Milhares de jovens latino-americanos participarão da jornada

Data de publicação: 20/07/2013



Milhares de jovens latino-americanos já desembarcaram ou estão chegando ao Rio de Janeiro para participar da Jornada Mundial da Juventude (JMJ). De acordo com a Conferência Episcopal da Colômbia, 2,5 mil colombianos já se inscreveram para a JMJ. Do total, 900 já estão no Rio de Janeiro participando das atividades da semana missionária (ou pré-jornada), iniciada na última segunda-feira, 16.

Neste fim de semana, o movimento dos peregrinos (como são chamados os participantes da jornada) aumentou no Aeroporto Internacional Eldorado em Bogotá. Carolina Jiménez se considera uma “jovem veterana”, com 36 anos, e embarca para sua terceira experiência em uma JMJ.

Na fila de embarque, no aeroporto de Bogotá, ela se diz ansiosa para encontrar o grupo de jovens que já partiu para Rio de Janeiro. Carolina trabalha com a Associação Santa Cruz, fundação católica que atua na evangelização de crianças e jovens colombianos.

Ela contou que alguns jovens que estão indo para a JMJ não tinham condições financeiras e por isso fizeram campanhas para arrecadar dinheiro. “Vendemos salgados, fizemos sorteios de rifas. O resultado é que conseguimos enviar mais de 110 jovens de comunidades mais pobres”, explicou.

Carolina disse que tem bastante expectativa em relação à JMJ e na mensagem que o papa Francisco ministrará à juventude. “Definitivamente, esperamos uma mudança de fé e uma oxigenação da igreja. Lá, o idioma será nossa fé e nossa religião. Além disso, o fato de o papa ser latino nos faz sentir muito mais perto dele”, pontua.

Segundo Fernando Arango, coordenador da delegação colombiana, a maioria dos jovens que representará o país na JMJ tem entre 18 e 22 anos. Fernando ainda está em Bogotá e viaja no domingo (22).

Ele reforça o sentimento de expectativa para o encontro com o pontífice. “A personalidade do papa Francisco é muito cativante no contexto dos jovens e acreditamos que isso fará desta jornada um momento único e novo para a comunidade católica”, disse.

Arango também destacou a amabilidade dos brasileiros. “Nossos irmãos que já estão no Rio de Janeiro falam da hospitalidade brasileira e do carinho com que os colombianos vêm sendo recebidos. Isso também é algo de valor para nós”, acrescentou.

A Conferência Episcopal Equatoriana divulgou que mais de 3 mil jovens equatorianos devem participar da JMJ. O mesmo número de participantes esperados pela Igreja Católica peruana.

No Chile, a Conferência dos Bispos informou que pelo menos nove mil chilenos estarão representando o país. Segundo a TV estatal Telesur, a Venezuela será representada por 4 mil e 200 jovens.

A Argentina, terra natal do Papa, deve enviar a maior quantidade de jovens. Dados oficiais da igreja no país informam que mais de 22 mil fiéis se inscreveram para a JMJ.




Fonte: Agência Brasil
Postado por: Família Cristã




Comentários


Comente





Compartilhe este conteúdo:


Veja Também

O amor é o melhor conserto
Martelo, graxa, cola, dedicação e amor são alguns dos instrumentos de Meire Cunha
Em busca
Angelita Ribeiro da Silva, aos 33 anos e com oito filhos, ruma ao Norte do Brasil em busca de melhorias
Uma vida para servir
Sérgio Canto Rabello, 83 anos, uma vida dedicada à sociedade, hoje em especial, às crianças
Edição 914,fevereiro de 2012
Edição 914,fevereiro de 2012
Edição de janeiro 2012
Edição 913, janeiro de 2012
Início Anterior 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 Próximo Final

Termos mais pesquisados

Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados