Evangelho na comunidade

Data de publicação: 28/06/2013

Solenidade de São Pedro e São Paulo

At 12,1-11; Sl 33(34); 2Tm 4,6-8.17-18; Mt 16,13-19


Cônego Celso Pedro da Silva*
Arte: Sergio Ricciuto Conte

Quem é o teu Jesus? A pergunta, que se encontra nos Evangelhos sinóticos, espera que os discípulos tenham uma visão exata de Jesus, que as palavras para dizer quem é Jesus tenham um significado correto e retratem de verdade o Messias, o Filho do Deus vivo. É assim que Pedro responde no Evangelho de Mateus, e o evangelista amplia a resposta num diálogo entre Jesus e Pedro estabelecendo os fundamentos da Igreja nascente.

Pedro afirma que Jesus é o Messias, o Filho do Deus vivo. De onde Pedro tirou tal afirmação? Ao dizer isso, não está ele equivocado, não está ensinando alguma coisa errada a seus irmãos? Não, porque foi o Pai que está no céu que revelou a Pedro quem é Jesus, para que ele o anuncie ao mundo com segurança.

Pedro recebe de Deus a revelação. Ele terá as chaves do Reino para ligar e desligar, e com Pedro a Igreja de Jesus não será vencida pelo poder do inferno. Entendamos Pedro e pedra do jeito que quisermos. Jesus está falando de Pedro e da sua Igreja, para aqueles dias e para todos os tempos.

O êxodo de Pedro – Como na saída do Egito, era o dia dos pães sem fermento quando Pedro foi preso. Os soldados egípcios desempenharam importante papel na perseguição dos hebreus. Soldados marcam presença na cena da prisão de Pedro. A escuridão cobriu o Egito, mas as casas dos hebreus estavam iluminadas, e assim a cela de Pedro se ilumina com a presença do Anjo.

Um Anjo precede o povo que sai do Egito, e o Anjo acompanha Pedro que sai da prisão. Tudo se faz às pressas. Cinto, sandálias são colocados: assim Pedro, assim os hebreus na noite do Egito. Os episódios de Pedro aconteceram “naquela mesma noite”. Qual noite? Pedro sai e vai para a casa da mãe de João, também chamado Marcos e depois sai e vai para outro lugar, e não aparece mais. Pedro vai para o lugar que Jesus disse que ia preparar.

A corrida de Paulo – Paulo correu o tempo todo até os confins da terra para anunciar o Evangelho de Jesus, e completou a corrida. Foi um combate, um bom combate que ele travou até o fim, e guardou a fé. Agora lhe resta receber a coroa. Durante todo o tempo o Senhor esteve a seu lado e lhe deu forças. A mensagem foi anunciada, integralmente, a todas as nações.

Agora chegou o momento da sua partida. O Senhor o salvará em seu Reino celeste. Quando falamos de Pedro pensamos em Paulo. Sempre que celebramos um, celebramos o outro também. São as duas oliveiras que adornam o candelabro. São as colunas da Igreja.

Nossa vida hoje – O demônio pediu licença a Deus para peneirar os apóstolos como se peneira o trigo, mas Jesus rezou particularmente por Pedro, para que a sua fé não falhasse, e uma vez convertido ele pudesse confirmar os seus irmãos (cf.Lc 22,31-32).

O demônio quer se apoderar de Pedro, Jesus reza por Pedro para que sua fé seja firme, e uma vez convertido possa confirmar a fé de seus irmãos. É assim que vemos o nosso papa Francisco, sucessor de Pedro em nossos dias. Deus lhe dá a segurança da fé para que confirme a fé de todos os fiéis, e nós, por nossa vez, possamos caminhar com segurança, guiados pelo Bom Pastor.

*Sacerdote e professor de Sagrada Escritura.




Fonte: Família Cristã 929 - Mai/2013
Postado por: Família Cristã




Comentários


Comente





Compartilhe este conteúdo:


Veja Também

Doença celíaca
Doença do intestino delgado, autoimune, crônica, causada por uma reação ao glúten
TOD à luz da escuta de Baco
Transtorno Opositivo Desafiador, conheça esta doença
Doenças autoimunes
Quando nosso sistema imunológico se desequilibra, entram em cena as doenças autoimunes
Você cuida bem da sua audição?
A saúde da nossa audição é também questão de bem-estar
Sinusite ou rinite?
Tanto a sinusite como a rinite são inflamações que afetam as mesmas regiões do corpo.
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo Final

Termos mais pesquisados

Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados