final

Termos mais pesquisados

Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados